R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

18 de Abril de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias

Icone de Agenda do Dia Agenda do Dia

publicado em 10/12/2012 às 20h25: atualizado em: 10/12/2012 às 20h27

Elize Matsunaga deve ser interrogada nesta terça-feira

Ela será ouvida depois de depoimento de testemunhas

Do R7
  • Texto: 
  • Aumentar a fonte da matéria
  • Aumentar a fonte da matéria

Acusada pelo esquartejamento e morte do empresário Marcos Matsunaga, Elize Matsunaga deve ser ouvida pela justiça nesta terça-feira (11), no fórum criminal da Barra Funda, na zona oeste da cidade de São Paulo.

Mulher da vítima, ela só será interrogada após o depoimento das testemunhas que ainda não foram ouvidas, como a babá da filha do casal, Mauricéia, e a modelo Natália Vila Real, apontada como o pivô da briga entre Elize e o empresário.

Natália foi convocada pela defesa. Ela já havia sido convocada na última audiência, em novembro, mas não foi localizada. Segundo informações da assessoria de comunicação do TJ-SP (Tribunal de Justiça), foi encontrado um endereço em nome da modelo em Fortaleza. Assim, a justiça deve emitir ainda nesta terça-feira uma carta precatória para que ela seja ouvida na capital cearense.

Caso a defesa de Elize abra mão do depoimento de Natália, a ré então será interrogada nesta terça. Já se a defesa entender que o depoimento da modelo é fundamental, a fase de instrução do processo não termina hoje, porque Elize só pode ser ouvida após o depoimento de todas as testemunhas.

O caso

O empresário, herdeiro da Yoki Alimentos, foi encontrado morto e esquartejado na Estrada dos Pires, numa região rural, em Cotia, na Grande São Paulo, no dia 27 de maio. O corpo foi encontrado, cerca de uma semana após o desaparecimento, cortado em pedaços e colocado em sacolas plásticas.

A mulher do empresário, Elize Matsunaga, 30, confessou o crime e o esquartejamento no dia 6 de junho. A Polícia Civil afirmou que o assassinato pode ter tido motivação passional. De acordo com as investigações, Elize suspeitava que o marido estivesse tendo um caso e contratou um detetive particular para segui-lo. O profissional confirmou a traição.

De acordo com a versão da mulher, Matsunaga foi morto com um tiro após uma discussão entre o casal, onde ela teria sido agredida. Depois, ela esquartejou sozinha o corpo e guardou os pedaços em sacolas plásticas. A câmera de segurança do elevador do prédio onde ela vivia com o marido mostrou Elize saindo de casa com três malas. Ela confirmou à polícia que o corpo do marido estava nas malas.

Veja outros fatos que acontecem nesta terça-feira



 

 


Shopping
Monitor Monitor Wal-Mart R$ 348,00
Fogão Fogão Mania Vi R$ 580,41
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 449,00
Blu-Ray Player Blu-Ray Pl Saraiva R$ 299,00