R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

22 de Setembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias

Icone de Agenda do Dia Agenda do Dia

publicado em 12/11/2012 às 20h51: atualizado em: 12/11/2012 às 20h52

Estação do Guandu deixa 8,5 milhões sem água no Grande Rio

Sistema fornece água a 85% da capital fluminense e 70% da baixada

Do R7
  • Texto: 
  • Aumentar a fonte da matéria
  • Aumentar a fonte da matéria

Devido a um serviço de manutenção, a estação de tratamento do Guandu vai parar nesta terça-feira (13), a partir das 8h, deixando 8,5 milhões de moradores do Grande Rio sem abastecimento de água. O número corresponde a 85% dos residentes da capital fluminense e 70% da Baixada Fluminense.

A Cedae (Companhia Estadual de Água e Esgoto) montou esquema especial para atender hospitais, escolas e outros órgãos de atendimento essencial com carros-pipa no período em que a estação estiver inoperante.

O abastecimento de água começará a ser normalizado logo após o religamento da rede, mas em algumas áreas mais isoladas, como regiões mais altas e “pontas” do sistema, o fornecimento de água poderá levar até 48h após a conclusão dos trabalhos para ser totalmente restabelecido.

A Cedae informou que a manutenção vai preparar o sistema para o aumento do consumo que ocorre durante o verão. Aproveitando a paralisação, a companhia fará a interligação da nova adutora da Baixada Fluminense ao sistema, vistoria nos pontos estratégicos e manutenção preventiva da estação de tratamento de água, evitando assim interromper a captação de água mais de uma vez no ano. A paralisação da maior estação em volume de água tratada do mundo terá duração de 24 horas.

A interligação da nova adutora, com extensão de 5,2 km, vai melhorar o funcionamento do equipamento que regula a pressão da água no sistema da Baixada Fluminense e permitir melhor distribuição da água pela rede que alimenta os municípios da região, beneficiando uma população de 2,5 milhões de habitantes. Além disso, técnicos da Cedae farão uma vistoria minuciosa nos reservatórios e canais de água filtrada da estação de tratamento e nas adutoras e elevatórias que compõem o sistema do Guandu.

Construída em 1955, a ETA Guandu teve suas obras concluídas em 1963. A estação trata 43 mil litros de água por segundo, abastecendo 8,5 milhões de habitantes.



 

 


Shopping