R7 - Notícias

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

29 de Julho de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Notícias

Icone de Agenda do Dia Agenda do Dia

publicado em 10/08/2012 às 20h18: atualizado em: 11/08/2012 às 18h19

RJ: manifestação lembra um ano da morte de Patrícia Acioli

Também será celebrada uma missa em homenagem à juíza

Do R7
  • Texto: 
  • Aumentar a fonte da matéria
  • Aumentar a fonte da matéria

A ONG (Organização Não Governamental) Rio de Paz irá promover uma manifestação neste sábado (11) para lembrar um ano da morte da juíza Patrícia Acioli, em Niterói.

Por volta das 18h, uma placa será fixada na “Árvore da Patrícia”, na praia de Icaraí, altura da rua Miguel de Frias, com os dizeres: "Em memória da juíza Patrícia Acioli, que em dias de barbárie e menosprezo à vida, lutou com autonomia e coragem contra o crime organizado no Rio de Janeiro”.

Manifestantes, parentes e amigos da juíza Patrícia Acioli acenderão velas e depositarão flores. Caixas de som farão no fim da solenidade a simulação do disparo de 21 tiros. O diretor da ONG, Antônio Carlos Costa, afirma que a data do assassinato da juíza não pode ser esquecida.

Ainda no sábado, por volta das 11h, na Catedral Metropolitana, no centro do capital fluminense, a juíza será lembrada em uma missa encomendada pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

De acordo com denúncia do Ministério Público, o assassinato seria uma represália às investigações feita pela juíza contra PMs envolvidos em autos de resistência – quando há morte em confronto e o policial alega legítima defesa. O crime teria sido articulado pelo tenente-coronel Claudio Luiz Silva de Oliveira, ex-comandante do Batalhão de São Gonçalo (7º BPM), e pelo tenente Daniel Santos Benitez Lopez. Os dois oficiais foram transferidos em dezembro para o presídio federal de Campo Grande (MS).



 

 


Shopping