Polícia Federal grava supostos intermediários de Temer recebendo propina

A Polícia Federal gravou o encontro entre o deputado federal Rodrigo Rocha Loures, apontado como intermediário de Michel Temer, e Ricardo Saud, diretor do grupo JBS, em um shopping na zona sul de São Paulo. No encontro, Loures teria recebido R$ 500 mil de um negócio de R$ 480 milhões das mãos do empresário. Segundo a denúncia, os pagamentos fazem parte do percentual de um contrato com uma estatal boliviana.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!