Publicado em 06/03/2010 às 06:10

Você sabia que ninguém sabe quem vota no Oscar?

Eu não vejo o Oscar faz uns dez anos. Mas vou ver este ano. Steve Martin, Alec Baldwin, e o fato de que dirijo uma revista chamada Movie.

É bom estar de volta ao mundo do cinema. Mas não me engano sobre os resultados. Eles são bem previsíveis se você conhece as regras do jogo.

O Oscar - ou como chamam hoje (que sem graça) os Academy Awards - tem regulamentos muito claros. E um ou dois segredinhos que obscurecem todo o processo.

Primeiro: para se tornar membro da Academia, você precisa receber um convite. Quem decide quem recebe? O Board of Governors, os “Conselheiros” da Academia.

Quem manda mais que o Board? Os diretores. O presidente é o Tom Sherak, um produtor não muito conhecido. Mas tem gente famosa e, claro, bem relacionada na direção da Academia. O primeiro vice-presidente é Tom Hanks.

Os outros dois vices são a produtora Kathleen Kennedy (parceira de Steven Spielberg) e Phil Alden Robinson (diretor de Campo dos Sonhos); o secretário é John Lasseter, diretor/fundador da Pixar.

Como você pode ter chance de ser convidado para fazer parte da Academia?

Ou você foi indicado para um Oscar, ou algum membro atual indica seu nome, baseado em sua contribuição para o mundo do cinema.

Entendeu? É um clube para pouquíssimos. Nos Estados Unidos existem milhões de pessoas trabalhando com cinema - literalmente. Os votantes no Oscar são um pouco mais de 6.000 pessoas. O que quer dizer que muitos diretores e atores e produtores e roteiristas muito famosos não votam.

Segundo: ninguém sabe exatamente quem são os votantes. Sério. A Academia anuncia publicamente os novos membros, mas não disponibiliza a lista completa de seus integrantes.

A Academia é dividida em 15 áreas, representando profissões cinematográficas diferentes, e você não pode participar de duas ao mesmo tempo.

São:

- Atores
- Diretores
- Diretores de Arte
- Diretores de Fotografia
- Roteiristas
- Documentaristas
- Executivos
- Editores
- Maquiadores e Cabeleireiros
- Músicos
- Produtores
- Relações Públicas
- Curtas e Animação
- Sonoplastas
- Efeitos Visuais

Cada área vota para escolher os indicados da sua determinada profissão: roteirista vota para indicar os roteiristas etc. Na segunda etapa, todos os 6 mil e poucos integrantes votam em todas as categorias. A maior parte são atores, pouco mais de 1.500.

O método é, para ser caridoso, uma receita de grandes pataquadas, e com um pouco mais de rigor, garantia de permeabilidade ao marketing e à pressão.

Você acha que um músico está capacitado para votar em um cabeleireiro? Um documentarista em um especialista em efeitos especiais? Ou esse monte de atores em um produtor?

Os votos acabam sendo votos no filme, na imagem do filme, no buzz do filme.

Avatar pode muito bem levar todos os prêmios técnicos que contam, porque ficou com a imagem de revolução 3D. Na prática, podem haver outros filmes com efeitos sonoros muito melhores. Mas não são os sonoplastas que votam na sua área de especialidade. São os 6.000.

Você já participou de um bolão do Oscar este ano? Aqueles que você tenta acertar quem vai ganhar em cada categoria e concorre a DVDs, televisor e tal?

É mais ou menos assim que vota a Academia.

Agora que você sabe como funciona - faça suas apostas.

Veja mais:

+ Saiba como será a festa do Oscar 2010
+ Academia anuncia novos apresentadores do Oscar
+ Todos os blogueiros do R7

Ir para o Topo