Publicado em 30/08/2011 às 12:46

MMA é pornografia


Já ouviu a história do jovem diretor financeiro de multinacional que abandonou tudo para se dedicar ao jiu-jitsu e virou até campeão da UFC? Soube da médica endocrinologista, professora da USP, que abandonou a profissão para ser garota de programa, atriz pornô, e acabou estrela de um reality show?

Eu também não. Vale-tudo, como prostituição, é para gente pobre e ignorante. O degrau final do trabalho manual - receber para apanhar, receber para se entregar a qualquer um. Se a pessoa for realmente muito boa na função, pode até fazer um dinheirinho, enquanto durarem os músculos, a rigidez, as curvas. Depois é morro abaixo.

Mas essas lutas vale-tudo ou quase, estilo UFC, são bem diferentes da prostituição, porque a função acontece em público. As artes marciais mistas (MMA) são um espetáculo de massa e, portanto, mais próximas da pornografia.

Do ponto de vista conceitual e de business, mas também esteticamente. Talvez seja um subsegmento do universo do sexo-espetáculo. A pegada é pornô gay total, machos suarentos nus se atracando etc. Se você é um homem hétero, talvez prefira a Ultimate Surrender, luta livre de gatas nuas na internet.

forasta 2 MMA é pornografia
Bem, já foi pior. Antigamente os gladiadores e prostitutas eram simplesmente escravos, e labutavam ou morriam, sem prêmio, sem alívio. Hoje pagamos para ver as interpretações - é isso que são, não? Anderson Silva e o japonês lá que ele derrotou em três minutos são personagens com um script, e pouco espaço para improvisações. Ou você acha que havia algum risco de derrota brasileira no principal evento do UFC Rio?

Na real não pagamos os profissionais da porrada, pagamos os intermediários. Quanto ganha um lutador? De U$ 10 mil, comum, a meio milhão, raro, por uma luta. Renda total do pay per view de UFC em 2010: U$ 410 milhões.

Sem contar a receita de merchandising, badulaques, suplementos alimentares etc.  Jiu-Jitsu, caratê, box, capoeira - qualquer arte marcial é, sim, esporte. Podem fazer muito bem para corpo e mente. Quem é dono do caratê no mundo? Ninguém. Quem domina a MMA? A família Fertitta e o presidente-apresentador da UFC, Dana White, agora em parceria próxima com a Fox.

O acaso me colocou este sábado na frente da televisão no aquecimento do UFC, e depois no momento da luta de Anderson Silva. Um comentarista explicava: "MMA não é um esporte violento, é um esporte agressivo, como futebol e fórmula um". Corta para o troglodita lá cuspindo sangue.

Veja mais fotos aqui

Tás brincando? Mas impossível desviar o olhar. Por que é mezzo marmelada, mas machuca mesmo assim. Para cada Shogun ou Minotauro, que chega a ganhar algum dinheiro por algum tempo, milhares de candidatos ficam pelo caminho. E mesmo os campeões pagam as consequências. Se tantos boxeadores carregam sérias sequelas de saúde para o resto da vida, imagine os veteranos das tais Mixed Martial Arts.

Pesquisas sugerem que 70% dos internautas, homens e de 18 a 34 anos, visitam um site pornô mensalmente. Segundo a própria UFC, 56% de seus fãs estão na mesma faixa etária. MMA cheira mal, mas é ótimo entretenimento - carne crua, instinto, agressividade, temperados com dor de verdade. Como pornô, apela para nossos instintos mais baixos, sem dúvida, mas nós os temos, não?

Veja mais:

+ Curta o R7 no Facebook
+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/WEiV

Ir para o Topo