R7.com

E-mail @R7
R7 E-mail
Usuário @R7.com
Senha
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Pinterest
  • Instagram
  • You Tube
  • RSS
  • Youops
Publicado em 01/03/2013 às 12:12

Thor e Eike Batista são inocentes. Os culpados somos nós

thor eike Thor e Eike Batista são inocentes. Os culpados somos nós

Notícia de hoje: foi afastado o perito cujo laudo apontava que Thor Batista dirigia a 135 quilômetros por hora quando atropelou Wanderson Pereira dos Santos. A defesa de Thor alega que o laudo viola a imparcialidade. Os desembargadores já tinham votado a favor. Agora a juíza Daniela Barbosa Assumpção de Souza, de Caxias, determinou que o perito Hélio Martins Junior não deve mais se manifestar nos autos.

Como o perito teve contato direto com o Ministério Público, a juíza alega que isso poderia “suscitar dúvidas sobre a sua atuação como auxiliar da Justiça neste processo”. E que o contato com o Ministério Público “constitui ofensa aos princípios da igualdade processual, do contraditório e da ampla defesa e ao devido processo legal constitucional”. Reportagem completa aqui.

Foi há quase um ano, no dia 17 de março de 2012. O filho do bilionário Eike Batista, então o homem mais rico do Brasil, voltava de Petrópolis com um amigo. A Mercedes que dirigia atropelou e matou Wanderson, que atravessava a pista de bicicleta, em Duque de Caxias. Depois soubemos que Thor tinha 51 pontos na carteira, e já tinha atropelado uma pessoa antes.

Thor foi indiciado por homicídio culposo, sem intenção de matar. O tal laudo era uma das principais peças contra ele. Agora resta pedir uma nova perícia. Alternativamente, o veredito será dado com base apenas em provas testemunhais. Thor será ouvido dia 12 de março. Sairá livre.

Profeta de araque, cantei essa bola no dia 16 de abril de 2012. Escrevi:
"Fosse o contrário, um Wanderson com carteira estourada matando o filho de Eike Batista em circunstâncias idênticas, estaria livre? A única resposta honesta que um brasileiro pode dar: não. Thor simboliza o novo Brasil rico. Wanderson me faz pensar: pobre e velho Brasil."

Texto completo aqui.

Notícia de hoje no Valor Econômico: desde 2007, o BNDES colocou quase dez bilhões de reais nas empresas de Eike Batista. Quanto mais a coisa aperta, mais dinheiro público Eike capta. A radiografia do grupo de Eike, em excelente reportagem de duas páginas, é leitura obrigatória para compreender o capitalismo à brasileira. E com isso, o Brasil e seus filhos.

Neste ano desde o atropelamento, nada mudou de importante no nosso País. Talvez só a posição de Eike Batista no ranking dos bilionários, que caiu bastante. Seu grupo empresarial mais e mais se parece com um castelo de cartas. Mas sobrou bastante em caixa, e portanto Thor será inocentado.

A razão é que continuamos a viver no pobre e velho Brasil, que permite que Eike seja tão rico, e portanto intocável e automaticamente inocente, ele e sua prole. E Eike é tão rico porque nós, brasileiros, permitimos que dez bilhões de reais do nosso dinheiro vão para o seu bolso. Eles são e continuarão sendo inocentes. Os culpados somos nós.

+ Agora você já pode escolher os seus livros pelo R7!  

 

Ir para o Topo