- André Forastieri - http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri -

Minha primavera negra e colorida

Postado por admin em 22 de setembro de 2017 às 12:50 em Sem categoria | Nenhum comentário

earth wind fire playlist JACK FM vancouver 1 1024x575 Minha primavera negra e colorida [1]
Em Piracicaba não existem estações. É quente o ano inteiro. Minha infância foi assim, sem blusa. De junho a agosto cai um pouquinho a temperatura, só pra dizer. Não era problema.
Eu gostava de junho, porque tem São João e as férias estavam ali na bica. De julho, claro, porque eram férias, e as férias de julho duravam anos quando eu tinha doze anos. E de agosto, porque é meu aniversário.
Mas eu também gostava especialmente de setembro, porque o frio ia embora de vez, as flores se abriam, as férias ficavam definitivamente para trás, e o cheiro da queimada de cana deixava nossas narinas.
Quando eu era criança, música internacional era música negra. Não tocava rock na televisão ou no rádio, raríssimas exceções. As trilhas de novela eram funk, disco, baladas, um ou outro Elton John.
Meu primeiro LP foi trilha de rádio, Excelsior, a Máquina do Som. Porque eu comecei a gostar de Beatles? Não sei.
Quando eu comecei a deixar de ser criança e fui nas primeiras festinhas e na discoteca do clube Coronel Barbosa, era som de negro. Passinhos ensaiados, os mais velhos tomando menta com gelo e dando uns beijinhos, a gente só espiando no canto, camiseta Lightning Bolt, calça Lee, o globo espelhado rodando.
De todas as músicas boas daquele ano, eu tinha uma preferida. Que representava perfeitamente tudo isso - a chegada da nova vida, da Primavera. Eu vi eles cantando na TV, que coisa alucinada, e feliz, feliz.
Eu tinha feito Yázigi e peguei o refrão, "do you remember dancing in September? Never was a cloudy day." Isso mesmo, pensei, here comes the sun. Eu não sabia que a Primavera no hemisfério norte começa em março.
Hoje o mundo está ensolarado, céu muito azul aqui na janela da cozinha, e, juro, um passarinho cantou bonito quando eu estava exatamente no meio de escrever esta frase.
Acordei cantando aquela música, tão negra, tão colorida. Porque é primavera. Porque é Setembro.

http://r7.com/DnVO

  [2]
  [3]


Artigo impresso de André Forastieri: http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri

Endereço do artigo: http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/2017/09/22/minha-primavera-negra/

Endereços neste artigo:

[1] Imagem: http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/files/2017/09/earth-wind-fire-playlist-JACK-FM-vancouver-1.jpg

[2]  : http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/2017/09/22/minha-primavera-negra//emailpopup

[3]  : http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/2017/09/22/minha-primavera-negra//print