A candidata petista Dilma Rousseff não pretende “dar carona” em seu programa na tv à discussão sobre quebras de sigilo fiscal de tucanos, mas seguirá contra-atacando os adversários em entrevistas. Nesta segunda, Dilma chamou os adversários de “elitistas” e afirmou que o eleitor saberá votar, independentemente da polêmica.

“Eles [os tucanos] têm uma visão elitista. O povo tem inteligência para perceber o que é desespero e o que é jogo político”, declarou a petista. Dilma acusou os adversários tucanos de fugir da discussão de propostas e disseminar o medo, citando como exemplo nas campanhas presidenciais de 2002 e 2006. “Acho que a política do quanto pior melhor foi devidamente enterrada pelo sucesso de Lula. Tiveram de engolir a língua acho que umas vinte vezes”, afirma.

Dilma não foge de responder aos ataques, apesar de afirmar que não deseja alimentar o bate-boca: “não pretendo descer neste nível, desrespeitar a população, acusar sem provas ou lançar instabilidade no Brasil. Até para fazer oposição, tem de qualificar essa oposição.”

Veja mais:

+ Acompanhe as notícias de Brasil
+ Veja os destaques do dia no R7
+ Conheça todos os blogs do R7