A reunião promovida nesta segunda-feira (4) pela campanha petista com aliados eleitos neste primeiro turno tinha a finalidade de funcionar como uma demonstração de força, mas também serviu de momento de avaliação da mensagem das urnas.

Para alguns, o que o eleitor fez não foi escolher um projeto de oposição, mas sim pôr um freio no excesso de autoconfiança da campanha de Dilma. “Estávamos de queixo alto, aí o povo nos deu um baixa-bola”, diz um dos mais bem votados eleitos neste primeiro turno.

Para outros, o importante é compreender o significado dos cerca de 20% dos votos obtidos por Marina Silva. “Trata-se de um eleitorado informado, sensível a um discurso moderno, como o de Marina, e que considera inadmissíveis episódios como o da Receita e o da Casa Civil” – avalia Ciro Gomes, do PSB, um dos participantes do encontro. “Esse eleitor emitiu um sinal. É preciso compreendê-lo bem e responder a esse recado”, adverte Ciro, para quem só a franqueza e a humildade poderão conquistar esta faixa do eleitorado.

Houve ainda participantes que reclamaram de “armas nazistas” usadas nas últimas semanas do primeiro turno. Eles incluem neste conjunto a versão disseminada entre evangélicos de que Dilma defenderia a legalização do aborto, a distribuição de vídeos difamando a candidata, e a associação de sua imagem com a de guerrilheira, por exemplo. A própria Dilma classificou a reação aos ataques de “inocente e de boa fé”. “Percebemos tarde, mas percebemos”, avaliou a candidata.

"Três pontinhos" - Os mais animados afastaram os sinais da ressaca do primeiro turno lembrando aos demais que "só faltam três pontinhos" - referindo-se à diferença entre a votação obtida por Dilma e o percentual de 50% dos votos. "Nem o Serra acredita que vai ganhar, gente" - chegou a dizer um dos governadores eleitos.

O abatimento da candidata, após uma madrugada de apuração e análise do números preocupou assessores e participantes da reunião. Dilma apareceu com fortes olheiras que nem a maquiagem disfarçou, e com dificuldades para transparecer entusiasmo e autoconfiança, devido ao cansaço.

Veja mais:

+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7