A presidente Dilma Rousseff já falou com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, sobre a entrevista dele à revista Piauí. Agora, Dilma espera a chegada de Jobim a Brasília para oficializar a demissão.

Neste momento, Gilberto Carvalho, ministro da Secretaria-Geral da Presidência, está no gabinete de Dilma para discutir a melhor maneira de anunciar a decisão.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), também conversou com Dilma na tarde de hoje. Sarney deixou o Planalto e foi direto para casa, na tentativa de evitar o assédio da imprensa.

Enquanto isso, no Ministério da Defesa, o silêncio impera. A assessoria de imprensa da pasta não atende aos jornalistas há pelo menos duas horas. A ordem é de silêncio até que Dilma fale pessoalmente com Jobim, o que deve acontecer nas próximas horas.

Veja mais:
+ Curta o R7 no Facebook

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7