Mudanças pontuais, que busquem agregar apoio político, rumo a 2014 - é esse o norte da esperada reforma ministerial a ser feita ainda este mês, e que renovará parte da equipe de auxiliares diretos da presidente no início desta segunda metade do mandato. Nesta quarta, Dilma Rousseff assumiu pessoalmente o comando das negociações, em conversas com o PMDB e com o PR.

Encerrada a troca de comando no Senado e na Câmara, Dilma se movimenta para adaptar a equipe ministerial ao novo ambiente político. Um PMDB mais forte pode merecer a sexta vaga na Esplanada. Gabriel Chalita, na condição de nova estrela pemedebista, tornou-se credor do Planalto ao apoiar Fernando Haddad para a prefeitura de São Paulo. Chegou a ser cotado para Ciência e Tecnologia. No entanto, há resistências a seu nome na comunidade científica. O político de fortes convicções religiosas é identificado com o "criacionismo".

O atual dono do posto é do PSB. Marco Antônio Raupp, um quadro técnico do governo, mostra impaciência com as especulações de troca em sua pasta. "Isso nunca foi falado. Eu não toco nesse assunto, ela [Dilma] não toca nesse assunto. Eu trabalho aqui como se
fosse ficar permanentemente. Sou um funcionário público dedicado" - declara.

Além de reacomodar o PMDB, as articulações da presidente buscam também agregar o apoio de 5 partidos médios que se juntaram no senado: PR, PTB, PSC, PPL, PSD. O bloco União e Força virou o terceiro mais poderoso na Casa e deve chegar a 18 votos. Dentre representantes deste grupo, Dilma pode abrir vaga para Blairo Maggi, do PR, na pasta dos Transportes. E ainda para Afif Domingos, do PSD, que ficaria com a secretaria de Micro e Pequena Empresa.

Alguns ministros, potenciais candidatos para 2014, devem ser mantidos no cargo, como forma de garantir visibilidade - caso de Gleisi =Hoffmann, da Casa Civil, que deve concorrer ao governo do Paraná.    

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com