dolarMarcelloCasalJragbrasil Como ser um milionário – O que fazer para juntar R$ 1 milhão

Saiba como juntar um milhão de reais durante a vida (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Como ser um milionário – O que fazer para juntar um milhão de reais

O sonho de juntar um milhão de reais pode ser possível para quem começar a poupar e investir desde jovem, mas é preciso manter a disciplina por muitos anos.

No planejamento é preciso considerar que os investimentos mensais devem ser reajustados pela inflação, ou seja, a cada mês é preciso aumentar um pouco o montante investido de acordo com a inflação do mês anterior. Para que ao final do período, tenhamos o poder de compra de R$ 1 milhão de hoje. Como teremos inflação ao longo dos anos, o que R$ 1 milhão compra hoje, não comprará as mesmas coisas no futuro.

O Economia em 5 Minutos elaborou algumas simulações, considerando investimentos mais conservadores e acessíveis como a caderneta de poupança e o Tesouro Direto e para investimentos mensais de um a dois salários mínimos.

 

Cenário 1

Considerando-se rentabilidade líquida real mensal (descontados impostos, taxas e inflação) de 0,10% para a caderneta de poupança e 0,30% para o Tesouro Direto e investimentos mensais equivalentes ao atual salário mínimo (R$ 937,00)

Para chegar a R$ 1 milhão, com investimentos mensais de R$ 937:

Na caderneta de poupança: 727 meses, ou 60,5 anos.

No Tesouro Direto: 480 meses, ou 40 anos.

 

Cenário 2

Considerando-se rentabilidade líquida real mensal (descontados impostos, taxas e inflação) de 0,10% para a caderneta de poupança e 0,30% para o Tesouro Direto e investimentos mensais equivalentes a um salário mínimo e meio (R$ 1.405,50)

Para chegar a R$ 1 milhão, com investimentos mensais de R$ 1.405,50.

Na caderneta de poupança: 538 meses, ou 44,8 anos.

No Tesouro Direto: 382 meses, ou 31,8 anos.

 

Cenário 3

Considerando-se rentabilidade líquida real mensal (descontados impostos, taxas e inflação) de 0,10% para a caderneta de poupança e 0,30% para o Tesouro Direto e investimentos mensais equivalentes a dois salários mínimos (R$ 1.874)

Para chegar a R$ 1 milhão, com investimentos mensais de R$ 1.874.

Na caderneta de poupança: 428 meses, ou 35,6 anos.

No Tesouro Direto: 320 meses, ou 26,6 anos.

A conclusão é que por meio das aplicações financeiras conservadoras é possível juntar R$ 1 milhão, desde que se tenha muita disciplina e paciência. E para quem deseja um caminho mais curto as únicas opções são aumentar o valor dos investimentos e/ou assumir mais riscos nos investimentos.