Publicidade

6 Mai 17h07

Você sabe o que é vlog? Tem um diário em vídeo na internet? Beleza. Mas tome muito cuidado para não correr riscos

Tags: , , , , , , , , , , , , , 8 Comentários

vlog Você sabe o que é vlog? Tem um diário em vídeo na internet? Beleza. Mas tome muito cuidado para não correr riscos

O vlog é uma das mais novas e concorridas sensações da internet.

Você sabe o que é vlog?

É uma referência a videoblog, a versão em vídeo dos blogs que conhecemos.

A maior parte dos vlogs abriga diários pessoais.

O cidadão senta diante da câmera, conta detalhes de sua vida pessoal, relata como foi o dia, faz referências a amigos, familiares, estudo, namorados, namoradas...

Ou pega a câmera e sai a registrar encontros com os amigos, almoços e jantares com a galera, festas, farras, raves, shows...

E, depois, publica tudo isso na internet, nos YouTubes e afins da vida.

Você gosta de videoblog? Tem um?

Ótimo. Beleza. Saudável.

Mas é fundamental ter cuidado, muito cuidado mesmo, com as informações passadas sobre sua casa, seu quarto, o endereço e tudo aquilo que possa ajudar a identificar sua rotina e a de seus amigos.

Imagem é informação – e das boas.

Nas últimas semanas, várias reportagem trouxeram casos de vlogueiros, em sua suprema maioria mulheres adolescentes e jovens, que foram perseguidas por pessoas depois de terem identificados seus endereços e o local em que estudam a partir de imagens e comentários colocados no vlogs.

Dias atrás, Mariana, 19 anos, contou ao jornal Folha de S. Paulo, que foi infernizada durante várias semanas por um sujeito que mandava e-mails com pedidos de encontro.

Pelas imagens, o camarada conseguiu localizar a faculdade em que ela estuda.

Mariana revelou sua preocupação:

- Fiquei morrendo de medo de ele aparecer na porta.

Portanto, amados amigos da blogosfera colorida, todo cuidado é pouco.

As imagens postadas devem ter sempre cenário e fundo neutros, sem referências pessoais que permitam qualquer tipo de localização.

Comentários e conversas não devem trazer detalhes e referências que localizem o vlogueiro e seus amigos.

E nem revelar detalhes de intimidade que possam facilitar o mapeamento de suas rotinas.

Sem esses cuidados, vlogar pode ser um ato com algum risco.

E você, o que pensa sobre o assunto?

Teria coragem de ter um vlog?

Opine.

Registre seu comentário.

Leia mais sobre tecnologia e ciência no R7.

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com