chocolate Chocolate dá prazer sim, verdade! Mas, se comer muito, causa dor de cabeça e irritaçãoQuem não gosta de um chocolatinho, né? E parece que na Páscoa fica até mais gostoso. A impressão que eu tenho é que a nossa vontade fica até maior e a culpa menor por comermos um pouco mais da cota, não é mesmo? O ideal é tentar não abusar. Nã só pela questão da estética (pelos  quilos a mais na balança), mas pela saúde, porque o chocolate tem muita gordura e açúcar, impactando no nosso organismo.

A especialista em dermatologia Cintia Guedes Mendonça listou algumas dúvidas mais comuns a respeito do chocolate e eu compartilho aqui com vocês:

Chocolate dá espinha?

Sim. O chocolate pode piorar o quadro de acne em pacientes predispostos. Ele, assim como outros carboidratos, tem alto índice glicêmico, aumentando a produção de insulina e, consequentemente, a produção sebácea.

Qual seria o chocolate mais saudável: amargo, ao leite ou branco?

O chocolate amargo e o meio amargo possuem maior quantidade de cacau e menor quantidade de manteiga de cacau e açúcar, tendo menor índice glicêmico.

Existe algum benefício em comer chocolate?

O chocolate é um ótimo antioxidante, ajudando na prevenção do envelhecimento e até de doenças cardíacas, desde que consumido em pequenas quantidades (30g/dia).

Chocolate dá a sensação de bem estar?

Sim. Após a ingestão do chocolate liberamos um hormônio chamado serotonina, que é responsável pela sensação de bem estar.

O consumo excessivo do chocolate pode causar algum malefício?

Sim. Pode contribuir para o aparecimento de diabetes, piorar o colesterol e triglicérides, além de favorecer o ganho de peso. Já seu consumo em excesso em um único dia pode causar náuseas, diarreia, dores de cabeça e irritabilidade.