Hotel do Sono Medley Quarto 2 O que aprendi ao dormir no Hotel do SonoTive a chance de passar uma noite no Hotel do Sono, que foi montado por alguns dias em São Paulo. A verdade é que considero meu sono bom no dia a dia. Mas achei bacana fazer a experiência e verificar se o que tenho feito é realmente o ideal para dormir bem. E descobri na prática, usando as dicas que recebi, que poderia estar com sono ainda melhor.

O que eu aprendi?

cafe 300x292 O que aprendi ao dormir no Hotel do SonoJá sabia que me alimentar de forma leve no jantar (e com pelo menos duas horas antes de deitar) é ideal para qualidade do sono. Alguns alimentos podem te ajudar a dormir melhor (e não só aquele chazinho de camomila). Alface, cereja, aveia e a folha de maracujá fazem parte da lista!

Depois do jantar bem leve que tive, esperei o tempo da digestão, e fiz uma massagem (deliciosa por sinal) que ajudou a acalmar e me desligar nos problemas.

No quarto e banheiro: iluminação indireta, com direito a velinha, compuseram o cenário adequado na proposta para o sono ideal (mais uma dica). Me proponho a colocar em prática todos os ensinamentos para eu realmente ter uma ótima noite de sono.

Antes de tomar o banho quentinho e entrar embaixo dos edredons para dormir chega o momento crucial: me despedir do celular (essa é uma dica extremamente importante). Liguei para meu marido, falei com minha mãe, dei uma olhada rápidas nas redes sociais, liguei o despertador e coloquei meu aparelho bem longe da minha cama. O objetivo era ir me desconectando para que o corpo entendesse que era chegada a hora de dormir. Os médicos dizem que devemos desligar os aparelhos pelo menos 1 hora antes de dormir, incluindo computador e televisão. Não consegui fazer isso UMA HORA ANTES, mas tentei vai!

Confesso que essa foi a parte mais difícil! Já embaixo das cobertas e ainda sem sono, tive vontade de buscar meu celular e dar aquela olhadinha no que “estava rolando mundo” até o sono chegar. Mas segurei!

Parte da luz que vinha do corredor me incomodou um pouquinho — aliás a última dica é: manter o quarto completamente escuro ajuda no sono. Passado o incômodo, o sono logo veio e foi tranquilo!

Despertei pela manhã sem ajuda do despertador — que apesar de ligado não precisou tocar —, pois estou acostumada a acordar todos os dias às 7h30.

Veja 10 dicas simples para melhorar sua noite de sono

Dormir mal e as consequências para saúde

sono1 249x300 O que aprendi ao dormir no Hotel do SonoNão dormir bem esporadicamente é algo que pode acontecer com qualquer um de nós. Mas se isso está ocorrendo sempre com você está na hora de rever suas atitudes e procurar ajuda. De acordo com o neurologista e presidente da ABP (Associação Brasileira do Sono), Luciano Ribeiro, a falta de sono pode ter prejuízos à saúde.  “ A pessoa que dormiu mal um dia, acorda com sonolência, falta de atenção, irritabilidade e fadiga”.

— Já aqueles que sofrem de privação crônica do sono podem ter consequências, como doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes, doenças físicas e mentais, como depressão.

Segundo Ribeiro, a quantidade de horas média adequada para crianças, adultos e idosos é de 7 a 8 horas por dia. Mas nas grandes cidades, o cenário está bem abaixo do ideal. Em São Paulo, por exemplo, a média de sono tem sido de seis horas diárias (limite mínimo aceitável, segundo o especialista). Hoje em dia, 40% das pessoas que moram em SP sofrem de insônia em algum grau.

Se seu sono está ruim  de 3 a 4 vezes por semana e isso está afetando sua vida, procure um especialista. Há diversas maneiras de reverter o quadro sem precisar, muitas vezes, recorrer ao uso de remédio.

O que é o Hotel do Sono?

O Hotel do Sono está instalado por tempo determinado (até o dia 24 de julho) em um casarão onde funciona um

hostel, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. No local, desde o dia 12, participantes que se inscreverem pelo site tem acesso a diferentes atividades gratuitas, como palestras, aulas de culinária e meditação, além de um tour guiado e interativo, com dicas para ter um sono ideal.

A iniciativa é da Medley, que é uma unidade de negócio da Sanofi. De acordo com o diretor de negócios da empresa, Carlos Aguiar, o projeto foi criado com o objetivo de ensinar a população sobre como dormir melhor.

— Queremos mostrar de forma dinâmica e eficiente que, por meio de práticas simples, é possível melhorar consideravelmente a qualidade do sono. O espaço que criamos no Hotel do Sono Medley sai do senso comum dando dicas inusitadas e que são pouco disseminadas. As pessoas vão se surpreender com a quantidade de coisas que aparentemente são simples, mas que podem prejudicar consideravelmente nossas noites de descanso.

meditacao1 O que aprendi ao dormir no Hotel do Sono

(Na aula de respiração, que fiz na manhã seguinte, aprendi técnicas importantes que nos ajudam a desligar do mundo e dormir melhor)