endometriose1 Você sofre com cólicas, dor no sexo e dificuldade para engravidar? Pode ser endometrioseVi de perto o que é ter endometriose. Não foi comigo, mas com minha mãe. Ela sentia dores terríveis na região abdominal. Eram muito piores que as cólicas menstruais. Foi muito sofrimento até ela se tratar. Imagino que só quem passa sabe quão difícil é!

Assim como minha mãe, muitas mulheres sofrem de endometriose. Aliás, sempre recebemos pedidos das nossas internautas para explicarmos melhor o assunto. Atualmente, sete milhões de brasileiras têm o problema.

Então, para ajudar você que se identifica com o tema, conversei com a ginecologista e obstetra Flavia Fairbanks, que faz do grupo sobre endometriose do HCFMUSP (Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo).

A endometriose é quando o tecido endometrial (que reveste a parede interna do útero) vai parar em outros órgãos, como ovários, intestino e bexiga, por exemplo.

— Como esse tecido, que deveria estar dentro do útero, responde aos hormônios é como ele menstruasse também. Na maioria das vezes, isso ocorre, pois, o tecido vaza pelas trompas para demais lugares do corpo.

Um dos principais sinais da doença é a forte cólica menstrual. De acordo com a obstetra, a maioria das mulheres sente dores.

— As mulheres sentem também dor na relação sexual. Parece que bate algo lá no fundo, como se fosse uma facada. Há quem sente dores fortes na região da pelve no período da ovulação. Há pacientes que relatam dores também para urinar e evacuar no período menstrual.

Porém, Flávia explica que também há mulheres quem não apresentam sintomas, mas descobrem a endometriose ao terem dificuldade para engravidar.

— Depois de um ano de tentativas para ter filhos sem sucesso, é obrigatório investigar se a pessoa está com endometriose.

Todas as mulheres com a doença ficam inférteis?

Além das dores, 50% das mulheres podem ter infertilidade, afirma Flavia. Segundo a médica, quando mais grave o caso de endometriose, maior a chance de a mulher ficar infértil. Por isso, é importante o diagnóstico precoce, por meio de exames.

No caso da minha mãe, por sorte, além de mim, ela já havia ganhado meu irmão mais novo. Então, ela não tinha mais pretensão de ter filhos.

Quando a mulher pode ter endometriose?

De acordo com a especialista, a doença pode começar a aparecer ainda na adolescência e pode se estender até a menopausa. Mas Flavia alerta que a faixa etária mais comum é entre 20 e 40 anos. Para quem tem curiosidade de saber sua origem, a endometriose é um misto genética com influência do meio ambiente, como, por exemplo, a poluição.

O importante é saber que a endometriose pode ser tratada com anticoncepcionais e cirurgia. E o melhor método será decidido pelo médico.

Por isso, se você tem qualquer um desses sinais, procure urgente o seu ginecologista!