troca filtro ar condicionado1 1024x768 Dica do Garagem: filtro do ar condicionado

Limpeza regular do ar-condicionado é fundamental para saúde dos ocupantes do veículo

Antes acessório de luxo para uma pequena parcela da população, o ar-condicionado veicular hoje é peça fundamental para qualquer motorista, seja para enfrentar as altas temperaturas ou mesmo por questões de segurança.

Rodar pela cidade com os vidros do carro fechados e com a cabine em uma temperatura agradável, no entanto, requer cuidados regulares. O ar-condicionado precisa de atenção para funcionar corretamente, pois, caso contrário, pode acumular enorme quantidade de ácaros e bactérias, tornando-se prejudicial à saúde.

A Dica do Garagem dessa semana aborda justamente esse tema: qual a hora certa para higienizar ou trocar o ar-condicionado do carro.

Falamos com Manoel da Costa, especialista da Kimiko Autocenter, que está há 10 anos no mercado de reparos e troca de ar-condicionado automotivo. Segundo o profissional, basta seguir com atenção as dicas a seguir para evitar qualquer tipo de problema.

1 - A troca é padrão, ou seja, independe do modelo do carro, e deve acontecer, no máximo, a cada seis meses ou 20 mil quilômetros rodados.

2 - A ozonização dos tubos pode ser um paliativo para a troca do filtro de cabine. Os higienizadores vêm acompanhados de um prolongador, pois o produto aplicado para limpeza é inflamável e pode danificar o painel do carro.

Se ainda estiver com dúvidas sobre a situação do filtro do ar-condicionado do carro, peça ao seu mecânico de confiança para dar uma olhadinha rápida. Caso a sujeira saia com uma simples lavagem, não há a necessidade de troca imediata.

Salve essa dica logo Dica do Garagem: filtro do ar condicionado