distrito federal

Polícia prende terceiro suspeito de assassinato de empresária

Não demorou e a polícia civil de Goiás conseguiu prender Eduardo Cunha, 22 anos. Uma denúncia anônima levou os agentes até o bairro de São Caetano, em Luziânia. O homem acusado de participar do assassinato brutal de Cleonice Marinho de Araújo, de 44 anos, estava caminhando no meio da rua e não ofereceu resistência.

Ele e outros dois comparsas, já presos, são acusados de sequestrar, estuprar, esfaquear e incendiar a empresária. O crime aconteceu na última terça-feira (15), em Valparaíso de Goiás. O corpo de Cleonice só foi encontrado na quarta-feira, em uma fazenda na região de Cristalina, também em Goiás.

A repórter Ana Azevedo acompanhou o trabalho da polícia e entrevistou os criminosos. As duas reportagens foram exibidas no DF no Ar. Acompanhe a frieza com que os criminosos contam como tudo aconteceu.

Polícia Encontra corpo de empresária e prende primeiros suspeitos:

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com