Levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas para o Senado em Minas Gerais levou em conta dois cenários: um deles com a hipotética candidatura do governador Fernando Pimentel (PT) e, outro, considerando a troca do petista pela ex-presidente Dilma Rousseff.

Em ambas situações os dois candidatos do PT aparecem como opção preferencial de voto para o eleitor mineiro. Na primeira, Pimentel lidera com 24,6%. Como surpresa, vêm em seguida, os nomes de dois não-políticos: o do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com 15,5% e o do empresário Josué Alencar, com 15,3%.

O senador Aécio Neves (PSDB), o apresentador Mauro Tramonte, também sem tradição política, e o ex-prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda aparecem na sequência, embolados na faixa dos 13%, seguidos de perto pelo também apresentador enão-político, Carlos Viana, com 12,5%.

Quando Pimentel é substituído por Dilma Rousseff, a petista também lidera o cenário com 16,9% as preferências, embora a distância para os adversários seja encurtada.

Atrás da ex-presidente vêm empatados o ex-PGR, Rodrigo Janot e o empresário Josué Alencar, com, respectivamente, 15,2% e 15,1%. O tucano Aécio Neves mantém os mesmos 13%, enquanto Tramonte inverte posição com Marcio Lacerda.

A pesquisa foi feita entre os dias 30 de setembro e 5 de outubro em 70 municípios mineiros ouvindo 1.507 eleitores. O grau de confiança do levantamento é de 95,0% e a margem estimada de erro é de aproximadamente 2,5%.

Confira a seguir as simulações estimuladas para o Senado (*)

Cenário 1

Fernando Pimentel: 24,6%

Rodrigo Janot: 15,5%

Josué Alencar: 15,3%

Aécio Neves: 13,9%

Mauro Tramonte: 13,7%

Márcio Lacerda: 13,6%

Carlos Viana: 12,5%

Não sabe: 4,2%

Nenhum: 18,3%

Senado - cenário 2  (estimulada)

Dilma Rousseff 16,9%

Rodrigo Janot 15,2%

Josué Alencar 15,1%

Aécio Neves 13,7%

Mauro Tramonte 13,3%

Márcio Lacerda 13,1%

Carlos Viana 11,9%

Não sabe 5,8%

Nenhum 20,7%

(*) Fonte: Paraná Pesquisas