A Polícia Federal (PF) apreendeu no ano passado um total de 41.471,65 quilos de cocaína (aproximadamente 41,4 toneladas) no país.

Somadas a outras duas toneladas (ou 2.041 quilos) apreendidas no exterior, a partir de informações obtidas pelo serviço de inteligência da própria PF, as cerca de 43,8 toneladas c0nfiscadas representam a segunda maior apreensão desse tipo de droga efetuada pela instituição ao longo de sua história.

Os dados consolidados da repressão ao tráfico de drogas levaram a PF a comemorar os "excelentes" resultados alcançados, "a despeito das dificuldades financeiras e dos desafios tecnológicos" enfrentados pela instituição.

Eles mostram que a PF deflagrou em 2016 um total de 121 operações especiais destinadas a combater o tráfico de drogas, número recorde de incursões.

Houve também, de acordo com a PF, a apreensão de 234.153,24 quilos (234,1 toneladas) de maconha no território nacional em 2016 (segundo maior índice da série histórica).

As operações de erradicação de plantios ilícitos de maconha no Paraguai e no Nordeste do país possibilitaram ainda aos policiais federais erradicarem 2.780,9 toneladas de pés de maconha.