Navalhada do dia

Como o Jornal da Record News adiantou ontem (20), em primeira mão, o mundo não acabou.

Uma brasileira que mora na Austrália declarou que apesar de lá já ser o dia 21 de dezembro, tudo estava nos seus devidos lugares. Entre mortos e feridos, salvamo-nos todos.

Os mais corajosos fizeram piadinhas sobre o fim do mundo, os místicos fizeram rituais e os políticos aproveitaram para fazer discursos. O presidente da câmara dos deputados ocupou uma cadeia nacional de rádio e tevê para fazer um balanço do árduo trabalho de suas excelências ao longo do ano.

Foi a anti comunicação.

Falou de uma lista tão grande que no final ninguém lembrava do que tinha dito. Mas, talvez abalado com a possibilidade do mundo acabar, esqueceu de algumas coisinhas.

Esqueceu que a imagem da câmara é a pior possível.

Esqueceu de falar sobre a manutenção do voto secreto para proteger os corruptos de cassação.

Esqueceu da reforma política.

Esqueceu da reforma tributária.

Esqueceu da briga pela posse das rendas do petróleo.

Esqueceu de acabar com o décimo terceiro,quarto e quinto salários das excelências.Enfim esqueceu o que era para ser equecido. Enfim, não se pode esperar que em um dia tão tenso, com ameaça de fim do mundo e dos mensaleiros irem diretamente para a cadeia, um ser humano normal possa se lembrar de tudo.

E você que também sobreviveu, também vai esquecer? Se eu esqueci de lembrar mais alguma coisa mande aqui no nosso twitter.com/jornalrecnews.

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7