A Navalhada do Dia

Um cidadão dirigia sua poderosa Hilux por uma estrada do Paraná. Não teve dúvidas de passar todos os carros que estavam na sua frente. Mesmo cruzando a faixa contínua, que proíbe ultrapassagem. Os policiais federais da estrada, atentos, mandaram o apressadinho parar e lavraram uma multa.

O motorista não teve dúvidas, ofereceu uma “ cervejinha “ para não ser multado. Os policiais recusaram, registraram e autuaram o sabidão. O processo foi parar na Justiça e o corruptor foi condenado a dois anos de prisão, transformados em serviços comunitários e doações de cinco cestas básicas.

Em qualquer ranking de corrupção no Brasil, acima dos políticos, estão os motoristas que dão propina para o seu guarda. Não assumem o erro e querem usar o famoso “ jeitinho brasileiro”.

Aparentemente é uma pequena corrupção comparado com as maracutaias das grande empreiteiras do País. Mas é por aí que começa o combate à corrupção.

Muitos fazem isso na presença dos filhos, o que perpetua a prática. Na sua opinião, é possível por um paradeiro nisso, ou faz parte da nossa cultura e não não tem jeito? Somos assim mesmo.

Compartilhe a sua opinião no nosso twitter.com/ jornal rec news.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7