A Navalhada do Dia

Joaquim A Navalhada do Dia

Foto: Gervásio Baptista/21.11.2012/STF

O Conselho Nacional de Justiça ficou mais conhecido de nós todos depois da atuação da doutora Eliane Calmon. Hoje o presidente é o ministro Joaquim Barbosa. Agora o CNJ deu mais um passo para o controle do judiciário. Decidiu que as entidades de juízes não podem receber patrocínio para promover encontros, seminários, competições esportivas, finais de semana em resorts, etc. É um evidente conflito de interesse que as associações de juízes ANAMATRA, AJUFE  e AMB não aceitavam.

Agora só os Tribunais de Justiça podem receber patrocínios para encontros de juízes e desembargadores limitados a 30 por cento do evento. Nada contra o aprimoramento dos magistrados, que é necessário, mas o CNJ com essa resolução separou uma coisa de outra. É um exemplo para outras categorias que representam o Estado.

É uma vitória da cidadania. O próximo passo é o fim das férias de 60 dias para o ministério público e magistrados. Qual sua opinião sobre esses assuntos? Escreva no R7, aqui no Blog do Barbeiro, que sou eu.

Convite:

Convite Manual de Jornalismo11 A Navalhada do Dia

+ Conheça o livro Manual de Jornalismo para Rádio, TV e Novas Mídias, de Heródoto Barbeiro

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7