30
julho
06h00

Você costuma deixar as tarefas pra última hora?

O hábito de deixar as coisas pra depois é uma característica inerente ao ser humano. Se sua agenda vive repleta de atividades não concluídas, saiba que você é vítima desse mal, também conhecido por procrastinação. O que fazer então para acabar com a mania de empurrar com a barriga até o último minuto? Antes de mais nada, procure traçar objetivos e prioridades. Mas fuja de metas inalcançáveis e abstratas, senão vai acabar caindo no comodismo novamente.

Preste atenção

1
Deixar pra depois é um hábito que deve ser evitado.
2
Programe-se. Tente não deixar pendências.
3
Encare todas as tarefas como desafios que serão cumpridos a tempo.

R7 Trabalho pressão 246x300 Você costuma deixar as tarefas pra última hora?Vá atrás de uma motivação maior que sustente suas metas. Por exemplo, se você precisa entregar o relatório com as ações do mês, lembre-se de que ao entregar o material com antecedência ganhará pontos com o chefe e no momento da avaliação de desempenho suas chances de promoção serão maiores.

Planeje seu dia a dia com prazos apertados para que não sobrem pendências. Quanto mais você impuser senso de urgência mesmo em compromissos que não são urgentes, menores serão os riscos de não cumprir seu trabalho. Além, é claro, de sobrar tempo para resolver “incêndios” que surgem sem você esperar.

Por último, adicione doses extras de adrenalina. O hábito de procrastinar é reflexo do modelo mental de determinadas pessoas, ou seja, a maneira como o cérebro delas é programado para reagir às circunstâncias. Por isso, é importante buscar mecanismos que deem ânimo ao que irá encarar pela frente. O estresse e o cansaço são dois grandes vilões nesse processo. Se você anda esgotado, tente desligar nos finais de semana e não deixe de tirar férias. O equilíbrio é fundamental.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
28
julho
06h00

O salário nunca dá até ao final do mês?

Seu salário sempre acaba antes de terminar mês e aí você recorre a algum tipo de empréstimo para conseguir pagar outro? Alerta! Endividar-se é um mau hábito que a maioria da população brasileira vem se acostumando, mas é uma tremenda cilada. Já pensou se você perde o emprego? Viver na corda bamba não é nada bom para o seu bolso, muito menos para sua vida pessoal.

Preste atenção

1
Faça um planejamento financeiro e gaste o que deve sem exageros.
2
Empréstimos para pagar outros empréstimos é ficar endividado para sempre!
3
Viva de acordo com o salário que recebe para não ter dor de cabeça no futuro.

R7 Trabalho muito sem aumento 300x300 O salário nunca dá até ao final do mês?Se você é consumista, lembre-se de que para gastar é preciso fazer escolhas. Se lhe falta dinheiro hoje, provavelmente você fez más escolhas no passado. Se não te sobra dinheiro, comece já a repensar seus hábitos se quer ter alguma segurança no futuro.

Não dá para pagar o supermercado, o aluguel ou a escola de seus filhos? Pense bem e perceba se não houve algum excesso na hora de fazer suas escolhas. Não esqueça de que é preciso aprender a viver com aquilo que se tem. Gastar mais do que ganha é um pecado mortal.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
25
julho
06h00

Mudar de carreira: qual o momento certo

Há dois momentos para avaliar em que estágio da carreira a pessoa está. O primeiro é entre 30 e 35 anos, depois de já ter oito ou dez anos de estrada. Faça um balanço do que vem fazendo pra ver se realmente é isso que você quer, se conseguiu o progresso que esperava, se há boas perspectivas de crescer ainda mais e se você se sente feliz com o que está fazendo.

Preste atenção

1
Analise o estágio da sua carreira.
2
Quer arriscar em algo novo? Cuidado com o planejamento.
3
Gosta do que faz e se sente realizado? Parabéns e continue se atualizando e servindo de referência para os futuros profissionais.

R7 Carreira em Alta 300x300 Mudar de carreira: qual o momento certoQuando algum desses pontos for insatisfatório, vale a pena dar um salto em sua trajetória profissional. O segundo momento é quando a pessoa está chegando aos 50 anos e precisa pensar no seu pós-carreira. Com o aumento da longevidade, cada vez mais será importante a pessoa vislumbrar o que fará ao sair do mercado. Aqui pode ser interessante se preparar para ter uma carreira diferente daquilo que fez a vida inteira.

No entanto, muito cuidado ao dar uma reviravolta na carreira. Toda sua experiência e conhecimento anteriores não devem ser jogados no lixo. Pelo contrário. Do mesmo jeito que não se deve abandonar o emprego e arriscar sem ter um plano B em vista, as mudanças radicais de rumo não são aconselháveis.

Começar tudo do zero exige planejamento, dar vários passos pra trás, ganhar menos, trabalhar mais e competir com gente bem mais preparada.  Agora, se você está satisfeito onde está, parabéns. Se você gosta de arriscar, esse pode ser o momento. O mercado está aquecido e ávido por gente qualificada.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
23
julho
06h00

Se você não gosta de inovar, fique esperto

Criar, ousar, inventar, explorar, imaginar, ser pioneiro. Estas palavras descrevem o que você faz? Se não descrevem, está na hora de acordar para uma dura realidade: talvez você tenha se tornado dispensável para a sua empresa ou transformado seu negócio irrelevante para o mercado. Só sobreviverão aqueles que melhor se prepararem para enfrentar as turbulências e não apenas os que dão resultado nos momentos de calmaria.

Preste atenção

1
Não fique para trás. Inove sempre.
2
Estude, invente, tente e transforme a rotina em algo dinâmico.
3
Enfrente novos desafios.  Tenha coragem e não se deixe intimidar por obstáculos que possam aparecer.

R7 Mudar de emprego 225x300 Se você não gosta de inovar, fique espertoAja, reaja, inove, tome uma atitude, seja diferente de seu concorrente. Faça o que ele não está fazendo, saia na frente e se antecipe às suas ações. Diante da velocidade com que a informação circula na era digital, não esqueça de que a concorrência pode estar lançando um produto tão bom ou melhor do que o seu. Costumo dizer que apenas os visionários conseguem enxergar muito além do que está sob seus olhos.

É aqui que nasce o inovador. Aquele que encontra oportunidades onde ninguém é capaz de chegar. Surpreende a todos com suas descobertas, com suas conquistas. São verdadeiros arqueólogos de grandes achados, um típico “Indiana Jones” dos negócios – curiosos, corajosos e determinados. Não é à toa que a Apple sempre foi considerada uma usina de inovação. E mesma ela já enfrenta uma forte concorrência que se acirrou após a morte do seu criador Steve Jobs – responsável pelas ideias brilhantes que transformaram nossos hábitos de consumo.

Se você resiste a mudanças e tem dificuldade em inovar, aqui vai um recado: os covardes nunca tentam, os fracassados nunca conseguem e os vencedores nunca desistem.

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
21
julho
06h00

Por que ser honesto no trabalho

Muita gente se vê tentado a desviar recursos da empresa onde trabalha, seja porque a pessoa está endividado até o pescoço ou mesmo porque a empresa é desonesta e de uma certa forma o funcionário acredita que tirar um pequeno pedaço não vai fazer mal a ninguém. Pode ser que a pessoa não seja descoberta, mas correr o risco não vale a pena. Você pode pensar “tem tanto bandido solto por aí nas empresas se dando bem, por que eu tenho que me ferrar sendo honesto?”.

Preste atenção

1
Não pratique a desonestidade, nem caia na conversa de quem é desonesto.
2
Mesmo pequenos desvias são descobertos com o tempo.
3
Não aceite participar de fraudes por pressão de chefes.

R7 Roubar empresa 300x203 Por que ser honesto no trabalho  Ser honesto é uma questão de caráter. As pessoas podem enganar aqui ou ali e até se dar bem em algum momento, mas não existe coisa pior do que ver seu nome manchado ao ser descoberto. Pequenos delitos podem ser difíceis de serem descobertos, só que dificilmente a pessoa vai parar por aí. O funcionário vê que é fácil e quando se dá conta, a coisa tomou outra proporção. Se descoberto, ele será demitido por justa causa e terá uma imagem prejudicada no mercado.

Sim, na hora de procurar um novo emprego o recrutador vai pedir referências sobre o candidato à antiga empresa. E atitudes como essas não só mancham o currículo, arruínam a carreira de qualquer um. Então, é preciso refletir se realmente vale a pena correr esse risco por um pequeno deslize. A tentação pode ser grande, mas pense até que ponto vai resolver seu problema ou causar um ainda maior.

Mesmo funcionários que detém informações sobre falcatruas da empresa não devem cair na tentação de fraudar a companhia, por achar que ela ficará calada com medo de acusações. Do mesmo jeito que não se deve cometer nenhuma fraude sob pressão do chefe ou participar de negociações ilícitas sob ameaça de perder o emprego. A integridade não tem preço e quem é honesto sempre terá espaço no mercado.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
18
julho
06h00

Construa sua marca e se torne uma grife

Não importa se você quer mudar de emprego ou pretende investir suas fichas em uma promoção. Estar na vitrine é questão de vida ou morte. Por isso, procure construir uma imagem positiva. Quem planeja alçar voos no mercado de trabalho não pode se esconder atrás do computador e achar que seus esforços estão sendo vistos pelo chefe.  Mostre-se!

Preste atenção

1
Não seja inibido. Mostre seus talentos.
2
Revise seu visual, inove sua aparência.
3
O sucesso depende só de você e de como se apresenta.

R7 Executivo idade 300x225 Construa sua marca e se torne uma grifeSeja uma grife, cuide dela com carinho. A imagem é um produto que construímos todos os dias. Crie sua identidade como se fosse uma espécie de impressão digital. Valorize o que é mais marcante em sua personalidade, que habilidades você tem. Vivemos em uma sociedade que valoriza a aparência, a embalagem.

Pense que enquanto marca pessoal, você é um produto que precisa ter visual caprichado para causar boa impressão. Aprenda também a “vender seu peixe” e dê um impulso na imagem que as pessoas terão de você. Abra-se para o novo e as portas estarão sempre abertas para você. Acredite, o sucesso depende de como nos posicionamos e somos vistos.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
16
julho
06h00

Até que ponto vale a pena trabalhar sem salário?

Seria burrice trabalhar de graça, mas há momentos em que vale a pena apostar no sonho. Se você pode se dar ao luxo de não precisar ter um salário no início da vida profissional e pretende abrir portas, por que não? Conheço muita gente que para conseguir uma vaga, entrar na empresa que desejava ou ter a chance de dar um salto na carreira, optou por um estágio não remunerado. Como resultado, conseguiu a contratação que queria.

Preste atenção

1
Trabalhar de graça pode ajudar na conquista de um emprego.
2
Seja mais agressivo para entrar no mercado de trabalho.
3
Se nada der certo, no mínimo o seu CV terá uma experiência a mais.

R7 Emprego troca 235x300 Até que ponto vale a pena trabalhar sem salário?Claro que todo mundo quer ganhar dinheiro, no entanto nem sempre o começo é tão fácil assim. Há profissões em que a disputa é acirrada e entrar no mercado de trabalho é bem difícil, como em jornalismo, publicidade, televisão, moda e outras carreiras. Vale sim a pena arriscar. As empresas querem pessoas ousadas, talentosas e determinadas.

Pense se não está na hora de ser mais agressivo e deixar um pouco de lado a questão financeira. Garanto que muitos dos grandes profissionais e executivos que existem por aí arriscaram lá trás para hoje ter essa carreira de sucesso. E aí, será que você está disposto a trabalhar de graça por um tempo? Não encare essa possibilidade com a mente fechada.

Lembre-se que é algo temporário e que pode significar seu primeiro passo para uma grande oportunidade. Se não der certo, você pode tranquilamente cair fora e ainda acrescentar ao seu currículo uma experiência interessante.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
14
julho
10h43

Copa 2014: as lições de uma derrota

Nunca o Brasil foi tão Alemanha quanto neste último domingo. Ninguém gostaria de ver los hermanos ganhar em pleno Maracanã, ainda mais depois de tamanho vexame da nossa seleção. Uma sucessão de erros nos fez adiar novamente o sonho do hexa. Que lições podemos aprender com essa derrota?

Preste atenção

1
Pense como uma derrota profissional poderá ser positiva na sua vida.
2
Cuidado com desistência, vale a pena lutar pelo o que se quer.
3
Não conte só com a sorte, lute e siga em frente.

Copa 2014 Copa 2014: as lições de uma derrota De nada adianta trabalhar apenas com a emoção e acreditar que uma equipe vence com talentos individuais. Claro que não podemos deixar de lado os sentimentos, assim como as habilidades pessoais são importantes nas conquistas. Mas um time é aquele que joga junto, com espírito coletivo.

Os bons resultados são fruto de muita garra, perseverança e, claro, muito treino. Nada cai do céu, por isso não se pode acomodar. Ser favorito não é sinônimo de vitória. As conquistas acontecem para aqueles que lutam até o último minuto e não esmorecem. Quem acha que sabe tudo ou acha que tá tudo certo por ter tudo a favor, esquece que não dá pra menosprezar os adversários. A concorrência está aí, atenta a todos os lances.

A luta é permanente, por isso precisamos construir nossos alicerces com perseverança e bases sólidas, sempre olhando pra frente e com humildade. Sorte é para poucos e nem sempre ajuda a vencer.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
14
julho
06h00

Não se identificou com o novo emprego?

Apesar daquele friozinho na barriga, todo emprego novo sempre traz uma perspectiva de salto na carreira. Esta pode ser a chance de você conseguir uma posição melhor, com desafios que te levem a um salário maior do que se tinha até então, certo? Nem sempre. Toda aquela expectativa pode resultar numa tremenda frustração.

Preste atenção

1
Analise todos os aspectos antes de iniciar num novo emprego.
2
Não se adaptou? Não se desespere e nem se precipite em pedir demissão.
3
Procure outro emprego com calma e seja transparente nas entrevistas.

R7 Chorar na frente do chefe 200x300 Não se identificou com o novo emprego?Há situações em que a mudança de emprego se transforma em um tormento. Tem gente que não se adapta à nova empresa ou ao novo chefe. Até mesmo as atividades desenvolvidas ficam aquém do esperado. Tudo parece muito chato. E aí, pedir demissão logo no início pode pegar mal para o profissional? Dependendo do contexto, chega a atrapalhar.

Não gostar do novo emprego é compreensível. Mas antes de tomar uma atitude precipitada, vale a pena refletir sobre alguns aspectos. Veja primeiro se não é apenas uma questão de adaptação. Mudanças sempre geram insegurança e podem levá-lo a querer buscar de volta o cenário antigo, de total controle. Agora, se você descobrir que realmente fez a escolha errada, não se desespere.

Se houver uma graninha guardada, dá pra arriscar. Se não, busque outro emprego em paralelo. Caso perguntem durante o processo de seleção a razão de querer sair do emprego em tão pouco tempo, fale a verdade, diga que não gostou. O importante é ser transparente. Só evite agir por impulso ou apenas com a emoção.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
11
julho
06h00

Vai pedir aumento? Saiba o que fazer

Não há fórmula certa para pedir aquele tão desejado aumento de salário. Saber a hora certa e ter bons argumentos para convencer o chefe de que você merece ganhar mais são cruciais para que seu pedido saia do papel. Confira abaixo algumas dicas para se sair bem.

Preste atenção

1
Você sabe quando pedir aumento?
2
Não compare seu salário com o de outros profissionais.
3
Prepare-se bem e saiba argumentar.

R7 Aumento de salário 300x200 Vai pedir aumento? Saiba o que fazerEscolha a hora certa - Avalie o cenário mais apropriado para abordar o chefe e certifique-se que é capaz de responder a pergunta: por que devo ter um aumento? A partir daí, você está pronto para procurá-lo e propor uma conversa. Vale deixar claro qual seu plano de carreira na empresa, se tem interesse em outro cargo ou desejo de assumir novas responsabilidades.

Evite fazer comparações com os colegas - Fale apenas sobre você. Nada de falar que outras pessoas da sua equipe ganham mais. Detenha-se a suas realizações, metas cumpridas e resultados gerados para a companhia. Esses são argumentos que realmente contribuem para justificar um pedido de aumento.  Outro aspecto que não deve ser levado em consideração é quando um colega com a mesma função recebe um aumento. Há aspectos como tempo de casa que, muitas vezes, contribuem para diferenças salariais. Portanto, muito cuidado.

Saiba quanto o mercado paga para profissionais de cargo equivalente - Pesquise sobre quanto uma pessoa com a sua experiência, no seu cargo e na sua área está ganhando – tanto no mercado quanto na própria empresa. Quanto mais informação você tiver, melhor. Também procure saber a situação na qual se encontra a empresa. Não é apropriado pedir aumento de salário quando sua empresa estiver passando por uma crise ou se sua área não está trazendo resultados.

Prepare-se para possíveis objeções - Não vá apenas com a cara e coragem. Prepare-se para prováveis objeções que ocorrerão durante a conversa com o chefe.  Tenha argumentos consistentes que mostrem o quanto seu pedido é pertinente e não configure apenas uma insatisfação.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com