27
agosto
06h00

Por que manter contato com colegas de faculdade e antigos chefes

A correria do dia a dia, muitas vezes, não nos deixa alimentar nossa rede de contatos como gostaríamos. Mas manter vivo o relacionamento com antigos colegas de faculdade e de trabalho, ex-chefes e conhecidos é importante para quem deseja crescer na carreira. Mesmo que você tenha se afastado por algum tempo, nunca é tarde para recomeçar.

Preste atenção

1
Lembre-se de manter a sua rede de contatos atualizada.
2
Comunique-se por telefone. Reveja seus amigos.
3
Não despeje seus problemas nos outros. Marque novos encontros.

R7 Ola Pessoal 300x200 Por que manter contato com colegas de faculdade e antigos chefesProcure “rever” pessoas com as quais não fala há meses. Que tal marcar um almoço ou happy hour? Nada melhor do que estar cara a cara. Agora, evite sair contando tudo que aconteceu com você durante esse período de ausência. Dê espaço para que o outro fale.

Mesmo que você tenha sido demitido ou esteja enfrentando um desafio complicado no trabalho, essa não é a hora o momento para despejar seus problemas nos outros.

Ah, você quer retomar contato com um antigo colega que não era muito próximo. As mesmas dicas se aplicam. Aproveite o momento também para expor seus pontos fortes e suas habilidades. Só não vale contar vantagem. Procure ser humilde. Ninguém gosta de pessoas arrogantes. Deixe a porta aberta para um novo encontro. De nada adianta retomar um contato antigo e depois cometer o mesmo erro de fugir no vácuo.

Diga obrigado pela oportunidade e após o encontro mande uma mensagem de agradecimento escrita pela atenção que lhe foi dispensada. Essa é uma forma não só de ser gentil como fazer com que o outro sinta-se à vontade para marcar novos encontros. Lembre-se de ser agradável e evitar comentários negativos. Afinal, contatos profissionais não podem ser confundidos com amigos, que têm um relacionamento mais próximo com a gente.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
25
agosto
06h00

Você é um fio desencapado?

Quem tem personalidade difícil nem sempre reconhece que pode arruinar sua carreira por ser esquentado. O problema é que quem tem pavio curto e gosta de comprar briga precisa aprender a ter autocontrole. Mesmo que o chefe não se incomode, vale ficar esperto se esse tipo de comportamento não está deixando os colegas irritados ao ponto de se afastarem.

Preste atenção

1
Você é esquentado? Trabalhe o seu autocontrole!
2
Aprenda a ser político e evite confrontos no ambiente de trabalho.
3
Lembre-se que o comportamento do profissional também é levado em consideração na decisão de promoções.

R7 Lavar roupa suja 300x199 Você é um fio desencapado?Não quero dizer que as pessoas devam ser sempre boazinhas, mas no ambiente de trabalho não dá pra sair por aí falando o que bem entende. Ser político e evitar grandes confrontos são pontos importantes para a vida profissional. Ninguém suporta aquele cara chato, que vive apontando os erros alheios ou não segura a língua.

Em geral, pessoas difíceis ou complicadas são inseguras, escondem por trás da carapaça dura o medo de ser vistas como incompetentes. Se você é pavio curto ou “exigente demais”, pare e reflita. Aprenda a ser mais flexível e menos temperamental. O aspecto comportamental é visto hoje pelas empresas como um fator fundamental na hora de promover alguém ou descartá-la. Fique atento!

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
22
agosto
06h00

Quando trocar de emprego para ganhar menos

Você está de saco cheio do chefe e decide aceitar a primeira proposta que aparece, mesmo para ganhar menos. Será que esta é a melhor decisão? Antes de tomar alguma atitude, pense e pondere. Quando se cogita mudar de emprego, deve-se avaliar uma série de aspectos como perspectivas de carreira na empresa em que atua, qualidade de vida e ambiente de trabalho.

Preste atenção

1
Avalie bem todas as condições antes de mudar de emprego.
2
Chefes bons e ruins existem em todas as empresas.
3
Para progredir profissionalmente as vezes é preciso aceitar menos e trabalhar com afinco para realização pessoal e financeira.

R7 Carreira em Alta1 224x300 Quando trocar de emprego para ganhar menos  Nesses casos, o fato remuneração não deve pesar na sua escolha. Pense na oportunidade que você terá ao abrir novas portas. Muitas vezes é necessário dar um passo para trás de olho em futuros saltos profissionais. Tudo precisa ser colocado na balança para ver se as perdas salariais realmente compensam.

Lembre-se que toda e qualquer escolha deve levar em conta sua realização pessoal e financeira. Não adianta sair por aí agindo por impulso. Pare e reflita. Não esqueça que você é o CEO da sua carreira. Fazer apenas o que gosta é uma utopia. Todo trabalho tem seu lado chato e seus contras.

Recuar financeiramente pode ser uma decisão acertada no momento, mas lá na frente causar uma grande frustração. Busque o equilíbrio e pense muito bem antes de agir. Por outro lado, fazer uma escolha pensando só em dinheiro também pode provocar uma insatisfação no futuro. Aguentar chefes tóxicos que só pressionam por resultados levam a um nível de esgotamento capaz de comprometer sua saúde.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
20
agosto
06h00

Será que a timidez pode te atrapalhar no trabalho?

Muita gente tem pavor de fazer apresentação para os chefes, sente dificuldade em se aproximar dos colegas de trabalho e não se expõe dentro da empresa. Embora seja um obstáculo, a introversão nem sempre é um problema. A menos que exista um excesso de timidez.  O que fazer?

Preste atenção

1
A timidez não é doença e pode ser driblada.
2
Prepare-se. Esteja atualizado com tudo antes de enfrentar uma reunião.
3
Vai falar em público? Treine sua apresentação diante do espelho, amigos, família e vença a sua timidez!

R7 Chorar na frente do chefe 200x300 Será que a timidez pode te atrapalhar no trabalho? Antes de tudo, vale a pena tentar driblar a dificuldade em se expor. Vai participar de uma reunião? Esteja bem preparado. Reúna antecipadamente as informações que precisa. Conheça um pouco mais sobre seus interlocutores. Assim, na hora de se posicionar rapidamente em relação a um determinado assunto, você se sentirá mais seguro.

Mantenha sua visibilidade. Os introvertidos procuram se esconder quando estão em grupo. Tente manter uma conexão com colegas e clientes pra garantir que seu trabalho seja reconhecido. Cultive relacionamentos, sempre.

Como os tímidos gostam de relacionamentos um a um, podem se sair bem nesse tipo de contato, como almoços de negócios. Aproveite ainda as redes sociais, como LinkedIn, Twitter ou Facebook pra travar um networking eficiente sem exigir sua exposição.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
18
agosto
06h00

Processar a empresa por assédio moral pode prejudicar a carreira?

Tudo começa com uma brincadeirinha de mau gosto e vai crescendo, crescendo, crescendo até se transformar em algo mais desconfortável. A pressão por resultados e a cobrança para se ter um melhor desempenho acabam levando muitos chefes a ofender seus subordinados. Prática que considero abominável, mas que tem aumentado no Brasil. Só nos últimos quatro anos, os casos de assédio moral triplicaram na justiça brasileira.

Preste atenção

1
Quem lidera gritando perde a liderança.
2
Assédio moral é coisa séria, mas é preciso ter provas consistentes antes de pensar em processos.
3
O ideal é deixar claro para as lideranças que não está satisfeito com a forma de tratamento recebida.

R7 Vestir camisa 300x200 Processar a empresa por assédio moral pode prejudicar a carreira?Mas o que de fato configura em assédio? Críticas de mau gosto, humilhações na frente de colegas de trabalho, xingamentos, atribuir erros que não existem ao funcionário e forçar a demissão são alguns dos exemplos mais comuns. Se você acredita ser vítima de assédio moral, não adianta sair por aí ameaçando a empresa. É preciso ter provas de que o assédio acontece pra não ser prejudicado. Guarde e-mails ou grave conversas. Testemunhas também ajudam bastante, mas lembre-se que nem todo mundo quer correr o risco de perder o emprego.

Mas antes de chegar a uma decisão ao extremo como essa de colocar a empresa na justiça, tenta dar alertas ao chefe. Mostre que você está insatisfeito com a situação. Nada melhor do que entrar num acordo, porque algumas empresas, mesmo que ilegalmente, costumam checar a “ficha” do candidato e se descobrir que ele já moveu processo, pode não contratá-lo. Pode ser uma atitude perversa, mas não se enganem. As empresas checam a vida da pessoa antes de admiti-la e você é quem pode sair perdendo.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
15
agosto
06h00

Está infeliz com seu salário?

Quando se fala em salário, sempre há um alvoroço em torno do assunto. Por mais que se ganhe bem, todo mundo sempre acha que merece ganhar mais. Prova disso é que com o mercado aquecido e o aumento da oferta de vagas, o número de pessoas que muda de emprego é impressionante. Mas não se enganem, quem troca de emprego só por salário depois de um certo tempo já está novamente insatisfeito.

Preste atenção

1
Todos sempre querem ganhar mais. 
2
Não troque de emprego só por melhor salário.
3
Para ganhar mais é preciso se atualizar e ser melhor qualificado.

R7 Aumento de salário 300x200 Está infeliz com seu salário?Você já parou pra pensar se reclamar de salário não virou apenas um hábito? Claro que há situações em que é preciso buscar uma remuneração melhor. Mas será que você tem feito cursos e procurado se qualificar mais? Essas são perguntas que você tem de fazer. Não adianta ficar choramingando pelos cantos da casa ou reclamando o tempo inteiro na empresa. Quem não vai atrás de dar um salto pessoal, dificilmente será enxergado como potencial pra crescer dentro da empresa.

As oportunidades existem e depende do desempenho de cada um.  Pense, avalie e reflita. Talvez esteja na hora de investir mais na sua carreira. Faça um curso de atualização, leia mais, veja se a empresa oferece algum tipo de treinamento que é bancado total ou parcial por ela. Mostre o interesse em se reciclar. Faça com que seu chefe o veja aplicando os novos conhecimentos no trabalho. Só assim você terá chances de dar um salto e ter aquele salário tão merecido.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
13
agosto
06h00

Confie no seu taco e dê um salto na carreira

A falta de confiança em si próprio não é defeito, é característica. Tem gente que é mais ousada, tem gente que é mais ou menos ousada e tem gente que não se sente tão confiante. Isso é uma questão de autoestima. Cada um precisa descobrir aquilo que o motiva, que dá confiança. A baixa autoestima não acontece porque a pessoa é incapaz.

Preste atenção

1
Procure acreditar no que faz e na carreira que escolheu.
2
Não se julgue incapaz. Trabalhe a sua autoestima.
3
Não desista e batalhe para alcançar o seu objetivo.

R7 Divida1 300x209 Confie no seu taco e dê um salto na carreiraToda pessoa é dotada de uma habilidade. Pode ser que você ainda não tenha descoberto qual é a sua. Por isso, antes de tudo é necessário acreditar em você mesmo. Todo dia quando acordar, olhe para o espelho e diga que você é capaz, que você é o melhor naquilo que faz. Esse é um exercício que vai ajudá-lo a ganhar mais confiança.

Pense que você é realmente bom. Pode parecer papo de consultor, mas não é. Tenha certeza de que as pessoas chegaram lá porque nunca desistiram de seus sonhos e sempre acreditaram no seu potencial. Procure encontrar seu ponto forte. Ninguém é incapaz e não esqueça que um dia você vai chegar lá. Só não pode é desistir. Então, nada de ficar deprimido. Quem quer alcançar o sucesso precisa batalhar pelo que quer. A vida é cheia de oportunidades, por isso lute!

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
11
agosto
06h00

Chega de mau humor

Ninguém está seguro em lugar nenhum e problemas com chefe sempre existirão. Por isso, nada de mau humor no trabalho. Você já percebeu como tem gente que vive reclamando disso ou daquilo? Ninguém gosta de estar ao lado de pessoas que só reclamam ou são negativas. Procure, então, ter uma postura mais leve com os colegas e nada de contribuir para um clima pesado no escritório.

Preste atenção

1
Tenha bom humor sem exagerar.
2
Não fique de cara feia. Contagie a todos de forma positiva.
3
Mostre disposição e contribua com seus colegas.

R7 Meu chefe nao me ouve 199x300 Chega de mau humorPasse a ser uma pessoa mais divertida, sorria e evite ficar de cara feia pelos quatro cantos. Tente fazer com que a sua alegria contagie a todos e impeça que o desânimo contamine aqueles que estiverem ao seu redor. Além disso, não esqueça que pessoas de mal com a vida causam uma péssima imagem para o chefe, mesmo que ele esteja contribuindo para o seu mau humor.

Se seu chefe te incomoda e atormenta, deixe que ele mesmo se queime com os líderes da empresa. Mostre que você está sempre bem disposto a contribuir com os colegas e na hora de cortar alguém, já saberão quem é a pedra no sapato ou não. Ah, lembre-se que pessoas bem-humoradas ficam menos doentes e são mais felizes. O que você prefere?

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
8
agosto
06h00

O chefe está queimando seu filme?

Desafetos no trabalho, muitas vezes, interferem na busca por uma nova colocação. Não podemos esquecer que um dos fatores importantes nos processos seletivos é a parte comportamental. Além das habilidades técnicas, como formação acadêmica e experiência profissional, os recrutadores olham para aspectos que só são comprovados por antigos chefes.

Preste atenção

1
Se dar bem com lideranças ajuda na busca de emprego novo.
2
O comportamento do profissional tem influência direta em processos seletivos.
3
Destaque seus pontos fortes nas entrevistas.

R7 Chefe amigo 199x300 O chefe está queimando seu filme? Assim, é comum nas entrevistas de emprego ligarem para os empregos anteriores e tirarem informação.   Por isso, o ideal é manter bom relacionamento com o chefe, mesmo quando há diferenças. Afinal, ele pode dar boas referências sobre você e não queimar seu filme.

Mas bons profissionais sempre encontram um novo emprego.  O processo de recolocação pode ser um pouco demorado, mas em algum momento você chegará lá. Não desanime, persista, vá atrás dos seus objetivos. Procure esquecer o passado e destaque seus pontos fortes nas entrevistas.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
6
agosto
06h00

Como negociar seu salário na entrevista de emprego

Não é porque você está desempregado que deve aceitar qualquer proposta. Topar qualquer coisa, além de dar a entender que você está desesperado, lá na frente pode te deixar frustrado. Muita gente acaba aceitando o que aparece e depois ao ver os colegas ganhando mais começa a ficar insatisfeito. E aí já era.

Preste atenção

1
Não se mostre desesperado durante a entrevista.
2
Fale sobre sua experiência e mostre que está bem informado na função a que se candidatou.
3
Detalhe suas contribuições para o resultado nas empresas anteriores.

R7 Emprego Novo Como negociar seu salário na entrevista de empregoConfira abaixo algumas dicas na hora de negociar seu salário durante a entrevista de emprego:

1.       Mostre que sabe tudo sobre a empresa – obtenha o máximo de informação sobre ela, como atuação no mercado e estratégia. Mostre ao recrutador que conhece bem a organização e como você se encaixa à sua cultura interna;

2.       Valorize sua experiência – nada de se colocar pra baixo só para agarrar a vaga, afinal para que serve seus anos de estrada? Deixe claro seus objetivos de carreira e seja autoconfiante;

3.       Destaque suas principais realizações - para justificar um bom salário, nada melhor do que apontar as ações mais relevantes que você desenvolveu e que trouxeram resultados para as empresas anteriores.

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com