23
abril
06h00

Não tenho experiência. Como arranjar emprego?

A gente sabe que as empresas estão cada vez mais exigentes e querem profissionais com experiência, inglês fluente, pós-graduação e por aí vai. No entanto, quando se está batalhando pelo primeiro emprego experiência e pós-graduação são pré-requisitos que você certamente não terá. O que não significa que é o fim do mundo, pelo contrário.

Preste atenção

1
Não desanime. Mostre seus talentos.
2
Procure fazer curso de idiomas para aumentar suas chances de emprego.
3
Faça estágios variados, mesmo sem remuneração, que demonstrem suas habilidades.

R7 Desemprego 196x300 Não tenho experiência. Como arranjar emprego? As empresas contratam pessoas para vários tipos de vagas e há muito mais emprego pra quem está começando do que para quem está no meio da carreira. Portanto, procure mostrar garra e vontade de aprender, crescer com a empresa, ter uma oportunidade. Ter idiomas já facilita o processo, assim como uma boa faculdade.

Estágio também conta bastante ou mesmo algum emprego fora da área. Procure encontrar em bicos ou outro tipo de atividade desenvolvida habilidades que você desenvolveu e que possam contribuir para essa empreitada. Capacidade de trabalhar em equipe, pro atividade, facilidade de comunicação, poder de negociação são exemplos que devem ser explorados numa entrevista de emprego.

Não esqueça que tudo é válido na vida e as empresas valorizam muito esses aspectos comportamentais. Vá em frente e não esmoreça!!

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
16
abril
06h00

Os sinais de que está na hora de mudar de emprego

Há várias situações que sinalizam o momento de arrumar as malas e ir embora. Primeiro, quando seu talento não é reconhecido. Segundo, se sua capacidade não é reconhecida pelo chefe. Terceiro, se seu chefe é mau caráter, é desonesto e rouba suas ideias como se fossem dele. Quarto, quando você tem um chefe que não valoriza o seu trabalho, não lhe dá atenção e não se preocupa em enxergar o que é necessário para que você melhore seu desempenho.

Preste atenção

1
Analise se está na hora de mudar de emprego.
2
Aproveite que o mercado está aquecido e atualize o seu CV.
3
Cuidado para não fechar a porta ao pedir demissão.

R7 Chorar na frente do chefe 200x300 Os sinais de que está na hora de mudar de empregoAí, você está vendo no mercado oportunidades melhores do que aquela que tem hoje. E melhores oportunidades não significam apenas um melhor salário, mas também benefícios indiretos ou chance de ascender mais rapidamente. Com o mercado superaquecido, você pode ter sua competência valorizada no mercado. Então, percebe que é a hora certa de trocar de emprego e exercer sua mobilidade.

Nunca antes na história desse país tivemos uma situação tão favorável para os bons empregados como temos hoje. É hora de aproveitar? Canja de galinha e cautela não fazem mal a ninguém. Não se pode dar um passo em falso. É preciso examinar atentamente as condições que são oferecidas e aí partir para esse mundo que está lá fora.

Claro que isso deve ser bem feito, não se pode fechar portas, nem queimar pontes que atravessam o rio. Deixe sempre a porta aberta para o caso de um infortúnio. Se sua saída não der certo, você terá a chance de retornar ao ex-empregador.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
14
abril
06h00

Trabalhar de graça no início da carreira

Seria burrice trabalhar de graça, mas há momentos em que vale a pena apostar no sonho. Se você pode se dar ao luxo de não precisar ter um salário no início da vida profissional e pretende abrir portas, por que não? Conheço muita gente que para conseguir uma vaga, entrar na empresa que desejava ou ter a chance de dar um salto na carreira, optou por um estágio não remunerado. Como resultado, conseguiu a contratação que queria.

Preste atenção

1
Aquela oportunidade pode aparecer, mesmo que esteja trabalhando de graça.
2
Está com dificuldades em achar emprego? Tente oferecer seus conhecimentos mas sem ser remunerado.
3
Trabalhar sem remuneração temporariamente pode ser o primeiro passo para uma carreira de sucesso.

R7 Networking sem internet 200x300 Trabalhar de graça no início da carreiraClaro que todo mundo quer ganhar dinheiro, no entanto nem sempre o começo é tão fácil assim. Há profissões em que a disputa é acirrada e entrar no mercado de trabalho é bem difícil, como em jornalismo, publicidade, televisão, moda e outras carreiras. Vale sim a pena arriscar. As empresas querem pessoas ousadas, talentosas e determinadas.

Pense se não está na hora de ser mais agressivo e deixar um pouco de lado a questão financeira? Garanto que muitos dos grandes profissionais e executivos que existem por aí arriscaram lá trás para hoje ter essa carreira de sucesso. E aí, será que você está disposto a trabalhar de graça por um tempo? Não encare essa possibilidade com a mente fechada.

Lembre-se que é algo temporário e que pode significar seu primeiro passo para uma grande oportunidade. Se não der certo, você pode tranquilamente cair fora e ainda acrescentar ao seu currículo uma experiência interessante.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
11
abril
06h00

Você tem pavio curto?

Quem tem personalidade difícil nem sempre reconhece que pode arruinar sua carreira por ser mais esquentado. Quem gosta de comprar uma briga ou vive soltando veneno, precisa aprender a ter autocontrole. Mesmo que o chefe não se incomode, vale ficar esperto se esse tipo de comportamento não está deixando os colegas irritados ao ponto de se afastarem.

Preste atenção

1
A personalidade forte pode arruinar carreiras.
2
Aprenda a ter jogo de cintura e a ouvir o que os outros profissionais têm a dizer.
3
Cuidado. Berrar, ser grosseiro, falar o que bem entende do colega, do chefe, da empresa, tudo pesa na hora do aumento ou promoção.

R7 Meu chefe nao me ouve 199x300 Você tem pavio curto? Não quero dizer que as pessoas devam ser sempre boazinhas, mas no ambiente de trabalho o profissional não pode sair por aí falando o que bem entende. Ser político e evitar grandes confrontos são pontos importantes para a carreira. Ninguém suporta aquele cara chato, que vive apontando os erros alheios ou não segura a língua.

Em geral, pessoas difíceis ou complicadas são inseguras, escondendo por trás da carapaça dura o medo de serem vistas como incompetentes. Se você é pavio curto ou “exigente demais”, pare e reflita. Aprenda a ser mais flexível e menos temperamental. O aspecto comportamental é visto hoje pelas empresas como um fator fundamental na hora de promover alguém ou descartá-la. Fique atento!

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
9
abril
06h00

Sua aparência diz muito sobre quem você é

Além da roupa e maquiagem, alguns outros cuidados com a imagem são importantes, como os cabelos que merecem atenção especial. Por isso, nada de ir trabalhar com cabelo sujo e despenteado porque pode dar ideia de que você é displicente. Todo cuidado é pouco com sua aparência. Já viu como alguém quando tem cabelo oleoso passa a impressão de ser uma pessoa suja?

Preste atenção

1
Os cabelos também refletem a sua imagem.
2
Fique atento com cabelos oleosos e que possam estar com aparência de sujos.
3
Consulte o dermatologista que indicará bons produtos para seus cabelos permanecerem saudáveis.

R7 Sem emprego 199x300 Sua aparência diz muito sobre quem você é Antes que seu chefe fique má impressionado com o aspecto de mal lavado do seu cabelo, aprenda a encontrar um xampu adequado para cabelos oleosos. Lave-o frequentemente e mantenha o cabelo com visual limpo. Quem costuma pintar os cabelos, fazer reflexos ou mechas deve estar de olho no momento de retocar a raiz. Quando não for possível ir ao salão, mantenha-o sempre arrumado.

Se o cabelo estiver muito bagunçado, a dica é prender os fios. Mas lembre-se, esse recurso só deve ser usado quando não der tempo de arrumar o cabelo e não quando em meio à correria, você não conseguiu lavar suas madeixas. Usar o cabelo preso para camuflar a sujeira é falta de higiene. Rabo de cavalo só com cabelo limpo.

O controle da oleosidade também deve ser uma preocupação dos homens, sobretudo para aqueles que sofrem com o problema da caspa. Nesse caso, a solução é procurar um dermatologista que indicará um tratamento adequado, evitando assim constrangimentos. Não existe coisa pior do que estar com alguém com caspa no paletó né?

Também é preciso ter cuidado redobrado na hora de usar grampos, elásticos e as famosas “piranhas” de cabelo. Os grampos devem ficar escondidos e os elásticos não podem chamar a atenção. Prendedores, “tique-taques” e “piranhas” não podem ser muito coloridos e é bom evitar em ambientes mais formais. E no caso de cabelos cacheados? Engana-se quem pensa que chapinhas e progressivas são a solução. Basta usar produtos específicos, como os leave-in que ajudam a eliminar o efeito frizz e os cachos fora do lugar.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
7
abril
06h00

Quando vale a pena trocar o emprego atual para ganhar menos

Você está de saco cheio do chefe e decide aceitar a primeira proposta que aparece, mesmo para ganhar menos. Será que esta é a melhor decisão? Antes de tomar alguma atitude, pense e pondere. Quando se cogita mudar de emprego, deve-se avaliar uma série de aspectos como perspectivas de carreira na empresa em que atua, qualidade de vida e ambiente de trabalho.

Preste atenção

1
Não se precipite, analise propostas antes de aceitar.
2
Não haja por impulso. Toda empresa tem profissionais chatos e bons colegas.
3
Se decidir mudar de emprego não leve só o salário em consideração.

R7 Atraso 199x300 Quando vale a pena trocar o emprego atual para ganhar menos Nesses casos, o fato remuneração não deve pesar na sua escolha. Pense na oportunidade que você terá ao abrir novas portas. Muitas vezes é necessário dar um passo para trás de olho em futuros saltos profissionais. Tudo precisa ser colocado na balança para ver se as perdas salariais realmente compensam.

Lembre-se que toda e qualquer escolha deve levar em conta sua realização pessoal e financeira. Não adianta sair por aí agindo por impulso. Pare e reflita. Não esqueça que você é o CEO da sua carreira. Fazer apenas o que gosta é uma utopia. Todo trabalho tem seu lado chato e seus contras.

Recuar financeiramente pode ser uma decisão acertada no momento, mas lá na frente causar uma grande frustração. Busque o equilíbrio e pense muito bem antes de agir. Por outro lado, fazer uma escolha pensando só em dinheiro também pode provocar uma insatisfação no futuro. Aguentar chefes tóxicos que só pressionam por resultados levam a um nível de esgotamento capaz de comprometer sua saúde.

 

Dicas bacanas sobre carreira e  planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
4
abril
06h00

Fazer bico vale a pena?

Tem gente que odeia trabalho fixo, com rotina de horários e chefe no pescoço. Mas será que viver de fazer bico é bom? O lado positivo é que você tem a chance de uma nova experiência e avaliar se é isso que você quer. Se for na sua área, amplia sua rede de relacionamentos e lhe proporciona uma bagagem maior naquilo que você já faz.

Preste atenção

1
Fazer bicos para ter renda extra é bom, principalmente no final do ano.
2
Fazer bicos como trabalho permanente é muito arriscado.
3
Seguir a carreira escolhida, tentar progredir estudando e se atualizar sempre, ainda é bem melhor e seguro.

R7 Profissão emergencia4 300x200 Fazer bico vale a pena?O lado ruim é que com o bico você pode ganhar menos, mas se fizer uma comparação proporcional a quantidade de horas em que trabalha, vai achar mais interessante. Mas fique esperto, não se vive de bicos a vida toda. Vivemos de uma atividade motivadora, que escolhemos no início da carreira porque nos dará satisfação. Conheço gente que tem mais de dois bicos e até quatro empregos diferentes. Isso não é bom. Exige muito do profissional que se vê no limite do estresse para ter uma renda suficiente.

Ainda sou a favor de se escolher uma atividade, uma carreira e persegui-la com obstinação. Claro que ter um plano B é importante, mas não acredito que fazer muitas coisas ao mesmo tempo funcione. Siga seu rumo com garra e determinação, fazendo sempre uma avaliação honesta do seu desempenho.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
2
abril
06h00

Quer ser chefe?

Quase todo mundo que está no mercado de trabalho tem sonho de crescer e virar chefe. Não tem nada de mal nisso, mas não é só se formar e achar que em dois ou três anos você já está preparado pra liderar pessoas. Tem gente que vira chefe logo, isso porque tem capacidade pra tal ou deu sorte. Se vier um convite pra ser chefe, claro que você não vai recusar.

Preste atenção

1
Ser chefe não é fácil como muitos pensam.
2
Analise bem antes de aceitar o cargo de chefia.
3
Procure ficar preparado, faça cursos de atualização e também de liderança pessoal.

R7 Chefe lider 300x199 Quer ser chefe?Mas vale a pena pensar bem em como você vai agir dali pra frente. Até se for o caso, reflita e veja se você quer mesmo ser chefe. Tem gente que nasceu pra liderar e outros pra serem liderados. Aliás, já pensou se todo mundo quisesse ser chefe? Não teria vaga pra todos! Toda e qualquer função é importante dentro de uma empresa, então não fique sofrendo se sua vez não chegar.

Agora, se esse é seu objetivo, prepare-se. Diferente do que as revistas mostram por aí, ser chefe exige tomar decisões difíceis, ser duro em muitos casos, trabalhar mais do que sua equipe, receber bronca, estar mais exposto aos fracassos do que não deu certo na área. Lidar com pessoas também não é uma tarefa fácil. Uma coisa é você ser o colega de trabalho, outra é ser chefe. Aí, o bicho pega. Pode se preparar que sempre vão falar mal de você.

Quer ser chefe? Procure já ir se preparando e avalie os pós e contras.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
31
março
06h00

Você não desgruda do celular nem durante reuniões?

Tem gente que não se segura. Nem mesmo em reuniões importantes durante o trabalho perde a mania de ficar digitando mensagens no celular, conversando pelo WhatsApp ou trocando SMS com amigos. Não seria uma tremenda falta de educação?

Preste atenção

1
Cuidado com as atitudes que denotam falta de educação.
2
Celular deve ficar desligado em reuniões.
3
 Se tiver que atender ao celular avise aos demais que está aguardando uma ligação importante.

R7 Trabalho falar alto 300x268 Você não desgruda do celular nem durante reuniões?Pois é, pesquisa feita pela University of Southern California revela que para 76% dos 554 profissionais ouvidos nos Estados Unidos é inaceitável checar mensagens durante reuniões. Número que sobe para 87% quando o assunto é atender o celular.

De fato, não há nada mais chato e inconveniente ver alguém que não está nem aí para o que discute em uma reunião pra ficar de papo no celular. O que muitos esquecem é que ali é um ambiente de trabalho e se faz necessário prestar atenção ao que acontece ao redor. Que tal deixar o celular com alguém da equipe para que atendam as ligações, caso sejam importante.

Exceções são permitidas quando você espera uma ligação urgente. Aí, é permitido dar uma pausa para atender. Fora isso, esqueça o celular. Para quem é chefe, esse cuidado deve ser ainda maior. Não existe coisa pior do que olhar seu chefe respondendo mensagens particulares ou interrompendo a reunião para atender ligações pessoais. Além de abuso de poder, pode dar a impressão de que os chefes não se importam com sua equipe. Uma grande falta de respeito!

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
28
março
06h00

A promoção não saiu. Mudo de emprego?

Você estava esperando dar aquele salto na carreira, assumir um cargo mais alto, mas a promoção nunca sai. Será que vale a pena continuar na empresa? Tudo vai depender da sua dedicação pra chegar lá. Será que você realmente fez por merecer? Você encarava as tarefas que o chefe lhe dava, era proativo ou só ficava reclamando?

Preste atenção

1
Procure ser sempre um profissional melhor.
2
Nada se consegue sem dedicação e empenho.
3
Se seu esforço não é reconhecido, não desanime. Continue lutando.

R7 Carreira em Alta1 224x300 A promoção não saiu. Mudo de emprego? É importante fazer uma autocrítica antes de sair por aí chutando o balde. Nós costumamos adotar uma postura de vítimas quando algo não sai do jeito que gostaríamos. Por isso, ao receber a notícia de que a promoção não saiu, reflita um pouco sobre suas ações. Agora, se você sempre se esforçou, se antecipava às situações e costumava propor ideias novas, vale a pena tentar entender o que aconteceu.

Neste caso, veja quais perspectivas poderão se abrir pra você e o quanto estará disposto a esperar. Só não vale continuar no barco desmotivado, assistindo à vida passar, sem continuar batalhando. Se você permanecer no emprego é preciso seguir na briga. Mas se o desânimo persistir e perder a confiança no processo, procure um novo caminho fora dali. Quando se está insatisfeito, o desempenho vai cair ainda mais e será perda de tempo.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com