29
julho
06h00

E se o chefe pede para fazer mais?

O comportamento no ambiente de trabalho vai definir seu futuro na empresa. Dizer não a um pedido do chefe, ainda mais no momento atual, é uma atitude que causará má impressão e vai parecer que você não é solícito. Não estou dizendo para fazer mais do que você dá conta, mas não responda que não consegue. Muito menos diga que está cheio de coisas para fazer e pronto. Hoje, todo mundo está fazendo além do que deveria.

Preste atenção

1
Cuidado ao dizer não e causar má impressão no trabalho.
2
Se estiver sobrecarregado, converse com seu chefe antes de dizer não.
3
Não se sente preparado para executar a tarefa? Deixe claro que precisa de ajuda.

R7 Stress 217x300 E se o chefe pede para fazer mais?Se está sobrecarregado, mostre ao chefe que acabará não dando conta da maneira que deveria e o resultado ficará bem aquém do esperado. Deixe claro seu limite, sem dizer não de cara. É preciso ter argumentos convincentes de que fazer tudo ao mesmo tempo que, quase certamente, vai levar a resultados indesejados, comprometendo o sucesso daquele projeto ou tarefa. Dizer simplesmente não a um pedido do chefe sempre passará a imagem de que você nunca está disposto a fazer nada além do seu escopo de atuação.

Agora, se você foi incumbido de uma tarefa que não sabe fazer, diga que você não é a pessoa mais preparada. Se você conhecer alguém que faça melhor a tarefa, sugira nomes ou deixe claro que se ficar responsável por aquela tarefa, precisará de ajuda. Lembre-se que a melhor maneira de dizer não a algo que você não dá conta ou não está preparado é levantar argumentos que leve o chefe a refletir sobre seu discurso. Em casos como esses, vale a pena ter muita habilidade em negociar com o chefe.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
27
julho
06h00

A saga do primeiro emprego

Os jovens são os que mais sofrem com o desemprego no país. A taxa de desocupação entre os que têm entre 18 e 24 anos foi de 16,8% em 2015. Ou seja, quem está ingressando agora no mercado de trabalho não encontra oportunidades. Além disso, esse grupo enfrenta esse cenário: as empresas estão cada vez mais exigentes e querem profissionais com experiência, inglês fluente e pós-graduação.

Preste atenção

1
Jovens são os que mais sofrem com a procura de trabalho.
2
Mesmo assim há mais vagas para os iniciantes com vontade de vencer.
3
O estágio dá oportunidade para quem tem melhor preparo.

R7 Emprego ok 300x217 A saga do primeiro empregoEntão, quando se está batalhando pelo primeiro emprego já sabe que vão querer que ele tenha experiência e pós-graduação, o que você certamente não terá. Mas calma, isso não é o fim do mundo. As empresas contratam pessoas para vários tipos de vagas e há muito mais emprego para quem está começando do que para quem está no meio da carreira. Portanto, procure mostrar garra e vontade de aprender, crescer com a empresa, ter uma oportunidade.

Ter idiomas já facilita o processo, assim como uma boa faculdade. Estágio também conta bastante ou mesmo algum emprego fora da área. Por isso, desenvolver outro tipo de atividade que permita adquirir novas habilidades e que possa contribuir para essa empreitada pode ajudar. Capacidade de trabalhar em equipe, pro atividade, facilidade de comunicação, poder de negociação são exemplos que devem ser explorados numa entrevista de emprego.

Não esqueça que tudo é válido na vida e as empresas valorizam muito esses aspectos comportamentais. Vá em frente e não esmoreça!!

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
25
julho
06h00

Aceitar um cargo que ninguém quer é arriscado?

Tem cargos que vivem vazios, com rodízio de chefes que acabam abandonando o barco e aí a empresa faz uma proposta para que você assuma o posto. E aí, vai encarar? Em vez de tentar recuar, pese que pode ser sua grande chance. Muitas vezes, você estava ansiando uma promoção há anos e de repente o que aparece é uma missão arriscada. Não tenha medo, risco há em qualquer posição.

Preste atenção

1
Analise, pense que você está com a chance de vencer o desafio.
2
Seu chefe poderá ter identificado em você qualidades para encarar o novo cargo.
3
Sempre há formas de se lidar com desafios. Mostre que é capaz.

R7 Ansiedade 300x199 Aceitar um cargo que ninguém quer é arriscado?Embora a função tenha cara de um "problemão", você pode ser a pessoa ideal para desbravar esse nó. Não é porque outros recusaram que a natureza do cargo seja ruim.   Enxergue como uma oportunidade. O máximo que pode acontecer é você perceber que realmente não foi uma boa escolha. Se lá na frente, tudo der errado, pense que foi um grande aprendizado que o levará a ter um currículo mais forte.

Não existe trabalho fácil e as empresas procuram profissionais com uma bagagem sólida em gestão de crises e problemas. Lembre-se que tudo na vida é um aprendizado. De repente, esta é a grande chance de você dar aquele salto que tanto queria. Encontre uma forma de lidar com o desafio e siga com coragem. Vai que esta oportunidade permitirá que você chegue onde tanto queria.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
22
julho
06h00

Mudar é uma questão de escolha. E aí, vai encarar?

Recebi e-mail de uma antiga aluna que reclama não encontrar mais desafios naquilo que faz.  Aí vem aquele desejo de mudar de carreira, mas com a crise tem medo de arriscar. Claro. Eis que me consulta para saber o que acho desse seu desejo. Assim como ela, milhares de pessoas encontram-se em situação parecida, porque o momento é delicado e fazer uma transição significa dar passos para trás.

Preste atenção

1
Cuidado. Mudar de carreira exige sacrifícios.
2
Tenha consciência que sua experiência acumulada não vale nada numa escolha nova.
3
Se está convicto de que quer mudar faça sua escolha e vá em frente.

R7 O que ser padrao ou empregado 225x300 Mudar é uma questão de escolha. E aí, vai encarar?Mudar não é uma tarefa simples e exige total consciência de que escolhas desse tipo exigem cautela. Quem quer arriscar, deve saber que a experiência de anos e anos de estrada, muitas vezes não vale nada. É preciso entender que estará disputando espaço com quem já construiu uma trajetória naquela atividade. Por outro lado, as empresas valorizam quem está disposto a aprender.

Então, tudo é uma questão de escolha. Momento certo nem sempre vai existir. Conheço gente que trocou de emprego nesse auge de turbulência econômica e se deu bem. O segredo está em saber o que se quer e ir em frente. Lógico que é preciso cuidado, mas quem tem perseverança alcançará seus objetivos. Prepare-se para a escolha e siga atrás do que quer. Quem fica parado nunca vai conseguir saber como seria sua vida ao fazer uma mudança.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
20
julho
06h00

Quem resiste a mudanças pode se dar mal

O ser humano, em geral, é resistente a mudanças, certo? Mas na era da informação em que vivemos, onde tudo muda o tempo inteiro e muito rapidamente, é preciso ser flexível. Por isso, nada de comodismo. As empresas valorizam profissionais que não se contentam com as coisas do jeito que estão e querem mais.

Preste atenção

1
Mexa-se. Leia. Pergunte. Fique atualizado.
2
Aprenda tudo que é novo. Cuidado com a rotina.
3
Mudanças são desafios que devem ser vencidos.

R7 Chorar na frente do chefe 200x300 Quem resiste a mudanças pode se dar mal Engana-se quem acredita naquele famoso ditado “em time que vence não se mexe”. A ordem nas organizações é mexer, trazer ideias novas, pensar fora da caixa, ter um olhar diferente e agir com ousadia. Saber lidar com as mudanças, seja diante de tarefas novas, seja de atividades impostas pelo chefe, é uma característica fundamental do bom profissional.

Funcionários que não lidam bem com mudanças são vistos como reativos.  Claro que mudanças sempre geram insegurança. No entanto, estamos sempre encarando desafios novos no dia a dia, com situações diferentes no cotidiano. Assim, vale a pena aprender a reagir de formas variadas, sem ter medo de errar. Não enxergue mudanças como algo negativo que vai tirá-lo da zona de conforto. Isso não existe mais.

Mudar requer sabedoria e flexibilidade. É trazer para o dia a dia novos comportamentos e inovações. Evite mostra-se resistente. Abrace o novo e domine o medo de mudar. Acredite, uma mudança de postura pode levá-lo a se dar bem no emprego e a ser o dono da sua própria carreira!

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
18
julho
06h00

O que avaliar antes de dar a virada na carreira

A crise tem pego muita gente de surpresa, que não esperava perder seus empregos. Mas a realidade está aí e quem sabe seja a hora de avaliar aquela mudança de carreira que tanto desejava?

Preste atenção

1
Pense o que deseja para a sua vida.
2
Cuidado para não agir por impulso.
3
Tenha paciência, mudar não é fácil.

R7 Emprego primeiro duvidas 300x225 O que avaliar antes de dar a virada na carreiraConfira abaixo algumas dicas que podem ajudá-lo a repensar sua trajetória profissional:

- Antes de tudo, faça para si mesmo as seguintes perguntas: meu trabalho já não me dava mais nenhuma satisfação? O que me motiva mudar: a carreira, o mundo corporativo ou que estava fazendo? Avalie também se o que deseja é alcançar: qualidade de vida, autonomia, desafio ou um novo aprendizado;

- Pense muito bem no que realmente você deseja para sua vida. Procure não agir por impulso, só porque vinha sendo pressionado pelo chefe ou não aguentava mais o ambiente competitivo na empresa onde atuava;

- Descubra qual a sua real vocação, suas aptidões e habilidades, que tipo de atividade você se identifica, com o que você gosta de trabalhar e o que traz um maior significado pessoal;

- Pesquise tudo o que puder sobre a área que pretende atuar e converse com outras pessoas para descobrir se está no caminho certo;

- Planeje os passos que vai dar e prepare-se para os obstáculos que encontrará pela frente. Lembre-se que toda e qualquer mudança exige paciência;

- Prepare-se para ter uma renda menor por algum tempo. É normal no momento de ruptura você dar alguns passos para trás.

Boa sorte!

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
15
julho
06h00

Dominar outro idioma não é mais diferencial e, sim, mandatório

Quem tem fluência no inglês não pode comemorar que se destaca entre os concorrentes. Saber outro idioma, além da língua nativa, é pré-requisito no mercado de trabalho. Hoje, já se exige o domínio em um terceiro idioma. Basta ver em vários anúncios de vagas no LinkedIn que fora o inglês, muitas empresas apreciam quem fala espanhol, por exemplo.

Preste atenção

1
Saber alguns idiomas faz toda a diferença numa entrevista de trabalho.
2
Estude outro idioma pra valer. Seja persistente.
3
Complemente seu curso com conversação, leitura de revistas, livros, artigos e outros.

R7 Carreira Diplomatica 225x300 Dominar outro idioma não é mais diferencial e, sim, mandatórioMesmo com um bom currículo e experiência invejável, sem domínio do inglês e até de outra língua as chances de conseguir um emprego bacana são menores. Sabemos que aprender uma segunda ou terceira língua depois de adulto é complicado, mas inevitável para quem deseja crescer na carreira. E não se engane com cursos intensivos ou que prometem inglês em curto prazo. Eles não resolvem nada para aqueles que sabem pouco ou quase nada da língua. É preciso empenho e persistência.

Levar a sério o curso e ter pelo menos duas aulas presenciais na semana são um bom caminho. Complemente com mais duas horas em casa para exercícios, leitura de revistas e livros, filmes sem legenda e muita música para habituar o ouvido com a língua estrangeira.  Procure um curso confiável e recomendado por aqueles que já têm inglês fluente. Fazer direitinho o curso como deve ser, certamente no prazo de dois anos você estará com um inglês e espanhol intermediários afiados, falando com desenvoltura e pronto para se arriscar numa entrevista de emprego.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
13
julho
06h00

Nada como trabalhar com quem tem bom humor

Quantas e quantas vezes você viu o seu colega resmungar porque não aguenta o chefe ou ganha pouco?  Parece um martírio não é mesmo? Esse tipo de comportamento cansa quando se repete. Então, pare e reflita: será que você também tem o mesmo tipo de atitude?

Preste atenção

1
Sorrir - faz bem para você e para aqueles que estão próximos.
2
Ajude a melhorar o astral no ambiente de trabalho.
3
Lembre-se: dificuldades são desafios a serem vencidos.

R7 Poder1 300x210 Nada como trabalhar com quem tem bom humorVeja se você costuma estar de cara amarrada, como se a vida tivesse conspirando contra e você não vê a hora do tempo passar mais rápido. Se sim, que tal estampar um largo sorriso no rosto?

Sim, rir faz muito bem. O bom humor levanta o moral do grupo, deixa o ambiente mais leve. Você já percebeu o quanto pessoas bem-humoradas contaminam o ambiente e melhoram o astral? Não há nada pior do que pessoas pessimistas, que em tudo enxergam problemas e estão sempre pra baixo.

Por isso, comece já. Abandone velhos hábitos, pare de reclamar, enxergue o lado positivo das coisas, encare as dificuldades sob a ótica dos desafios que te impulsionarão ao sucesso. Sorria e seja feliz!

Garanto que sua vida e a de todos ao seu redor terá um colorido diferente.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
11
julho
06h00

Ficou mais difícil sair da cama para trabalhar?

A pressão por resultados e o medo de perder o emprego são fatores que vêm ajudando o domingo à noite ser um tormento ainda maior para muita gente. Acordar cedo e enfrentar o turbilhão da semana torna-se um tormento. Mas já parou para pensar que o cansaço ou estresse não podem dominá-lo neste momento?

Preste atenção

1
Você tem emprego – não reclame.
2
Pior é ficar sem emprego.
3
Busque novas atividades, não desanime.

R7 Trabalho levar problema para casa 300x224 Ficou mais difícil sair da cama para trabalhar?Ficar sem vontade de ir trabalhar é natural, mas seja firme! Pare de reclamar. De nada adianta ficar resmungando. É pura perda de tempo. Lute. Passamos dois terços de nossas vidas no trabalho. Então, não dá para ficar insatisfeito e infeliz, brigando com todo mundo ao redor. O desemprego é cada vez maior e não está nada tranquilo conseguir uma recolocação.

Conheço gente que está há mais de dois anos sem nada e a briga por uma vaga é pior que vestibular. As empresas estão com a faca e queijo na mão, recebem currículos de profissionais bem preparados, dispostos a ganhar bem menos do que você. Então busque uma nova motivação fora do trabalho para fazê-lo lidar melhor com o estresse.

Aqueles que gostam de viajar, devem sair da rotina aos finais de semana. Depois do trabalho, evite ficar remoendo o dia. Faça uma atividade física, vá ao cinema, leia um livro. Nada de se deixar afetar pelo desânimo. A melhor solução é buscar atividades que aliviem a carga pesada e a insatisfação!

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
8
julho
06h00

Tá cheio de gente querendo puxar seu tapete

Com as empresas reduzindo seus quadros será cada mais frequente se deparar com colegas querendo puxar o seu tapete. A briga para se segurar no emprego vai fica mais acirrada e vão querer te derrubar a todo preço. Prepare-se para falarem mal de você ao chefe e aos colegas. E aí você precisará aprender a conviver com eles se quiser sobreviver.

Preste atenção

1
Aprender a sobreviver atualmente é primordial para permanecer no emprego.
2
Trabalhe bem e converse sempre com o seu chefe.
3
Fique longe das fofocas, não brigue, não provoque desentendimentos.

R7 Emprego pedir a cabeca do chefe 192x300 Tá cheio de gente querendo puxar seu tapeteComo? Primeiro faça bem o seu trabalho. O chefe que se deixa impregnar com comentários maldosos desse tipo é um mau chefe, muito provavelmente incompetente. Se ele dá bola para fofocas, preste atenção! Procure ter uma conversa franca com ele, abra o jogo. Diga que sabe da existência de conversas a seu respeito e gostaria de saber a opinião dele em relação ao seu trabalho. Isso vai acabar exercendo uma tremenda pressão sobre o chefe e ele vai ter de se posicionar.

Outro alerta! Nem sempre você consegue de fato identificar quem quer tirá-lo de cena. Por isso, fique esperto. Fuja de fofocas e nada de disse-me-disse. Agora, se você sabe muito bem quem é colega do mal, dê um jeito de ter uma conversa com ele. Nada de briga. Traga-o para perto e fale que vocês podem subir juntos na empresa e seja objetivo mostrando que ele não precisa apagar a sua luz pra ele brilhar. Essa conversa vai ajudar. É muito bom perdoar as pessoas, só não esqueça o nome delas.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks