6
maio
06h00

Ser verdadeiro no trabalho, pode?

Com o passar do tempo, é natural que você conte um pouco mais sobre o lado pessoal no trabalho. Tem chefe que tenta entender como é sua equipe para lidar com ela. Em todas as situações, o mais aconselhável é você se resguardar o máximo que puder sobre sua vida. Nunca se sabe qual a finalidade das pessoas em saber mais sobre você.

Preste atenção

1
Participe das rodas de conversas dos colegas, mas seja discreto quanto à sua vida particular.
2
Não critique as lideranças.
3
Assuntos pessoais dão boas fofocas no ambiente de trabalho.

R7 Puxa saco privilegiando 300x200 Ser verdadeiro no trabalho, pode?Tenha uma postura profissional em quaisquer circunstâncias e cuidado com o que você fala. Não diga nada que seja polêmico ou desagradável. Evite fazer críticas muitos duras sobre seu chefe com os colegas, muito menos revele coisas pessoais para quem você tem intimidade. Lembre-se que no ambiente de trabalho ninguém é amigo de ninguém. No happy hour com colegas, seja discreto. Mais discreto ainda seja naquele churrasco de final de semana ou fim de ano com o pessoal do escritório.

Seus problemas pessoais ou brigas em casa devem ficar apenas com você. Há pessoas no trabalho que adoram fazer fofoca sobre os colegas ou querem puxar o tapete usando informações sobre você para o lado negativo. Por isso, seja reservado.  Não exponha seu lado frágil e deixe sempre uma dúvida pairando no ar sobre sua vida. As pessoas adoram ter o controle sobre o outro e quem você realmente é só interessa para quem não usará essas informações contra você.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
4
maio
06h00

Está difícil encarar a competição no trabalho?

R7 Plano B21 238x300 Está difícil encarar a competição no trabalho?

Preste atenção

1
Converse com muita educação com o seu colega mau caráter.
2
Faça o seu trabalho bem feito e não dê motivo para ser mal falado.
3
Se nada der certo, fale diretamente com o seu chefe.

A competição no ambiente de trabalho está ficando cada dia mais complicada, aliada à falta de caráter de certas pessoas. Muita gente acha que prejudicar os colegas vai levá-lo a subir mais rápido. Como resolver o seu problema? O chefe atento deve perceber a situação e dar um jeito. 

Se o chefe não estiver nem aí ou não se tocar sobre o que acontece, vejo duas providências que você pode tomar. A primeira é ter uma conversa franca com os seus colegas, fazendo ver que eles estão te prejudicando e prejudicando o patrão também. Seria uma conversa educada, mas com firmeza. 

A segunda providência é prestar o máximo de atenção ao seu trabalho, fazer tudo bem feito e mostrar o quanto você é capaz. Eles não te deixam trabalhar? Dê um jeito de driblar esse problema, mesmo que para isso seja necessário dar um chega pra lá em algum de seus colegas. Não tenha receio de enfrentar e se impor. Você precisa se defender Celeste, antes que seu trabalho fique comprometido. 

E lembre-se, colegas que adoram prejudicar os outros não têm um futuro muito legal. Um último conselho, se o desespero bater à sua porta, você deve falar diretamente com o chefe e "entregar" quem está te atrapalhando a vida de forma injusta. Você não pode é ficar quieta e esperar que venha uma solução mágica pra resolver tudo. Não é assim que as coisas funcionam no mundo corporativo.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
2
maio
06h00

Quer dar uma reviravolta na carreira?

Há dois momentos para avaliar em que estágio profissional se está. O primeiro é entre 30 e 35 anos, depois de já ter oito ou dez anos de estrada. Faça um balanço do que vem fazendo pra ver se realmente é isso que você quer, se conseguiu o progresso que esperava, se há boas perspectivas de crescer ainda mais e se você se sente feliz com o que está fazendo.

Preste atenção

1
Depois de completar 30/35 anos analise se está contente com o seu progresso profissional.
2
Aos 50 anos comece a planejar o seu pós-carreira.
3
Cuidado com o seu planejamento, analise, discuta e defina.

R7 Sem emprego 199x300 Quer dar uma reviravolta na carreira?Quando algum desses pontos for insatisfatório, vale a pena dar um salto em sua trajetória profissional. O segundo momento é quando a pessoa está chegando aos 50 anos e precisa pensar no seu pós-carreira. Com o aumento da longevidade, cada vez mais será importante a pessoa vislumbrar o que fará ao sair do mercado. Aqui pode ser interessante se preparar para ter uma carreira diferente daquilo que fez a vida inteira. 

No entanto, muito cuidado ao tomar uma medida radical. Toda sua experiência e seu conhecimento anteriores não devem ser jogados no lixo. Pelo contrário. Do mesmo jeito que não se deve abandonar o emprego e arriscar sem ter um plano B em vista, as mudanças radicais de rumo não são aconselháveis.

Começar tudo do zero exige planejamento, dar vários passos pra trás, ganhar menos, trabalhar mais e competir com gente bem mais preparada.  Agora, se você está satisfeito onde está, parabéns. Se você gosta de arriscar, esse pode ser o momento. O mercado está aquecido e ávido por gente qualificada.  

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
29
abril
06h00

Mudanças serão cada vez mais frequentes…prepare-se!

O ser humano, em geral, é resistente a mudanças. Mas, com a economia em desaceleração, tudo muda o tempo inteiro nas empresas e rapidamente, por isso é preciso ser flexível. Nada de comodismo. As companhias valorizam profissionais que não se contentam com as coisas do jeito que estão e querem mais.

Preste atenção

1
Pare e analise: você resiste a mudanças?
2
Haja com ousadia, não fique na mesmice de sempre.
3
Supere a rotina. Encare os desafios diários e contribua com novas ideias.

R7 Plano B1 300x300 Mudanças serão cada vez mais frequentes...prepare se!Engana-se quem acredita naquele famoso ditado “em time que vence não se mexe”. A ordem nas organizações é mexer, trazer ideias novas, pensar fora da caixa, ter um olhar diferente e agir com ousadia. Saber lidar com as mudanças, seja diante de tarefas novas, seja de atividades impostas pelo chefe, é uma característica fundamental do bom profissional.

Funcionários que não lidam bem com mudanças são vistos como reativos.  Claro que mudanças sempre geram insegurança. No entanto, estamos sempre encarando desafios novos no dia a dia, com situações diferentes no cotidiano. Assim, vale a pena aprender a reagir de formas variadas, sem ter medo de errar. Não enxergue mudanças como algo negativo que vai tirá-lo da zona de conforto. Isso não existe mais.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
27
abril
08h00

Será que existe amizade no ambiente de trabalho?

Já fiz alguns posts sobre isso, mas ainda é grande o número de pessoas que continuam a me mandar e-mails com problemas no trabalho por confiar nos colegas. Pois bem, não quero ser pessimista, mas dificilmente você encontrará um amigo onde você está. Você até pode ser amigo do seu colega ao sair da empresa, mas enquanto estiver nela a competição entre vocês sempre existirá. Engana-se quem pensa que é amigo do colega ou do chefe.

Preste atenção

1
Integração no trabalho é diferente do que amizade.
2
Você terá colegas de trabalho que competirão com você o tempo todo.
3
Observe, seja discreto e não participe de fofocas que podem virar contra você.

R7 Inveja e Ciumes 200x300 Será que existe amizade no ambiente de trabalho?Não podemos esquecer que o ambiente de trabalho é um lugar para trabalhar. Claro que você deve manter um clima de cordialidade, se integrar com as pessoas, almoçar com quem atua na sua área. O que não é recomendável é achar que por isso você fará amigos lá dentro. Assim como você, seu colega vai defender o lado dele na hora de sobreviver a um corte ou na disputa por um cargo maior dentro da companhia.

A competição saudável eu até defendo, mas é preciso ficar de olho na concorrência desleal. Por isso, alerto para o fato de que não há amigos no trabalho. Muita gente quando se vê ameaçado ou quer aquele mesmo cargo que o seu, certamente vai lutar com unhas e dentes. O problema é que na maioria das vezes com as armas que tem. Ou seja, provavelmente usando golpes baixos.

Se quer sobreviver a essa selva corporativa, não se coloque como vítima.

Mantenha o pé atrás, não se envolva em fofoca, nunca entre em joguinhos e complôs contra colegas e chefes, evite fazer comentários negativos sobre alguém. As pessoas podem estar te usando para tê-la como aliado e depois te jogar na fogueira. O clima é hostil assim? Sim. Você pode achar que é um duro golpe no seu jeito de ser, mas quem quer se dar bem na vida profissional precisa aprender que as coisas nem sempre são como a gente imagina. A sabedoria está em buscar o respeito acima de tudo e não se deixar envolver em picuinhas.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
25
abril
11h35

Chefe preguiçoso tem vez nas empresas?

Não é só funcionário preguiçoso que a gente encontra por aí. Tem muito chefe que adora repassar a tarefa dele para sua equipe. É do tipo que joga tudo nas costas dos subordinados, passa o dia apenas cobrando se o time fez isso ou aquilo e, claro, nunca assume a culpa de nada. Pelo contrário, quando a bomba explode coloca o funcionário na fogueira.

Preste atenção

1
Chefe preguiçoso tem seus dias contados nas empresas.
2
Não enfrente esse tipo de chefe, tente mostrar o seu desempenho para os chefes que estão acima dele.
3
Argumente, mas não brigue e leve a situação para o RH da empresa.

R7 Zona conforto 199x300 Chefe preguiçoso tem vez nas empresas?A maioria é incapaz, faz corpo mole e sobrevive de marketing pessoal. É um tremendo 171 que sabe explorar bem seu lado politiqueiro. Vai se mantendo em cima do sucesso da equipe e sabe como ninguém se vangloriar junto aos superiores. O que fazer se você tem um chefe assim? Minha experiência mostra que enfrentar uma pessoa assim só vai ser pior. Tente aproveitar as brechas que ele der pra mostrar seu desempenho aos chefes que estão acima dele.

Evite entrar em discussões acaloradas ou o confrontá-lo quando ele jogar a culpa em você.  Brigar com o chefe em nenhuma circunstância é bom. Tente sempre argumentar ou levar a situação para o RH da empresa.  E não se preocupe. Chefe folgado não tem espaço nas organizações. Uma hora ele será descoberto.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
22
abril
06h00

Você anda deprimido por causa do trabalho?

Se você anda cabisbaixo, com pouca disposição e deprimido por causa do trabalho, saiba que aumentar as doses de carboidratos na dieta ajuda a te deixar pra cima. O carboidrato possui açúcares que têm relação direta com os níveis de serotonina no organismo.

Preste atenção

1
Alimente-se corretamente e terá maior disposição.
2
Açúcar aumenta a sensação de bem-estar, mas não exagere.
3
Exercícios físicos aliados a boa alimentação ajudam a levantar o ânimo.

R7 Medo de tirar ferias e perder o emprego 199x300 Você anda deprimido por causa do trabalho?A serotonina, por sua vez, é neurotransmissor das sensações de bem-estar. Só não exagere nas porções e muito menos mantenha um cardápio muito rico em açúcares quando o desânimo for embora. Consumido em grande quantidade, esses açúcares podem aumentar os índices de triglicérides no sangue, o que é um perigo para o coração.

Além de uma dieta rica em carboidrato, procure praticar exercícios físicos. Eles levam nosso organismo a sofrer uma série de transformações, como a liberação de hormônios neurotransmissores (as endorfinas), que promovem uma sensação de bem-estar e relaxamento. Praticar esportes é sempre um ótimo recurso para quem precisa levantar o ânimo e auxiliar o tratamento de males como a depressão e a ansiedade.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
20
abril
06h00

Foi demitido? Acerte no currículo

O mar não está pra peixe nesse momento de recessão. Por isso, chamar a atenção do recrutador para a entrevista de um novo emprego exige, em primeiro lugar, que o currículo esteja bem feito. Mais do que colocar as informações adequadas, o candidato deve ter cuidado para não faltar dados essenciais que podem deixá-lo de fora do processo. Confira o que não deve ficar fora do currículo:

Preste atenção

1
Em primeiro lugar está o ajuste do seu Currículo.
2
Veja se o seu Currículo está com o seu objetivo profissional bem claro.
3
Verifique seus dados pessoais e informe suas habilidades.

R7 Curriculo estagio 300x199 Foi demitido? Acerte no currículo1.Objetivo profissional

É fundamental destacar a área de atuação pretendida. Lembre-se que o recrutador não tem bola de cristal e quanto mais claro for o seu objetivo naquela empresa, maiores são as chances de acertar o alvo. Por exemplo: Analista de Comunicação, Técnico em Segurança, Executivo de Vendas, etc.

2. Experiência e qualificações

Muita gente esquece de mencionar alguns lugares por onde passou, quando essa é uma questão crucial. A empresa precisa entender um pouco sobre sua trajetória para ver se realmente você se encaixa no perfil da vaga.

3. Dados pessoais

Deixar um e-mail ou um número de telefone em que possa ser encontrado faz toda a diferença. Nada pior do que você ser selecionado e o recrutador não o achar em lugar algum.

4. Informações concisas e organizadas

Não deixe que seu currículo se torne uma verdadeira carta. Ninguém tem tempo para ler páginas e páginas. Por isso, informe apenas aquilo que for importante. Fale de suas habilidades, sem exageros. Além disso, cuidado com os erros de português. Pode ser fatal!

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
18
abril
06h00

Tenha confiança em si mesmo

A falta de confiança em si próprio não é defeito. Tem gente que é mais ousada e tem gente que não se sente tão confiante. Isso é uma questão de autoestima. Descubra aquilo que te motiva e te dá confiança. A falta de autoestima não acontece porque você é incapaz.

Preste atenção

1
O sucesso começa quando você acredita em você.
2
Repita seguidamente no espelho que você é capaz e vai aumentar a sua autoestima.
3
Não desista, não fique deprimido, reaja, batalhe e encontre o seu ponto forte.

R7 Equilibrio 225x300 Tenha confiança em si mesmo Pode ser que você ainda não tenha descoberto qual é a sua. Antes de tudo é necessário acreditar em você. Todo dia quando acordar olhe para o espelho e diga que você é capaz, que você é o melhor naquilo que faz. Esse é um exercício que vai ajudá-lo a ganhar mais confiança e arriscar.

Pense que você é realmente bom. Pode parecer papo de consultor, mas não é. Tenha certeza que as pessoas que chegaram ao topo nunca desistiram de seus sonhos e sempre acreditaram no seu potencial. Encontre onde está seu ponto forte. Como encontrá-lo só depende de você, converse com a sua família, fale com seus amigos, olhe no espelho.

Ninguém é incapaz. Você vai chegar lá. Só não pode fazer uma coisa: desistir. Nada de ficar deprimido. Você precisa batalhar pelo que quer. Vai lá e procure a sua oportunidade.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
15
abril
06h00

Ser honesto no trabalho vale a pena?

Com tanta corrupção no meio político, muita gente começa a questionar se ser ético e honesto realmente é uma virtude. Oportunidade é que não falta. Muita gente se vê tentada a desviar recursos da empresa onde trabalha, seja porque está endividada até o pescoço ou mesmo porque a empresa é desonesta e de uma certa forma o funcionário acredita que tirar um pequeno pedaço não vai fazer mal a ninguém.

Preste atenção

1
Não se deixe levar pela tentação ou exemplo de outros funcionários desonestos.
2
Honestidade é questão de caráter. Não manche seu currículo.
3
Seja íntegro, honesto e sempre terá oportunidades no mercado.

R7 Empregado desonesto 300x300 Ser honesto no trabalho vale a pena?Pode ser que a pessoa não seja descoberta, mas correr o risco não vale a pena. Ser honesto é uma questão de caráter. Pode-se enganar aqui ou ali e até se dar bem em algum momento, mas não existe coisa pior do que ver seu nome sujo ao ser descoberto. Na hora de procurar um novo emprego, o recrutador vai pedir referências sobre o candidato à antiga empresa.

E atitudes como essas não só mancham o currículo, arruínam a carreira de qualquer um. Então, é preciso refletir se realmente vale a pena correr esse risco por um pequeno deslize. A tentação pode ser grande, mas pense até que ponto vai resolver seu problema ou causar um ainda maior.

Mesmo funcionários que detém informações sobre falcatruas da empresa não devem cair na tentação de fraudar a companhia, por achar que ela ficará calada com medo de acusações. Do mesmo jeito que não se deve cometer nenhuma fraude sob pressão do chefe ou participar de negociações ilícitas sob ameaça de perder o emprego. A integridade não tem preço e quem é honesto sempre terá espaço no mercado.

 

Dicas bacanas sobre carreira e planejamento de vida em  http://www.facebook.com/OMelhorVemDepoisOficial e no http://twitter.com/juliocardozo

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks