distrito federal

Gata de botas

A chuva chegou, promete que vai continuar e tem molhado tudo que passa por ela. Inclusive sapatos e sandalinhas das moças desavisadas que andam pelas ruas sem se proteger. E não há nada mais desconfortável e deselegante que chegar em qualquer lugar que seja de pés molhados. Primeiro que é péssimo ficar com a sensação de pés frios e úmidos o dia todo, segundo, muito feio mesmo andar com o sapato denunciando que você acabou que pegar aquele toró.

O guarda-chuva, claro, é indispensável nessa época do ano. Mas ele protege, no máximo, o cabelo e a roupa. Os pés são os que ficam mais vulneráveis. Mas qual a solução para continuar arrumada no trabalho sem se ensopar toda? Galochas, claro. Eu confesso que nunca usei. Mas tenho achado cada vez mais tendência e melhor que isso, é muito usual.

Como é possível achar uma infinidade de cores e modelos no mercado, fica fácil escolher alguma que combine com as peças que você tem no armário. Mas se você, como eu, nunca usou, melhor optar por uma pretinha (não muito básica), mas que seja neutra.

Ainda assim pode não ser tão fácil se acostumar ou seu ambiente de trabalho pode exigir peças mais clássicas. Adote então o seguinte hábito: use a galocha apenas no caminho entre sua casa e o trabalho. Chegando lá, troque pelo seu sapato habitual. É a melhor maneira de ficar linda, elegante e sequinha nesse período molhado.

BLOG 100 211x300 Gata de botas
Na foto: Minha amiga jornalista e fashionista Julia Pessôa. Ela usa uma roupinha descolada, quente, confortável e as botinhas nos pés garantem que o visual continue seco até nos dias mais úmidos.

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com