Boas amizades na equipe podem ser ruins para uma empresa???

O bom relacionamento entre os integrantes de uma equipe é o sonho de qualquer gestor. A boa amizade, o respeito, a consideração, a solidariedade entre profissionais que trabalham juntos todos os dias garante a uma equipe melhor desempenho. Entretanto, como em tudo na vida, quando há excessos isso pode se transformar em problemas para uma equipe.

Veja o exemplo do Joaquim, um gestor que sempre estimulava relacionamentos particulares entre seus funcionários,  que promovia mensalmente reuniões de confraternização inclusive com os familiares. No início tudo foi muito bem. Os funcionários passaram a se conhecer melhor e por conseqüência passaram a se apoiar mutuamente durante o expediente, porém na medida em que essas confraternizações eram realizadas os amigos passaram a ter problemas de relacionamento não apenas entre eles, mas também entre seus familiares.Começaram algumas fofocas, alguns boatos entre um e outro que atrapalhavam o relacionamento no dia-a-dia da empresa.

rapazes brigando red3 300x200 Boas amizades na equipe podem ser ruins para uma empresa???

O resultado foi que as boas amizades em excesso provocaram intimidade e quando a intimidade invade um relacionamento se corre um sério risco de perder o respeito.
Assim, a recomendação aos gestores é para tomar cuidado e não estimular demais a construção de amizade, pois afinal amigos se formam pela experiência, pelo relacionamento que é espontâneo, não forçado ou condicionado a um determinado tipo de emprego.E sem o respeito não há solidariedade, não há comprometimento, não há participação coletiva.