novembro 2012 – 1 – Luiz Bacci – R7


Posts de novembro/2012

Uma menina de oito anos foi castigada de forma bárbara graças a um momento de distração. Ela esqueceu a carne no fogão. O pai, irritadíssimo, esquentou o fundo de uma panela e pressionou várias vezes contra o braço da filha.

O crime grotesco aconteceu em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. E o pior: esse foi apenas mais um capítulo de uma série de outros episódios de violência doméstica na família. A mãe da vítima, dessa vez, denunciou o caso à polícia. O marido, a partir de agora, está impedido de chegar perto da criança.

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

Um menor de idade entrou em uma agência bancária em Campo Grande, na zona oeste do Rio, com uma arma de brinquedo escondida na cintura. A peça não foi acusada pela porta de segurança e o adolescente apontou contra o pescoço de uma funcionária.

Neste momento, dois comparsas, que já estavam dentro da agência, conseguiram convencer os seguranças a lhes entregar as armas de verdade. O trio roubou todo o dinheiro que havia nos caixas e fugiu em duas motos.

Uma das motos tombou no caminho e os policiais conseguiram prender o menor e um homem. O terceiro ladrão, no entanto, fugiu com toda a quantia do roubo. Reveja a reportagem:

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

Armados com pedaços de paus, cinco jovens sob efeito de drogas atingiram diversos golpes na cabeça de Vagner Lopes da Silva, de 51 anos, que morreu na hora. O crime aconteceu perto da casa da vítima, que teria sido confundida com um ladrão.

A companheira de Vágner espera há três dias pela liberação do corpo no IML, já que nenhum parente apareceu para fazer o reconhecimento. Reveja o caso exibido no Cidade Alerta RJ desta terça-feira (27).

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

O relacionamento foi conturbado desde o início, conforme dizem os amigos e parentes. No entanto, ninguém imaginava que as brigas levariam a um desfecho trágico.

Eduardo Anchieta Viana, de 23 anos, morreu com uma facada no coração ao buscar os pertences na casa da namorada. O golpe fatal teria ocorrido enquanto o jovem, que é surdo e mudo, brincava com o filho da suspeita.

Quem conhece Eduardo ficou inconformado, já que o rapaz era muito carismático e querido por todos. A namorada fugiu após o assassinato.

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

O título do Superclássico das América, conquistado na quarta-feira (21) sobre a Argentina, não salvou a pele de Mano Menezes. Nesta sexta (23), o técnico recebeu a notícia de que não faz mais parte dos planos da CBF.

Alguns fracassos contra equipes tradicionais, como Argentina, França e Aleamanha pesaram contra Mano. Além disso, a seleção foi mal na Copa América, sendo eliminada nas quartas-de-final pelo Paraguai, e ficou com a prata na Olimpíada de Londres. O treinador foi alvo de críticas severas.

Sem emprego, Mano volta a ficar disponível no “mercado” e assistirá de longe a corrida para ocupar seu lugar na mais concorrida vaga do futebol nacional. Três nomes aparecem com força: Muricy Ramalho, do Santos; Tite, do Corinthians e Felipão, demitido há pouco do Palmeiras. Reveja a reportagem exibida nesta sexta-feira no Cidade Alerta RJ.

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

Segundo moradores do bairro de Marechal Hermes, no subúrbio do Rio, este tipo de cena é cada vez mais comum: moradores de rua usam uma das praças mais movimentadas da região para transar. O ato sexual acontece à luz do dia, próximo a uma escola e um hospital.

Veja na reportagem abaixo o flagrante de dois episódios semelhantes no bairro. Uma assistente social da prefeitura disse à nossa equipe que usuários de crack estão migrando para Marechal Hermes a fim de aproveitar os serviços prestados.

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

No Cidade Alerta RJ desta quarta-feira (21) fizemos uma delicada entrevista com Dona Sônia, mãe de Eliza Samúdio, que desabafou sobre o que espera do julgamento pela morte e desaparecimento da filha.

Sem esperanças de que Eliza esteja viva, Dona Sônia falou sobre a dor, não só pela perda de um filho, como por não poder enterrar o corpo.

No terceiro dia de júri, a sessão foi desmembrada e o goleiro Bruno responderá pelo crime em uma nova data, marcada para março de 2013. A expectativa agora é pela possível confissão de Macarrão.

Dona Sônia exige que Macarrão fale sobre a localização dos restos mortais de Eliza. Reveja a entrevista:

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

O goleiro Bruno ficou revoltadíssimo no segundo dia de julgamento do caso Eliza Samúdio ao ouvir de uma testemunha que Bola teria confessado o assassinato da vítima. Aos gritos, o ex-camisa 1 do Flamengo atacou: “Nem te conheço, parceiro”.

Em seguida, por ordem da juíza, Bruno saiu da sessão. Veja esse e outros detalhes do júri na cobertura completa do Cidade Alerta RJ:

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

O Cidade Alerta RJ desta segunda-feira (19) fez uma ampla cobertura do primeiro dia de um dos julgamentos mais aguardados da história policial do País. Dois anos após o suposto crime, o goleiro Bruno se sentou no banco dos réus ao lado de outros acusados pela morte e desaparecimento de Eliza Samúdio.

O primeiro dia foi marcado por uma manobra da defesa de Bola para retirá-lo do júri. Nossa repórter Lívia Mendonça conversou com o advogado de Bola, que explicou que abandonou o plenário porque não foi autorizado pela juíza a usar o tempo que gostaria para apresentar seus argumentos.

Nossa equipe entrevistou ainda diversas outras peças importantes na história. Reveja nossa cobertura:

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

O Cidade Alerta RJ desta sexta-feira (16) fez uma ampla cobertura do sequestro que chocou a zona sul do Rio. Uma jovem de 21 anos foi abordada por um grupo de marginais em uma das ruas mais tranquilas de Copacabana. Começaria ali um pesadelo que duraria mais de 12 horas.

Os bandidos rodaram com a moça por diversas agências do centro do Rio, mas em nenhuma conseguiram fazer saques. Foi quando eles acionaram a família exigindo resgate.

A decisão dos parentes foi perfeita: ao invés de pagar o preço pedido pelos criminosos, eles chamaram a polícia, que entrou em cena para resolver o assunto. Após uma intensa investigação, eles descobriram que os sequestradores se dividiram em dois grupos.

Houve tiroteio entre suspeitos e policiais na comunidade Para Pedro. A jovem foi liberada em Queimados. Durante toda a tarde, agentes percorreram o bairro do Colégio à procura dos sequestradores. Reveja nossa cobertura:

Espalhe por aí:
  • Facebook
  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com