FUNDEB

CORRUPÇÃO Brasil 300x230 FUNDEB

Fraude nas aplicações das verbas destinadas ao Ensino Básico.

Olá.

O governo federal repassa as verbas destinadas ao Ensino Básico para os Estados e Municípios por meio do FUNDEB (Fundo da Educação Básica).

Foi constatado o desvio de verbas por meio de fraudes em licitações.

A Controladoria Geral da União (CGU) recomenda que o governo eleja um órgão nacional para monitorar os recursos do FUNDEB.

Consultado, responde o ministro da Educação José Henrique Paim: "nós não temos competência para fiscalizar as verbas estaduais e municipais. Quem tem competência são os tribunais estaduais".

Reconhece o ministro que é preciso melhorar a gestão, problema que afeta a maioria dos setores administrados pelo governo federal. No entanto, promete instalar um sistema on-line para monitorar a aplicação das verbas da União identificando fornecedores dos Estados e Municípios.

O desvio de verbas do FUNDEB é uma das causas do mal desempenho do nosso Ensino Básico. Existem muitas outras causas apontadas pelos especialistas em Educação.

A nossa esperança está depositada no próximo governo.

Abraço.

ANGLO, FELIZ ANIVERSÁRIO!

 ANGLO, FELIZ ANIVERSÁRIO!

O cursinho do Anglo tem a idade da USP: 80 anos.

Olá.

Os atuais proprietários do cursinho do Anglo já demonstraram que não têm nenhum interesse em conhecer a história da instituição de ensino que compraram.

Eu vivi boa parte dessa história e pesquisei junto aos professores Eduardo Celestino Rodrigues e Simão Faiguenboim o período anterior a mim e não poderia deixar passar em branco: o cursinho do Anglo completa em 2014, 80 anos de idade. Tem a idade da USP.

Como tudo começou? Em 1894, o educador português Antônio Guerreiro, estabeleceu sua escolinha na Avenida Liberdade - São Paulo. Era conhecida como Ginásio do Professor Guerreiro. Em 1918 passou a se chamar Ginásio Anglo Latino.

No início da década de 30, Léo Bonfim, politécnico, preparava candidatos para o vestibular da POLI (a USP ainda não existia). Seu aluno Eduardo Celestino Rodrigues ingressou em primeiro lugar. Em 1934, Celestino e Léo Bonfim instalaram um cursinho em sociedade no Ginásio Anglo Latino. Assim nasceu o Curso Anglo Latino, que mais tarde passou a se chamar Anglo Vestibulares ou simplesmente Anglo. Teve sucesso imediato. Na década de 40 chegou a aprovar os 11 primeiros classificados na POLI, entre eles o futuro prefeito de São Paulo Olavo Egídio. Em 1951, a direção passou para o professor Simão Faiguenboim que teve a colaboração dos professores Abram Bloch, Emílio Gabriades e Carlos Marmo. Bateu todos os recordes de aprovação. Chegou a aprovar 80% no ITA! Aprovava na POLI mais do que o conjunto dos concorrentes.

Em 1972, com o advento da apostila caderno, a metodologia de ensino do Anglo tomou forma definitiva, sendo utilizada até hoje.

Feliz aniversário, Anglo!

Abraço.

 

8 E 9 DE NOVEMBRO

enem 300x200 8 E 9 DE NOVEMBRO

O ENEM é um dos mais importantes vestibulares do País.

Olá.

Seguem alguma recomendações para os estudantes que realizarão as provas do ENEM em 8 e 9 de novembro:

- No dia 7 de novembro

Reconheça o local das provas e, se possível, o seu nome na lista de candidatos. Procure dormir cedo, com o tempo de sono adequado para você.

- No dia 8 de novembro, pela manhã

Alimente-se bem, sem inovações, lembrando-se de que poderá permanecer na sala de provas até o final da tarde. Organize o material (lápis, borracha, esferográfica, pequena régua, bolachas, água etc) para a prova. A prova terá início às 13h. Procure chegar ao local às 12h.

Na sala de provas, quando for autorizado o início, respire profundamente 10 vezes e leia com atenção a primeira questão. A natural ansiedade aos poucos desaparecerá.

Procure resolver numa primeira leitura da prova todas as questões fáceis para você. Numa segunda leitura, as trabalhosas e, finalmente, procure cercar a alternativa correta das questões difíceis.

Tempo de prova: 4h30min, aproximadamente 3 min/teste.

- No dia 9 de novembro

Vale tudo o que dissemos para o dia 8, com exceção do tempo de prova que será de 5h30min.

- O que fazer nos dias que precedem as provas?

Dar uma boa espiada nas provas do ano passado.

- Não se afobe

Nada de afobação de última hora, não dá para assimilar todo o programa em poucos dias, mas sim para dar alguns retoques em matéria já estudada.

Aí vai um conselho:

Valorize o que sabe,

você sabe muito.

Não supervalorize o que não sabe,

ninguém sabe tudo.

Boas provas.

Abraço.

 

 

 

ENSINO MÉDIO: AOS PAIS

escolhas 300x300 ENSINO MÉDIO: AOS PAIS

Escolha a escola adequada para seu filho em função do tempo que ele dedica para o estudo.

Olá.

O estudante está terminando o nono ano do Fundamental e é natural que os pais se preocupem em escolher a melhor escola de Ensino Médio para ele prosseguir os seus estudos.

Qual a melhor escola para o seu filho? É preciso inicialmente saber que tipo de estudante é o seu filho. Ele é estudioso, estuda diariamente as aulas dadas? Ou estuda somente em véspera de prova? Ou simplesmente não estuda? Se ele for do terceiro tipo, é mais indicado matriculá-lo numa escola técnica. O "fazer"do ensino profissionalizante poderá motivá-lo, porém se o desejo dos pais é encaminhar o filho para uma universidade, vamos observar que também existem três tipos de escola: exigente, reprova os alunos que não estudam; dificuldade média, para aluno que estuda pelo menos na véspera de prova e finalmente, as que pouco exigem do aluno: trabalhos para casa compensam as más notas das provas.

Convém colocar o aluno na escola adequada, para que ele não repita de ano. Terminado o Ensino Médio ele poderá adquirir motivação, fazer cursinho e recuperar o tempo perdido.

Qual a escola adequada? Só tem um jeito de saber: conversar com alunos, professores e com o coordenador da escola.

Feliz escolha!

Abraço.

 

SOMOS VÍTIMAS DE RANKINGS

Ranking 300x225 SOMOS VÍTIMAS DE RANKINGS

Somos as maiores vítimas dos rankings educacionais.

Olá.

Caro leitor, não param de estabelecer rankings que resultam de pesquisas internacionais na área de Educação e nós, sempre lá, na rabeira.

Desta vez, a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) realizou pesquisa envolvendo 32 países sobre ensino e aprendizagem. Os dados do Brasil foram coletados em 2013, em 1070 escolas, aproximadamente 14 mil professores e cerca de 1,1 mil diretores.

A pesquisa revelou que controlar a bagunça e pedir silêncio aos alunos consomem 20% das horas dos professores em sala de aula. Esse desperdício é o maior entre as 32 nações pesquisadas. A média internacional é de 13%.

Para resolver tarefas administrativas os docentes gastam 12% do tempo de aula. Somando 20% + 12%, sobra apenas 68% do tempo para atividades de ensino.

Mais uma rabeira para o Brasil em pesquisas sobre Educação.

Caro leitor, que falta faz um diretor competente!

Perdemos de novo.

Somos as maiores vítimas dos rankings sobre Educação.

Abraço.

 

 

EDUCAÇÃO INFANTIL

creche1 300x205 EDUCAÇÃO INFANTIL

É muito importante que os pais opinem sobre o ensino que a escola oferece aos seus filhos.

Olá.

Certo o MEC ao se preocupar com a Educação Infantil, os alicerces do Edifício Educação, ouvindo os pais para avaliação de creches e jardins de infância da cidade de São Paulo.

Indicadores da avaliação:

- Disponibilidade da direção com a família

Verificar se os professores e os representantes da escola estão abertos ao diálogo sobre a qualidade de ensino;

- Organização do espaço escolar

Constatar se a escola tem espaços para recreação, leitura e aulas, além do cuidado com a saúde e higiene dos alunos;

- Brincadeiras

Identificar se a escola propõe atividades extra-curriculares que ajudam no desenvolvimento dos alunos;

- Formação dos Professores

Informar-se a respeito e verificar se a escola colabora na formação de seus professores;

- Planejamento Pedagógico

Procurar conhecer as diretrizes educacionais e as propostas de ensino da escola.

No próximo dia 17 de outubro realizar-se-a o Seminário Nacional de Avaliação da Educação Infantil, onde será debatida a política nacional para o setor.

Parabéns, MEC.

Abraço.

 

 

 

5 DE OUTUBRO

Eleições 2014 300x261 5 DE OUTUBRO

Para o bem do Brasil votaremos em representantes honestos, competentes e empreendedores.

Olá.

As próximas eleições renovam nossas esperanças por um País mais justo. Esperamos menos corrupção, menos desigualdade, menos burocracia, menos custo Brasil. Queremos mais infraestrutura, mais segurança, mais saúde e educação, mais transporte. Não queremos ter tudo isso de um dia para o outro, temos paciência, mas queremos observar progressos.

Felizmente vivemos num País democrático: teremos oportunidade de eleger novos representantes no próximo 5 de outubro.

Que Deus nos oriente para escolhermos gente honesta, competente e empreendedora.

Abraço.

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Surge uma nova profissão: lidar com bancos de dados.

Olá.

Não está fácil para um estudante que pretende estudar em escola superior escolher entre centenas de carreiras oferecidas aquela que melhor se adapta à sua personalidade. Agora surge mais uma, Tecnologia da Informação (TI).

A Gardner, empresa de consultoria em TI prevê que até 2015 o tráfego de pessoas na Internet será intenso, cerca de 3 bilhões de pessoas. Imagine-se a quantidade de informações que esse tráfego vai gerar.

Mais do que nunca, será importante saber lidar com bancos de dados e, especialmente, interpretá-los.

Várias instituições se propõem a oferecer cursos de Tecnologia da Informação voltados para interpretação dos dados  disponíveis para a resolução de determinados problemas. São elas: ESPM, FGV, Mackenzie, Universidade de Taubaté, Faculdade Band Tec.

É cada vez mais fácil acessar a informação. Tornam-se necessários profissionais que saibam lidar com isso.

Abraço.

ENEM 2014 – COMENTÁRIO SOBRE A PROVA DE REDAÇÃO ENEM 2013 – PARTE IV

Olá.

A prova de Redação ENEM 2013 será comentada, a seguir, pela professora Thalita Serra de Castro, mestranda em Literatura Inglesa pela FFLCH-USP.

O ponto de partida desta orientação é convidá-los a ler a proposta de redação da última prova do ENEM:

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo (de até 30 linhas) na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Qual o objetivo da “Lei Seca ao volante”?

De acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), a utilização de bebidas alcoólicas é responsável por 30% dos acidentes de transito. E metade das mortes, segundo o Ministério da Saúde, está relacionada ao uso do álcool por motoristas. Diante deste cenário preocupante, a Lei 11.705/2008 surgiu com uma enorme missão: alertar a sociedade para os perigos do álcool associado à direção. Para estancar a tendência de crescimento de mortes no trânsito, era necessária uma ação enérgica. E coube ao Governo Federal o primeiro passo, desde a proposta da nova legislação à aquisição de milhares de etilômetros. Mas para que todos ganhem, é indispensável a participação de estados, municípios e sociedade em geral. Porque para atingir o bem comum, o desafio deve ser de todos.         

Disponível em: www.dprf.gov.br. Acesso em: 20 jun. 2013.

ENEM 2013 1 300x167 ENEM 2014   COMENTÁRIO SOBRE A PROVA DE REDAÇÃO ENEM 2013   PARTE IV

Disponível em: www.brasil.gov.br. Acesso em: 20 jun. 2013.

ENEM 2013 2 300x216 ENEM 2014   COMENTÁRIO SOBRE A PROVA DE REDAÇÃO ENEM 2013   PARTE IV

Disponível em: www.operacaoleisecarj.rj.gov.br. Acesso em: 20 jun. 2013 (adaptado).

Repulsão magnética a beber e dirigir

A lei da física que comprova que dois polos opostos se atraem em um campo magnético é um dos conceitos mais populares desse ramo do conhecimento. Tulipas de chope e bolachas de papelão não servem, em condições normais, como objetos de experimento para confirmar essa proposta. A ideia de uma agência de comunicação em Belo Horizonte foi bem simples. Ímãs foram inseridos em bolachas utilizadas para descansar os copos, de forma imperceptível para o consumidor. Em cada lado, há uma opção para o cliente: dirigir ou chamar um táxi depois de beber. Ao mesmo tempo, tulipas de chope também receberam pequenos pedaços de metal mascarados com uma pequena rodela de papel na base do copo. Durante um fim de semana, todas as bebidas servidas passaram a pregar uma pega no cliente. Ao tentar descansar seu copo com a opção dirigir virada para cima, os ímãs apresentavam a mesma polaridade e, portanto, causando repulsão, fazendo com que o descanso fugisse do copo; se estivesse virada mostrando o lado com o desenho de um táxi, ela rapidamente grudava na base do copo. A ideia surgiu da necessidade de passar a mensagem de uma forma leve e no exato momento do consumo.

Disponível em: www.operacaoleisecarj.gov.br. Acesso em: 20 jun. 2013.

INSTRUÇÕES:

• O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.

• O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.

• A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.

Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que:

• tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada “insuficiente”.

• fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo.

• apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos.

• apresentar parte do texto deliberadamente desconectada com o tema proposto.

Fonte: INEP.

Comentário

A proposta de redação da prova do ENEM realizada no ano de 2013 teve como tema os efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil. A partir da leitura da coletânea, pedia-se que o candidato redigisse um texto dissertativo-argumentativo, na modalidade escrita formal da língua portuguesa, sobre o assunto. O texto deveria ter no mínimo sete linhas e, no máximo, trinta. Deveria oferecer uma proposta de intervenção que respeitasse os direitos humanos. É preciso atentar ao fato de que a redação que apresentasse cópia dos textos da proposta ou do caderno de questões teria o número de linhas copiadas desconsiderado. Além disso, aquele que apresentasse parte do texto desconectada do tema proposto zeraria a redação.

O Texto I apresentou dados acerca dos acidentes no trânsito associados à ingestão de bebidas alcóolicas, e salientou que a Lei n. 11.705/2008 surgiu para alertar a sociedade acerca desse problema. Tal lei teria sido o primeiro passo dado pelo Governo Federal, acompanhado da aquisição de milhares de etilômetros, para estancar o crescimento de mortes no trânsito. No entanto, para surtir o efeito desejado, a ação precisaria contar com a participação de estados, municípios e da sociedade em geral.

O Texto II é um anúncio publicitário com os dizeres “Não deixe a bebida mudar o seu destino. Dirigir alcoolizado é crime e pode dar cadeia.” A imagem do anúncio é de um carro batendo de frente em um copo de cerveja, mostrando, com isso, que a combinação pode ser perigosa.

Os efeitos positivos da legislação no Rio de Janeiro foram evidenciados pelo Texto III: uma redução de 13% no atendimento hospitalar, uma diminuição de 27% das vítimas de acidente e também uma redução na média nacional de vítimas fatais. Outra informação interessante apresentada pelo infográfico é a de que 97% das pessoas entrevistadas aprovava o uso de bafômetros.

O Texto IV comenta uma medida criativa para incentivar a população a chamar um táxi depois de beber. Em um bar de Belo Horizonte, foram colocados ímãs nos copos e nos seus descansos: na face da bolacha em que havia a opção de dirigir desenhada, o ímã era de mesma polaridade que o do copo, causando repulsão imediata. Na face em que havia um táxi desenhado, o ímã era de polaridade contrária, causando atração entre o copo e o descanso e, consequentemente, entre ingerir bebida alcóolica e chamar um táxi. Segundo os organizadores, a ideia teria surgido da necessidade de transmitir a mensagem de uma forma leve e no momento do consumo, ou seja, enquanto ainda se pode reverter a situação.

Era fundamental que o candidato se concentrasse nos efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil. Ele poderia comentar que, com a lei, dirigir alcoolizado tornou-se um crime. O que era antes uma questão de preferência ou de habilidade do condutor, transforma-se numa questão de cidadania e de respeito ao próximo. O efeito mais imediato é a diminuição de mortes e do número de pacientes hospitalizados, como indica o quadro da coletânea.

O candidato poderia comentar ainda as campanhas publicitárias que, diferentemente da descrita no Texto IV, tem por objetivo aterrorizar as pessoas acerca desse problema, causando choque e desconforto, em lugar de realmente conscientizar.

Um dos principais problemas associados a essa questão é o de que a Lei só foi capaz de conter o avanço de acidentes de trânsito assim que implementada, quando havia uma fiscalização intensa nas ruas. Dois anos depois, o número de mortes no trânsito voltou a subir, pois o exame de bafômetro pode ser recusado pelo infrator e a população encontrou brechas na fiscalização, que tem horário para terminar e é facilmente burlada com aplicativos de celular ou twitter.

Entre as propostas de intervenção, seria interessante lançar uma que estivesse diretamente relacionada com o efeito da Lei Seca destacado pelo candidato ao longo de seu texto. Ele poderia propor que a multa, a retenção da habilitação e do veículo fossem aplicadas somente a quem se recusasse a fazer o exame de bafômetro; poderia sugerir que fossem retomados os acordos entre donos de bares e taxistas, para oferecer um desconto na corrida aos que ingeriram bebida alcóolica naquele recinto; ou poderia propor que o transporte público fosse oferecido durante a noite, uma medida realmente eficaz para a diminuição de acidentes causados por embriaguez.

Caros leitores vestibulandos: boa prova e abraço.

 

ENEM 2014: ORIENTAÇÃO SOBRE A PROVA REDAÇÃO – PARTE III

enem2 300x200 ENEM 2014: ORIENTAÇÃO SOBRE A PROVA REDAÇÃO – PARTE III

Redação é a disciplina mais valorizada nos principais vestibulares do País.

Olá.

Para falar da prova de Redação do ENEM convidei Dácio Antônio de Castro, professor de Português que atua há muito anos na área de vestibulares. Segue a sua orientação.

Ao se inscrever no ENEM, o participante deve estar consciente de que vai produzir uma Redação, no mesmo dia da prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Neste dia – 9 de novembro de 2014, domingo –, ele terá 5h30 para responder as 45 questões da prova objetiva e escrever a Redação.

O tempo deve ser muito bem administrado, para que disponha pelo menos de 1h30 para ler, calma e atentamente, a proposta da Redação e os textos subsidiários, que podem ser   fragmentos de matéria jornalística, trechos de livro, reproduções de cartoons, quadrinhos, telas de pintura, objetos de escultura ou anúncios publicitários.

Definida a situação-problema levantada pela proposta, sugerimos que o participante releia os subsídios oferecidos, sublinhando passagens associadas ao tema e registrando, de imediato no rascunho, qualquer ideia despertada pelas leituras. Após este “aquecimento”, estarão aptos a produzir um texto dissertativo-argumentativo em prosa, a realizar uma reflexão escrita sobre o tema, que pode ser de ordem política, social ou cultural.

Na hora da Redação, os participantes têm que estar conscientes de que esse é o melhor momento para se mostrar a cara, confirmar a individualidade, revelar o grau de maturidade e a capacidade pessoal de expressão. Lembrem-se que os corretores são exigentes, passaram por um treinamento longo – em 2013, estendeu-se por um período de 136 horas, compreendendo a participação em módulos a distância e presenciais.

O que a Banca Examinadora espera dos participantes? Antes de tudo, que conheçam a Matriz de Referência para Redação, estabelecida em edital publicado pelo MEC-Inep. Esta matriz de referência está baseada em cinco competências e nos níveis de conhecimentos vinculados a elas. Vamos apresentar cada uma dessas competências em seu nível 5, considerado de excelência:

 I – Os participantes devem demonstrar excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e da escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita serão aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizem reincidência.

II - Os participantes devem compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresentar excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

III – Os candidatos devem saber selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, em defesa de um ponto de vista.

IV - Os candidatos devem demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. Devem articular bem as partes do texto e apresentar repertório diversificado de recursos coesivos.

V - Os participantes devem elaborar muito bem uma proposta de intervenção para o problema abordado, detalhando-o, relacionando-o ao tema, articulando-o à discussão desenvolvida no texto e – muito importante – respeitando os direitos humanos.

Este é o ponto de partida para quem quer receber uma ótima avaliação na prova de Redação do ENEM.

Na próxima quinta-feira: comentário da prova de Redação do ENEM 2013.

Abraço.

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com