O RECOMEÇO – CONCLUSÃO

canto de estudos1 300x225 O RECOMEÇO   CONCLUSÃO

Com o tempo estudar se tornará rotina.

Olá.

Caro estudante, ficou certo na terça-feira passada: a sua profissão é estudar. Por quê? para aprender e ampliar os seus conhecimentos. Por quê? Para que um dia você possa exercer uma profissão de seu agrado e ser útil a você mesmo, à sua família e à sociedade brasileira.

Aprender é o foco. A aprendizagem se processa em dois tempos.

- Primeiro tempo: na escola

Você deve chegar na escola pelo menos 10 minutos antes,  bem dormido e disposto e motivado a aprender. Deve participar ativamente das aulas. O professor pergunta, você responde. Você pergunta, o professor responde. Para que a aula transcorra de modo organizado é preciso que haja absoluto silêncio.

Meta: entender todas as aulas do dia.

- Segundo tempo: em casa

Ao chegar em casa, se alimente, descanse no máximo por uma hora e comece a estudar. Como? Aula dada, aula estudada.

Para cada aula do dia: leia no material didático os assuntos dados na aula. Reflita sobre eles. A tarefa é relativamente simples porque você prestou atenção e entendeu a aula. Resolva as questões propostas para casa. Anote as dúvidas e no dia seguinte consulte seus colegas ou professores.

Meta: fixar os conhecimentos dados nas aulas do dia.

Caro estudante, no início não será fácil mas com o tempo estudar se tornará rotina.

Seja perseverante.

Bons estudos.

Abraço.

O RECOMEÇO – PARTE I

canto de estudos 300x225 O RECOMEÇO   PARTE I

Na vida há tempo para tudo. A sabedoria está em saber distribuí-lo.

Olá.

Caro estudante, a vida é repleta de recomeços. Novo ano, nova série, novo ciclo, nova fase, ou na escola, ou na faculdade, quem sabe mestrado, doutorado... Em cada recomeço fixamos uma meta a atingir. Para que você tenha sucesso, é importante que incorpore três valores: responsabilidade, organização e disciplina.

- Responsabilidade

Você é um profissional do estudo, a sua profissão é estudar. Um trabalhador brasileiro trabalha, em geral, 8 ou 9 horas/dia. Você também, 5 ou 6 horas na escola, 2 ou 3 horas em casa. Assuma o cargo com responsabilidade, cumpra a sua obrigação. O seu salário corresponde aos gastos que você ou seus pais têm com a sua manutenção.

- Organização

O seu quarto deve estar sempre arrumado. Você deve saber onde estão suas roupas, seus sapatos, não larga a toalha molhada em coma da cama, cuida bem do seu cantinho de estudo, que é simplesmente composto de uma mesa com gavetas e estante para os livros, cadernos e acessórios. O computador e a impressora devem estar bem posicionados. Seja organizado, a vida saudável agradece.

- Disciplina

Se você marcar um encontro com alguém, chegue 10 minutos antes. Assim deve ser com a escola ou faculdade. Chegue bem alimentado, tendo dormido o necessário e suficiente, com disposição e motivado para aprender.

Na vida há tempo para tudo. A sabedoria está em saber distribuí-lo entre o estudo (trabalho), a academia, os esportes, o lazer, seus amigos e família.

Não espero que você incorpore 100% desses valores de imediato, mas se for persistente conseguirá com o tempo, o que tornará o seu viver mais saudável e eficiente.

Abraço e continuaremos na sexta.

 

CURSOS ON LINE GRATUITOS

Cursos online 300x200 CURSOS ON LINE GRATUITOS

O curso on line oferece um excepcional vantagem: o aluno estuda no horário mais conveniente para ele.

Olá.

CURSERA, uma das principais instituições do mundo em Ensino On Line está lançando os seus primeiros cursos em Língua Portuguesa.

O CURSERA tem 2 milhões de usuários no mundo e 500 mil no Brasil. Conta com parceiros de peso: USP, UNICAMP e Fundação Lemann. É cobrada apenas uma taxa de 85 dólares para emissão de um certificado.

A USP também oferece cursos on line: História da Contabilidade e Linguagens de Negócios.

Cursos oferecidos pela UNICAMP: Processamento de Sinais e Empreendedorismo.

Curso da Fundação Lemann: Gestão para a Aprendizagem.

A CURSERA traduziu para o Português dois cursos da Universidade da Califórnia que estuda como o cérebro absorve informações para melhorar hábitos de aprendizagem.

Da Universidade de Michigan, Estratégias de Processos nos Negócios.

Bom proveito.

Abraço.

 

A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO

Educação A EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO

O Piso Salarial para o Magistério de cerca de 2 mil reais é considerado excessivo por prefeitos e governadores.

Olá.

Já comentei que três fatores contribuem decisivamente para a evolução da Educação no País:

- PNE (Plano Nacional de Educação)

Foi aprovado por especialistas, incluindo professores  com algumas restrições. É o guia da Educação brasileira.

- BNC (Base Nacional Comum Curricular)

O MEC elaborou o texto e o submeteu à consulta pública. Recebeu em torno de 10 milhões de sugestões por mensagens eletrônicas. O que fazer com elas? Quem sugeriu gostaria certamente de dialogar com quem escreveu. Quem escreveu? Não se sabe. O leitor percebe que é impossível chegar a alguma conclusão positiva. Parece mais uma atitude demagógica do governo que não nos leva a lugar nenhum.

Na minha opinião, o MEC deveria convidar para quantas reuniões fossem necessárias, representantes de especialistas, desde autores de material didático, professores, diretores de escolas, até membros do sindicato dos professores e alunos, colocando-os frente a frente com os autores do texto. Aí sim, com muito trabalho, chegaríamos a alguma conclusão.

- Magistério

Deveríamos caminhar em busca da valorização do professor. Nos desanima saber que o governo federal propôs um Piso de 2 mil reais e alguns trocados para o Magistério e ouvimos de prefeitos e governadores que não poderão pagar o aumento. Caro leitor, essa quantia é recebida por funcionários que prestam serviços domésticos, e ainda não é suficiente. Sem diploma universitário! No entanto, não reclamam os governadores e prefeitos dos altos salários de deputados e vereadores.

Pátria Educadora assim?

Abraço.

 

CELULAR, INSTRUMENTO DE ENSINO?

Celular Antigo Motorola PT 300x208 CELULAR, INSTRUMENTO DE ENSINO?

Antigamente, o celular era proibido na sala de aula. Hoje, é instrumento que serve ao ensino.

Olá.

A história que eu vou contar aconteceu faz muitos anos, quando o celular era uma invenção recente, para poucas pessoas que o possuíam utilizando-o como aparelho de telefone.

Benê, professor de Matemática, estava dando aula em um cursinho da capital. Algo o incomodava: um aluno não parava de mexer no celular.

Chegou perto do aluno:

- Olá, o que é isso?

- Um celular, serve como telefone.

- Celular? Posso ver?

O professor Benê pegou o celular, examinou bem, perguntou como fazer uma ligação e ligou para a coordenação do cursinho:

- Por favor, mande buscar aqui na sala 3 um aluno que ainda não aprendeu que deve prestar atenção na aula!

Como os tempos mudaram! O jovem moderno não se separa do seu celular, na mão, no ouvido ou no bolso. Possui centenas de amigos virtuais que sempre estão lhe mostrando alguma coisa na telinha, nas diversas redes sociais ou serviços de mensagem.

Antigamente os jovens guardavam o seu diário na gaveta. Em geral, os diários eram secretos. Hoje, com a internet inclusive nos celulares, certa transparência de seu cotidiano é oferecida ao seu grupo de amigos.

82% dos jovens acessam a internet pelo celular. 68% deles para trabalho escolar de acordo com pesquisa realizada pelo Comitê Gestor da Internet.

O raciocínio é simples: já que o aluno não se separa de seu celular, vamos utilizá-lo em benefício do ensino, criando aplicativos para dar apoio a pontos específicos das aulas.

O MEC está elaborando aplicativos para oferecer aos professores assim como formação continuada em plataformas que colaborem com o ensino.

É mais um passo que damos em benefício do ensino. Os tempos mudaram, hein!

Para frente gente!

Abraço.

 

FATORES QUE INFLUEM NA EDUCAÇÃO

Educação FATORES QUE INFLUEM NA EDUCAÇÃO

Três fatores podem contribuir para a evolução da Educação: Plano de Ensino, Currículo Mínimo e Valorização do Magistério. 

Olá.

O tempo está passando e tudo indica que temos um plano geral para a Educação, aprovado por professores e especialistas.

A seguir, precisamos de um Currículo Nacional para o Ensino Básico. Esse é mais difícil de se conseguir. O Currículo proposto pelo MEC está à disposição do público para críticas e sugestões. Não vai ser fácil, mas espero que o MEC chegue a uma solução conciliadora.

Agora temos que pensar na figura mais importante de nosso sistema de ensino: o professor.

Proponho três tipos de escola para formar professores:

- Tipo 1: Formação de professores para Educação Infantil e Fundamental I.

- Tipo 2: Formação de professores para Fundamental II e Ensino Médio.

- Tipo 3: Formação de professores para as Escolas Técnicas.

O ensino nas escolas de formação de professores deve ser feito tomando por base o Currículo Nacional.

Não adianta ter escolas de formação de professores se não existirem alunos para frequentá-las.

O que é preciso para que existam bons alunos frequentando essas escolas? Valorizar o Magistério pagando salários equivalentes aos salários de outras profissões valorizadas.

Resumindo: com um Plano Nacional de Ensino, Currículo Nacional, Escolas de Formação de Professores e Salários dignos para o Magistério, poderemos em alguns anos ser a pretendida Pátria Educadora.

Não é fácil, mas é possível.

Abraço.

 

DISTRIBUIÇÃO DE VERBAS DA FUNDEB

FUNDEB DISTRIBUIÇÃO DE VERBAS DA FUNDEB

56 Prefeituras do Estado de São Paulo não aplicaram corretamente as verbas distribuídas pelo governo federal.

Olá.

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo informa que ao menos 56 municípios paulistas descumpriram a lei que determina as quantias mínimas que devem ser gastas na Educação.

A verba é distribuída pelo governo federal através do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (FUNDEB). A lei determina que 60% desses recursos sejam destinados à remuneração do magistério e aplicação de 25% das receitas dos impostos do município na Educação Básica.

O descumprimento da lei pode gerar ações de improbidade administrativa, perda de mandato e impugnação de candidatura de prefeitos à reeleição.

Reportagem do Jornal O Estado de São Paulo de 30 de julho último publicou a relação dos municípios que descumpriram a lei. Faz tempo! Fica mais uma vez comprovada a falha do governo federal: dispõe de verbas mas não fiscaliza a sua aplicação.

Abraço.

 

 

AS PROVAS DE SEGUNDA FASE DA FUVEST FORAM DIFÍCEIS?

Curva de Gauss AS PROVAS DE SEGUNDA FASE DA FUVEST FORAM DIFÍCEIS?

A FUVEST costuma produzir provas bem elaboradas adequadas à seleção dos candidatos com gráfico de resultado espelhado na Curva de Gauss.

Olá.

Milhares de alunos realizaram as provas de segunda fase da FUVEST. As provas foram consideradas fáceis pelos alunos bem preparadas e difíceis pelos alunos mal preparados. Lembro que na primeira fase vários alunos acertaram os 90 testes. Para eles a prova foi fácil.

Os jornais noticiam: as provas de segunda fase da FUVEST foram difíceis. Difíceis para quem? São milhares de alunos!

Então, como analisar uma prova de vestibular? Verificando se ela cobrou os assuntos fundamentais do programa e se ela foi ou não adequada à seleção de candidatos. Quando uma prova é adequada à seleção de candidatos? Se dividirmos o conjunto de candidatos em dois segmentos, inferior e superior, a média do conjunto inferior deverá estar em torno de 3, do superior em torno de 7 e a média geral, em torno de 5, considerando notas entre 0 e 10. Claro, só poderemos saber após a correção.

O gráfico de uma prova adequada é uma curva denominada curva de Gauss.

O nível de preparação dos candidatos de 2016 é aproximadamente igual ao nível dos candidatos de 2015, o que facilita o trabalho da FUVEST para obter a curva de Gauss. Tanto na primeira, como na segunda fase. Evidentemente o grau de preparação dos candidatos da primeira fase é superior aos da primeira fase.

Diante da complexidade de se elaborar tantos tipos de provas, função do número de carreiras, podemos afirmar que a FUVEST deve ter repetido em 2016 o excelente trabalho dos anos anteriores, produzindo provas adequadas à seleção de candidatos.

Parabéns FUVEST.

Abraço.

 

 

 

CONHECIMENTO BÁSICO DE MATEMÁTICA PARA ADULTOS

Captura de Tela 2016 01 11 às 11.46.30 300x180 CONHECIMENTO BÁSICO DE MATEMÁTICA PARA ADULTOS

Esse tal do x...

Olá.

Pesquisa encomendada pelo Instituto Círculo da Matemática do Brasil, iniciativa da TIM, ouviu 2632 pessoas com idade média pouco maior que 40 anos, testou o conhecimentos de Matemática Básica.

Conclusão: a maioria não sabe fazer as contas mais elementares. Odeia as aulas de Matemática. As pessoas avaliadas estudaram em média 8,3 anos.

Como era de se esperar estamos mal classificados em comparação com outros países. Essa contestação não é exclusiva para a Matemática, vale também para Português!

Esses resultados são consequência de nosso péssimo ensino da Matemática. Acredito que após a crise que vivemos daremos a volta por cima.

Abraço.

A POLÍTICA ESTÁ DE FÉRIAS

Congresso Nacional 300x165 A POLÍTICA ESTÁ DE FÉRIAS

Enquanto o País está em crise o Congresso Nacional descansa.

Olá.

O Governo está parado, mas o País não. Está andando para trás.

Por que o governo está parado? Não pode mais pedalar, está esperando que o Congresso aprove o Ajuste Fiscal e o Imposto do Cheque. E por que não aprova? Porque o Congresso e o Supremo estão de férias!DE férias, com o País nessa situação, que País é esse? Dólar alto, recessão, juros enormes... De férias? Parece até que o Governo está gostando dessas férias. Assim, tem mais tempo para preparar a defesa do Impeachment da presidente Dilma.

Além, disso, o Impeachment é comandado por Renan Calheiros, presidente do Senado e Eduardo Cunha, presidente da Câmara, ambos suspeitos de corrupção pela Lava Jato. Seria bom para o Governo que Cunha fosse afastado.

E a Educação, como está se saindo nessa confusão? Mal, claro. O Governo está tentando salvar o PRONATEC passando para ele parte da verba do sistema S(SESI, SENAI, SENAC e SEBRAE). Será que dará certo? Vamos aguardar. O FIES e Ciências sem Fronteiras estacionaram. As Universidades Federais estão em crise financeira. O Currículo Mínimo Nacional está sendo muito criticado: autores desconhecidos considerados incompetentes.

Para ser justo, será muito difícil que o Currículo Mínimo tenha uma ampla aprovação por parte dos professores e especialistas em Educação, seja qual for ele.

Boas férias senhores políticos.

Abraço.