ENEM 2012: A PROVA DE PORTUGUÊS

Olá.

Apresento a seguir os comentários dos meus amigos, os competentes professores Dácio Antônio de Castro e Thalita Serra de Castro, a respeito da prova de Português do ENEM 2012.

- Prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

No segundo dia de provas do ENEM, os candidatos enfrentaram mais 90 questões e uma Redação. Como dispunham de até 5h30min,os mais conscientes e bem preparados puderam dosar o tempo para resolver as questões e ainda se concentrar na produção de um texto dissertativo.

As 45questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, distribuídas entre Gramática, Entendimento de Texto, Literatura, Artes, Inglês/Espanhol, Informática e Educação Física, apresentaram razoável grau de complexidade, mas bastante estimulantes por fugir dos clichês convencionais, baseando-se em textos literários e não literários, tirinhas de cartuns, letras de música, gráficos, telas e esculturas de consagrados artistas europeus e brasileiros. Foi uma prova instigante, que surpreendeu positivamente pela criatividade de concepção e pela diversidade de repertório focalizado. Assim, realizou com clareza o propósito de avaliar a competência dos candidatos na leitura e compreensão de textos, aptidão indispensável para o exercício consciente da cidadania.

Para apontar um pequeno deslize, o enunciado da questão 113 (caderno amarelo),  atribui a Wilson Simonal a autoria da canção "Aqui é o país do futebol"; na verdade, esta composição é da dupla Milton Nascimento & Fernando Brant. Ficou consagrada pelas interpretações do próprio Milton, de Elis Regina e de Wilson Simonal, gravação que alcançou extraordinário sucesso popular. Isso não invalida a questão e serve para demonstrar que se pode elaborar perguntas criativas, até mesmo ao tratar de
temas relacionados à Educação Física.

46 233x300 ENEM 2012: A PROVA DE PORTUGUÊS

Prof. Dácio Antônio de Castro - Lecionou Literatura durante 35 anos em colégios estaduais, particulares e cursinhos pré-vestibulares.

- Prova de Redação

A Redação do ENEM 2012 propôs o tema aos candidatos de maneira bastante clara: “O movimento imigratório para o Brasil no século XXI”. Os textos e a imagem da coletânea ressaltaram aspectos sociais, econômicos e políticos envolvidos no processo. Se durante os séculos XIX e XX os imigrantes vinham “fazer a América” (contribuindo expressivamente para a cultura nacional), hoje buscam, no país já feito, melhores condições de vida. No caso dos haitianos, fogem de um território que ainda não se recuperou do desastre natural de 2010; no caso dos bolivianos, buscam afastar-se da situação de miséria encontrada em seu país de origem. Valeria mencionar também, embora a especificidade não seja tratada na coletânea, o número relevante de imigrantes europeus – especialmente portugueses – que hoje veem no Brasil saída viável para uma maiores crises já enfrentadas pelo capitalismo e seu desenfreado neoliberalismo.

A problemática da Redação gira em torno da melhor maneira do país receber tais populações e lidar com seu fluxo constante, além de desenvolver políticas públicas que regularizem a permanência delas. Não seria, portanto, o caso de se posicionar a favor ou contra os movimentos imigratórios e a mencionada regularização, mesmo porque o aluno que manifestasse tal oposição correria o forte risco de desrespeitar os direitos humanos. Como devem saber os candidatos familiarizados com a prova do ENEM de anos anteriores, isso zeraria seu desempenho na Redação.

Entre os encaminhamentos possíveis, seria interessante ressaltar um tratamento mais digno e humanitário aos imigrantes,
que muitas vezes são aqui submetidos, por conta da ilegalidade, a condições degradantes e até mesmo ao trabalho escravo.

Thalita ENEM 2012: A PROVA DE PORTUGUÊS

Thalita Serra de Castro - Professora de Redação e mestranda em Teoria Literária pela USP.

Caros leitores, espero que esses comentários sejam proveitosos.

Abraços.

 

 

 

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com