04 jul as 06h00

Peraí, gente: a expressão é do Jamelão, glória do samba, e dá conta de alguém que anda esfuziante de alegria. Fernando Henrique está.

Estive com o ex-presidente neste fim de semana, no aniversário do João Rodarte, ex-genro de FHC e presidente da Companhia de Notícias, a CDN.

João fez 60 anos e, cavalheiro, compartilhou a homenagem dos amigos com Fernando Henrique, que acaba de fazer 80. De duas semanas para cá, FHC já teve pelo menos uma dezena de festas de 80 anos.

O ex-presidente está em fase absolutamente cool. Humor afiadíssimo, conversador, com aquela jovialidade que o caracteriza mesmo nos mais agudos momentos. Num certo momento, surpreendi-o sitiado por uma patota de jornalistas. Comentei: “Cuidado com eles, presidente”. Ele respondeu de primeira: “Estou tranquilo. Eu minto para eles”.

Li recentemente, na Veja, a coluna do Roberto Pompeu elogiando a elegância que FHC trouxe à decorativa e às vezes catastrófica função de ex-presidente. Roberto Pompeu é o que leio na Veja, me basta. Acho que Roberto tem razão. Fernando Henrique é um ótimo ex-presidente. (Por questão de dias, Roberto Pompeu poderia ter, em elogio póstumo, incluído Itamar Franco na elegia aos ex. Itamar foi uma figura curiosa, daquelas que conseguem fazer do limão, limonada, ou transformar azar em sorte. Pena que os jornalões de São Paulo tenham feito dele uma caricatura).

Mas eu dizia: FHC está numa felicidade só. Até falou bem de Dilma. Tem falado bem, aliás. Só se esquivou daquela história, que já contei aqui no blog, do filho dele que não era dele.

Estavam lá com ele, na festa do João Rodarte, o filho, Paulo Henrique, a nora, Van Van Seiler, e a secretária Patrícia Kundrát. Os amigos sussurram que FHC está assim porque, aos 80 anos, está amando.

ENQUANTO ISSO, O JOSÉ SERRA...

Em contraste com o alto astral de Fernando Henrique, o PSDB se abastece de rancor com o ex-govenador e candidato presidencial derrotado, José Serra.

Por conta própria, sem consultar os companheiros de partido (quase escrevi amigos, mas Serra não os tem), ele lançou uma espécie de manifesto atacando duramente não só o governo, mas a própria Dilma. “Incompetente” e “autoritária” foram duas das palavras que pularam do texto borbulhante de ressentimento e deselegância.

O PSDB, responsável, desautorizou o texto. Como vocês já leram no Balaio do Kotscho, atribuiu a diatribe ao Serra, só a ele – o qual, depois de derrotado na convenção nacional pelas alas Aécio Neves e Geraldo Alckmin, tenta buscar algum espaço a bordo de um imaginário Conselho Político do PSDB.

Serra tem a pretensão de ditar as diretrizes doutrinárias da oposição. Mas ele não tem programa nenhum. Aliás, tem, sim. Uma agenda rigorosamente pessoal, solitária. Quer ser presidente da República, e ponto final. Mas a esta altura fica dizendo convencer até a Soninha Francine.

Veja mais:

+ Curta o R7 no Facebook
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
1 Comentário

"FERNANDO HENRIQUE ESTÁ QUE NEM PINTO NO LIXO"

4 de July de 2011 às 06:00 - Postado por fcdsantos

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Cello
    - 4 de julho de 2011 - 14:11

    Muitas das coisas palas quais o PT se vangloria só foram possíveis graças às mudanças implementadas por Itamar Franco e FHC. Até as privatizações, que o PT tanto ataca, em muitos casos se mostraram benéficas para o Brasil. Afinal, o que adianta o governo ser dono de tudo, se não for capaz de manter e prestar um serviço de qualidade? Sobre o José Serra, acho que ele nunca vai ser um bom ex-presidente...