28 mar as 14h37

Para quem faltou todas as aulas de Física, fica difícil entender em profundidade técnica a diferença entre sinal digital e analógico – mas desconfio que a TV brasileira está dando um passo à frente.

Em certo sentido, sim. Em outro, definitivamente não. Culpa das operadoras de TV fechada.

As seis irmãs – Net, Sky, Oi, Claro e Embratel – se recusam a pagar à Record, ao SBT e à Rede TV! pelo que lhe é devido.

As emissoras repassam conteúdo para as operadoras, as operadoras cobram por isso dos seus assinantes mas, em alguns casos, não aceitam pagar pelo que estão usando.

Simples assim.

Em outros casos, de emissoras daqui e do outros países, pagam alegremente. Aí, não acenam com o argumento de que estão quebradas, em crise – e que por isso não podem pagar.

Há cheiro de monopólio no ar. Aquela emissora que se diz defensora do livre mercado mas nunca aceitou o livre jogo da concorrência mais uma vez será beneficiada. Ela e seu jornalismo parcial e enviesado, de má fé e hipócrita.

Num momento como este, de barafunda mental e intolerância política, faz falta como nunca a expressão de múltiplas opiniões. As emissoras agora proscritas da TV fechada, exiladas na TV aberta, ajudam a ampliar o espectro da discussão e quebrar a hegemonia do pensamento único.

Quem perde é o público.

Vamos continuar defendendo as trincheiras que nos restam. Eu, de minha parte, sinto-me privilegiado de expor o que penso, com liberdade sem limite, aqui no R7 e no Jornal do Heródoto Barbeiro, na Record News.

Fiquem sabendo que é raro isso.

http://r7.com/WLtr

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Comente

"As operadoras querem me censurar?"

28 de March de 2017 às 14:37 - Postado por tccardoso

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.