02 mai as 07h34

33273143766 b4e99dbf7b z Temer é o problema, não a soluçãoO problema todo é o seguinte: o governo Temer não tem mais legimitidade alguma para propor as reformas que, no entanto, o país precisa tanto e que acreditou que ele poderia fazer.

Ele foi empossado para isso, no bojo de uma conspiração que afastou a presidente eleita com base na premissa de umas tais “pedaladas fiscais” que ninguém sabe bem o que é.

O afastamento de Dilma se deu porque a economia ia mal e os derrotados em 2014 queriam aproveitar o vácuo da desarticulação política.

O Brasil estava travado, os que tinham que produzir fizeram greve branca, apostando numa alternativa de política econômica que implantasse um modelo ultraliberal, de Estado mínimo e desmonte dos benefícios sociais implantados pelo PT.

Temer assumiu para cumprir a pauta alheia. Mas seu governo soçobrou. Ninguém mais o leva a sério. Nem mesmo os que torciam por ele, os que sonhavam com a possibilidade de que o governo Temer pudesse fazer o que se esperava dele.

No Congresso, a base aliada ainda consegue ir tocando a agenda, aos trancos e barrancos. Mas esperava-se do governo uma liderança capaz de explicar à sociedade a urgência de alguns avanços necessários à nação.

Isso, Michel Temer não tem. Ele virou um fantoche de si mesmo. O presidente 9% tem o país contra ele. As pesquisas o desmoralizam. A greve geral mostrou isso. O pior é que gente boa entrou nesse barco. A canoa vai virar. Os mais ariscos começam a desembarcar.

http://r7.com/aXFd

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Comente

"Temer é o problema, não a solução"

2 de May de 2017 às 07:34 - Postado por tccardoso

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.