08 mai as 13h03

Isto é que é isenção: um juiza que usou as redes sociais para aplaudir o impeachment da presidente Dilma, para xingar a senadora Gleisi Hoffmann e o PT e para injuriar Lula, quer impedir manifestações a favor do ex-presidente em Curitiba, na quarta-feira.

É o dia em que Lula será interrogado pelo juiz Sergio Moro, no prédio da Justiça Federal, bairro do Ahu.

A moça, de nome Diele, é fã declarada de Moro e não se acanha de, neste episódio, tomar claro partido – ainda que supostamente em função apartidária de cumprir os ritos da Justiça.

Pelo que dá para entender, se as manifestações fossem contra Lula, poderiam acontecer (o rombudo prefeito Rafael Grecca apoiaria).

Os juízes da “República de Curitiba” andam excesivamente melindrados. Estão com medo da sombra. Ficaram irritados porque o Congresso decidiu punir os abusos de autoridade. Vestiram a carapuça?

Manifestar na rua é o mais elementar direito da cidadania. Ninguém precisa ficar assustado. O Ahu não é a Bastilha. A menos que a injustiça triunfe.

http://r7.com/d38g

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Comente

"O Ahu não é a Bastilha. Por que tanto medo?"

8 de May de 2017 às 13:03 - Postado por Odair Braz Junior

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.