17 mai as 16h11

Não acredito que o artigo de Luciano Huck publicado a Op Page da Folha de S. Paulo, no domingo, tenha feito João Doria dormir melhor aquela noite.

Huck diz que não é candidato a presidente da República mas não descarta ajudar na reconstrução política do país fora da política – quer dizer, sem mandato, sem cargo público.

Mas o que ele escreve faz tanto sentido que, querendo ou não querendo o Luciano, ele corre o risco de que os eleitores venham a bater na sua porta reivindicando o seu carisma.

No mesmo momento, João Doria estava dizendo em Nova York que não é candidato a presidente da República.

Existe uma diferença fundamental entre um desmentido e outro. Doria tem uma ambição sem limite. E zero de sinceridade. Já fritou o padrinho, Geraldo Alckmin. Agora concorda que aceitaria, “desde que apontado pelas prévias do PSDB”.

Eu compraria, fácil, fácil, um carro usado do Luciano Huck. No caso do Doria, teria primeiro de checar se o motor ainda está por lá.

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Comente

"Doria, Huck – qual é a verdadeira cara do “novo”?"

17 de May de 2017 às 16:11 - Postado por Odair Braz Junior

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.