Jogadores e atrizes, uni-vos!

foto Jogadores e atrizes, uni vos!

Já houve um tempo em que atrizes famosas teriam vergonha de assumir um relacionamento com jogadores de futebol. Hoje em dia, esse parece ser o, digamos, casamento ideal entre esses tipos de celebridades.

A intimidade deles com a língua portuguesa melhorou um pouco, mas não o suficiente: continuam sendo exemplo de um repertório cultural mínimo, a não ser que pagode e funk mereçam algum respeito intelectual. É nóis.

Portanto, uma rápida inspeção histórica nos permite, com facilidade, identificar o que mudou nesse período: os salários dos atletas se tornaram astronômicos.

Em contrapartida, ser artista deixou de se sinônimo de "antena da raça" ou qualquer outra metáfora digna de admiração. A coisa está feia. Abrir um livro, visitar um museu ou assistir a um concerto é coisa de velho, tipo Walmor Chagas. Atualmente, as pessoas se matam por outras coisas.

Não deixa de ser um retorno aos hábitos mais antigos e aristocráticos: assim como os nobres de antigamente, o que importa é juntar fortunas, fama e poder, enquanto não chega o próximo aventureiro para destronar reis e rainhas, inclusive as de bateria de escola de samba.

Em compensação, esses casamentos e namoros são tão efêmeros e fúteis quanto os motivos que unem boleiros e marias-chuteiras. Não está fácil pra ninguém. Mas para alguns, pelos menos, está mais divertido. Bola pra frente.

Não é o caso de citar nomes. Cometeria alguma injustiça, tantos são os acasalamentos em voga. É o que temos para hoje. E talvez para o século XXI.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

4 Comentários

"Jogadores e atrizes, uni-vos!"

14 de February de 2013 às 17:03 - Postado por fcdsantos

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Ricardo
    - 16/02/2013 - 02:32

    É a coisa tá feia! Esses são os heróis e heroínas da juventude. Mas um dia isso tudo acaba, que venhas mais meteoros. ..

    Responder
  • Maria Bevilaqua
    - 15/02/2013 - 13:56

    Embora deva haver uns bons pares de diferença de idade entre mim e vc, é impressionante como pensamos parecido. Escreva muito, escreva sempre, e, principalmente, continue pensando de forma crítica e independente. Os leitores agradecem. (e, quem sabe, conseguirá fazer com que 6 dúzia comecem a pensar por si sós em vez de ficarem repetindo discursos alheios consagrados como os politicamente corretos e únicos aceitáveis)

    Responder
  • Marcos
    - 15/02/2013 - 13:00

    Opinião pessoal, opinião não é afirmação, acho q verei o Neymar um dia entrar em campo com duas melancias penduradas no pescoço só pra chamar a atenção, atenção essa q curiosamente já é lhe dado exaustivamente pela nossa mídia (merdia, eu a apelidei assim) que prefere apelar para o mais estupido possível para não ganhar audiência do mesmo jeito, perde com dignidade não é o lema da merdia!!! o Neymar deveria perguntar pro Alexandre Pato o que lhe rendeu na experiencia similar com a global Sthefany Brito ou com Ronaldo fenômeno, o q diz gerenciar o marketing dele??? sim o cara q passou por situações embaraçosas com travestis, penteados ridículos, obesidade e casamentos relâmpago cuidando da imagem, isso sempre me lembra o treinador Dunca e as camisas da filha dele rsrsrs Sem querer ser o direitista que vai mencionar um figurão intelectual para mostrar superioridade, mas o Brasil tem uma vocação pro escrachado que não fácil de se engolir.

    Responder
  • pap
    - 14/02/2013 - 20:09

    Considerações: - A tragédia de Walmor Chagas passou batido. O ocorrido com esse grande ator deveria ser motivo para uma séria reflexão, sobre solidão,depressão, e a que ponto chega alguem como walmor que só viu a "solução final" como saida... Trágico! - Quem transformou gente como o paparicado neymar e a "poderosa" marquezine em "superpotencias nucleares" - vai ver que é por isso que o tal ditador da coreia do norte resolveu mostrar quem, de fato, tem "garrafa vazia pra vender..."- e "necessidade básica" é a imprensa pig na sua versão capacha e vassala: a "industria de pseudocelebridades e vips", aquilo que a imprensa tem de pior. Exaltando gente como sabrina sato,claudia raia,BBB,o lado "oficialesco" e "chapa branca" do carnaval - tipo ivetão. - Eu pergunto: Se neymar, fosse um simples "rapaz latino-americano, sem dinheiro no bolso" teria todo um corte de gente puxa-saco e oportunista a estar com ele?

    Responder
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com