Oh, pessimismo! Sempre mais forte que a esperança!

Haddad vence Oh, pessimismo! Sempre mais forte que a esperança!

Mal a apuração terminou em São Paulo e já vi pipocar pelas redes sociais o "futurologismo pessimista" que reina em algumas alcateias. É um tal de "Quero ver como ele (Haddad) vai dividir 42 bilhões por 5", fazendo uma referência a Dilma, Lula, Dirceu, Maluf e Sarney, e "Vergonha de ser paulistano". Não sou petista, não gosto do modo de agir de determinadas alas do partido, mas não consigo comungar desse idealismo de botequim vociferado por quem acha que o mundo acaba agora com o PT na Prefeitura de São Paulo.

vergonha 300x225 Oh, pessimismo! Sempre mais forte que a esperança!

Campanha no Facebook: agora é tarde!

Muitos vão dizer que o mensalão está aí para provar. Mas provar o quê? Que os caras são mesmo uns safados (isso a gente já sabia) ou que ainda há um fio de esperança na punição dos corruptos? Porque, de certa forma, o julgamento está servindo pra alguma coisa. O que não pode mais é esse desânimo, essa falta de credibilidade, este desespero por conta de um cara que, não sabemos, se comunga da mesma hóstia dos Ali Babás. Dilma também foi vista dessa forma e nem por isso decepcionou os brasileiros. Pelo contrário, acho até que está fazendo um bom trabalho — botou pra fora ministros falastrões e desonestos e não tem permitido que o sr. Lula faça do Palácio do Planalto sua sala de estar. Pelo menos é o que sei de fontes brasilianas.

E Serra? Seria ele, mais uma vez, o baluarte da moralidade? Fazem me rir. Alguém leu o livro A Privataria Tucana? Se leu vai entender os "boatos" de que o mensalão dos tucanos é pior que o dos petistas.

Reafirmo: não sou petista nem tucanista. Nunca gostei de certos modus operandis do Partido dos Trabalhadores, muito menos da prepotência e arrogância serrista. Mas digo uma coisa: se botamos o cara lá — e eu falo de nós, brasileiros, cidadãos, eleitores — ao invés de ficar reclamando e blasfemando, com essa campanha mesquinha de "Agora ferrou!", devemos aguardar os acontecimentos. Vamos poupar energia para cobrar do nosso prefeito as promessas de campanha, já nas primeiras horas de trabalho dele ali numa das extremidades do Viaduto do Chá (o endereço da prefeitura, pra quem não sabe). Precisamos dar crédito ao cara e aí sim, se ele não fizer um bom trabalho, denunciar, xingar, protestar e manifestar nossa insatisfação. Agora não adianta mais. O que tinha de ser feito — e não foi — seria antes das eleições, durante a campanha. Já era!

Haddad 300x204 Oh, pessimismo! Sempre mais forte que a esperança!

Exemplo do "futurologismo" brasileiro

Não dei meu voto verdadeiro a Serra ou Haddad porque o justifiquei. E também não sei se o daria a algum deles. Mas pretendo dar meu voto de confiança a uma nova proposta que tirou do PSDB a hegemonia na liderança da política paulista e mandou o sr. Serra mais cedo para aposentadoria. Se não der certo, vamos pras ruas e cobrar o que ele deveria ter feito. Agora ficar resmungando frases com ar de despeito e carregadas de derrotismo por aí não vai ajudar em nada no crescimento da nossa cidade.

Se você ama São Paulo como eu, torça para que tudo dê certo, não para que ela afunde, independente de quem esteja lá!

Se cada previsão que fazem fosse dar certo, todo mundo ganharia na Mega-Sena toda a semana.

 

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com