luna 0 Cachorra samoieda abandonada em carne viva ganha nova chance

A humana Alessandra Zitti não aguentou quando topou com os olhos azuis de Luna suplicando por ajuda. A cachorra foi encontrada em Barueri (SP), na rua, em carne viva, sofrida, com a pelagem falha e pele forrada de feridas.

Ela é uma samoieda, cão russo de pelos finos, longos e fofos, que exige cuidados. O cão é vendido como se fosse mercadoria por até R$ 3 mil.

Luna tem sarna negra, também chamada de dermodécea, folicular ou sarna vermelha. Trata-se uma doença grave, mas não transmissível e que tem controle.

Provavelmente foi condenada à rua por um humano maldoso e ignorante por ter a doença. A enfermidade vem para o cão desde bebezinho, mas não passa para outros cães nem para o humano.

A doença dá muita coceira e o cão chega a ficar cheio de feridas, se não tratado. O sofrimento é imensurável. Luna estava assim.

- Será que você colabora com atos cruéis e nem se dá conta?

O tratamento durou três meses. São semanas e semanas de muita paciência e dedicação do humano. Mas, depois de tratado e bem alimentado, o cão fica praticamente curado.

Praticamente só, pois se a imunidade cair, ou se for abandonado à própria sorte, as feridas voltam.

Hoje, dois anos depois, a pelagem de Luna faz o maior sucesso onde vai. Graças à humana querida, a cachorra nunca mais sofreu com a doença que não teve culpa de ter nascido.

Veja abaixo nas fotos um pouquinho do tratamento e recuperação desta menina.

Veja também!

+ Após 30 anos, macacos usados como cobaias ganham a liberdade. Emocione-se!

+ Cão reencontra o dono 6 meses depois. Emocione-se com ele

 + Quer  xeretar o que rola na minha vida?

+ Curtiu o blog? Vire meu amigo no Facebook!

+ Espero você no Twitter

http://r7.com/hOE4