Gatinho sem ossos completos nas pernas aprende a andar com cotovelos

gatinho de patinhas tortas 2 Gatinho sem ossos completos  nas pernas aprende a andar com cotovelos

Harvey teve que improvisar. Ele nasceu sem parte dos ossos nas perninhas dianteiras. Imaginem o que é isso para um gato, que tem a agilidade como um dos seus talentos natos.

Essa é da série todo bicho merece uma chance. Abaixo tem o vídeo da brincadeira dele. É de apaixonar.

Ele nasceu com uma condição rara. Ossos de metade das pernas dianteiras não se desenvolveram. Então, o gatinho aprendeu a andar e brincar com os cotovelos.

Ele, que tem quatro meses de idade, vai se submeter a uma operação para colocar pinos de metal onde faltam ossos.

Provavelmente por ter um defeitinho, Harvey foi rejeitado ainda bebê. O ex-dono queria vendê-lo e no anúncio colocou que o gatinho tinha as pernas quebradas.

Ele foi parar em uma instituição e depois foi adotado por Liz McCulloch, 50, que justifica a operação.

— Ele é uma coisa adorável. Está bem no momento, mas, se não conseguir a operação, ele vai ter problemas na espinha quando se torna maior.

Fonte: Mail Online

Assista ao vídeo:

 

Veja que fofura a brincadeira do gatinho sem ossos nas pernas por trailers no Videolog.tv.

 

Clique e amplie as fotos:

 

Veja mais!

+ Veja mais fotos do fofinho em Bichos do R7

+ Miniporco aprende a descer escadas

+ Gato fofo descobre a neve e se encanta. Apaixone-se!

+ Gatinho abandonado ganha chance e vira craque em jogo de esconde

+ Neve atrapalha Europa, mas os cães se divertem!

+ Pit bull resgatado da crueldade recupera-se e vira terapeuta de crianças

+ Curtiu o blog? Vai gostar mais ainda do Facebook

+ Twitter: sigam-me os bons

4 Comentários

"Gatinho sem ossos completos nas pernas aprende a andar com cotovelos"

25 de January de 2013 às 06:00 - Postado por amiramontes

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • CMSarmento
    - 21 de setembro de 2013 - 9:36

    boa tarde, gostaria de saber mais desenvolvimentos sobre este patarusco, a minha gata teve uma ninhada e um dos pituxos tem exatamente esta condição! ja fui a alguns veterinarios com ele, mas nunca me dizem nada de concreto. obrigada CMSarmento

    Responder
  • Daniel Sampaio
    - 25 de fevereiro de 2014 - 18:45

    eu tenho uma gatinha com o mesmo problema nas patas dianteiras... inclusive ela tb eh branquinha! e aprendeu a andar do mesmo jeito do gato da matéria! hj ela ta com pouco mais de 1 ano e ja deu uma cria de 3 filhotes :D

    Responder
1 2