beagle anonymus Mais de 200 animais, entre beagles e coelhos, são resgatados de laboratório em São Roque

Foto - reprodução Facebook/ Anonymous Brasil - Ativista carrega beagle resgatado do Instituto Royal em São Roque

Ativistas de proteção animal invadiram o Instituto Royal em São Roque, 60 km de São Paulo, na madrugada desta sexta. De acordo com quem esteve lá, mais de 200 bichos foram resgatados.

O Instituto é acusado de utilizar cães, coelhos e ratos para testes em laboratórios na indústria química e farmacêutica. A rede Anonymous Brasil esteve lá e filmou tudo. Vocês podem acompanhar os vídeos aqui na página deles!

O resgate de Beagles mutilados, maltratados, mortos e até congelados em nitrogênio (fonte: Vista-se) causou horror em ativistas, ao constatar que tudo aquilo que dizem as denúncias pode ser mesmo verdade.

Reproduzo aqui o post do Anonymous Brasil. E já tento contato com todos, ao longo do dia solto nas redes.

"Ativistas relataram, na madrugada desta sexta-feira, a invasão do Instituto Royal, em São Roque, no interior de São Paulo, para o resgate de cães da raça beagle que seriam maltratados em pesquisas científicas.

Grupos como Anonymous e Black Bloc, por meio de suas páginas nas redes sociais, apoiaram a iniciativa e disseram estar presentes na ação.

Segundo relatos, ao menos de 200 cães foram retirados do instituto e páginas na internet foram criadas para adoção. Ao longo do dia, houve protesto na frente do portão do instituto, que utilizaria beagles em testes de produtos cosméticos e farmacêuticos por serem de médio porte, dóceis e considerados de raça pura, teoricamente com menos variações genéticas, o que torna os resultados dos testes mais exatos.

Animais mutilados e mortos congelados em nitrogênio teriam sido encontrados. Não há confirmação oficial sobre prisão de ativistas."

A organização Vista-se vem acompanhando o caso e relatou minuto a minuto o que acontecia durante a madrugada.

Há uma petição bem séria para assinarmos e tentarmos acabar com o uso de bichos em laboratórios. Só clicar aqui.

http://r7.com/ZdU5