Pug abandonado sem olhos vira terapeuta de crianças violentadas sexualmente

xander pug cego Pug abandonado sem olhos vira terapeuta de crianças violentadas sexualmente

Foto: Reprodução H&N - Steven Silton

Xander não nasceu cego. Ele teve seus olhos retirados cirurgicamente. Não se sabe como nem por quê.

O cãozinho com menos de um ano foi para uma ONG de adoção, abandonado. Mas acabou escolhido pela família de Rodney e Marcie Beedy, nos EUA.

Veja as 10 desculpas mais imbecis de quem abandona um animal

Ele não é só mais um cão com necessidades especiais. Apesar das dificuldades, Xander demonstrou uma habilidade imensa no trabalho como terapeuta.

Hoje, o cão visita crianças que foram abusadas sexualmente e que estão fora da guarda dos pais, no Klamath-Lake Child Abuse Response & Evaluation Services, em Oregon, nos EUA.

São crianças que precisam retomar a alegria na vida, perder o medo das pessoas e conquistar novamente a habilidade de comunicação.

Sem olhos, mas com um coração gigante, Xander ajuda em tudo isso.

Fontes: Herald and news e NPR.org

 

Ama bichos incríveis? Então lá vão eles:

+ Cachorra resgatada à beira da morte vira terapeuta de menino autista

+ Pit bull resgatado com as pernas quebradas trabalha na ajuda a crianças

+ Cão salva a vida de humano diabético em coma

+ Cachorro com três pernas ajuda menino deficiente a retomar a vida

+  Curtiu o blog? Vire nosso amigo no Facebook!

+ Sigam-me os bons!

 

HN Steven Silton Pug abandonado sem olhos vira terapeuta de crianças violentadas sexualmente

 

 

Comente

"Pug abandonado sem olhos vira terapeuta de crianças violentadas sexualmente"

3 de June de 2013 às 07:27 - Postado por amiramontes

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.