O discurso máximo do ignorante. Cheia de pompa, a jornalista Rachel Sheherazade, do SBT, soltou mais bobagens no microfone. Desta vez, atacou os bichos.

E pior, quem a vê falando e não é um humano que raciocina, pode até concordar, tamanha firmeza que a mocinha põe na voz.

Ela defende os zoológicos e ataca os bichos. Em uma ignorância extrema, faz a oposição animais X humanos, como se as questões fossem excludentes. Como não raciocina, diz que não entende quem cuida de bichos, muito bem tratados em zoológicos, e esquece humanos que morrem de frio na rua.

O que uma coisa tem a ver com a outra? Diga-me, Rachel. Prove-me. Quero que me prove que pessoas morrem de frio porque animais estão no zoológico. E, pior, como se zoos fossem bons, como ela diz. Ela garante que sim. Vejamos.

Em primeiro lugar, zoológico é uma aberração. É fruto da arrogância humana. Zoos nasceram para divertir humanos pretensiosos.

Dom João VI mandou trazer zebras da África, junto com os escravos, porque as queria para divertir seu filhinho Dom Pedro. Escravos humanos e zebras escravas viajavam por meses presos nos porões de navios imundos.

Inúmeras morreram na caça, fraturadas em buracos que abriam no habitat delas para que caíssem e fossem presas. As que sobreviveram eram sufocadas no navio. Das milhões mortas, uma chegava por aqui com vida. Assim, nasceu o zoo que você visita.

Pensem. Acham natural tirar uma girafa, leão ou zebra da África, onde eles estão com as famílias, soltos, e levar o bicho todo machucado em um porão por uma exaustiva viagem até outra gaiola onde ela vai viver sozinha para te divertir?

Sheherazade acha que sim. E ela não entende o porquê cuidam de bichos. Enfatiza o exemplo de pinguins, cheios de “sorte”, segundo ela,  caçados dos lugares frios para viver dentro de freezers para diversão de humanos. Ela garante que vivem muito melhores do que humanos na rua. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra.

Ah Shcherazade, vai ler, vai? Informe-se, leia história, veja as crueldades absurdas contra animais, fique por dentro, a fundo, do que rola nos zoos, vaquejadas, rodeios, parques aquáticos, massacre de cães e gatos de rua.

Aproveite, querida, e informe-se dos absurdos cometidos dentro de laboratórios, que você tanto defende. Veja o que fazem com os bichos nos testes e torturas para cosméticos, para fugir das alternativas mais caras. Claro, a alternativa tecnológica é custosa, e quem quer gastar mais e lucrar menos? Mais fácil mesmo torturar um animal.

E, por favor, somente depois de muito bem-informada, volte a abrir a boca na TV. Mas claro, quem sou eu para falar sobre isso? Sou apenas uma cadela.

Veja abaixo o discurso da mocinha:

Veja também:

Gatinho solidário ajuda cão a escapar

Porquinho mais limpo do mundo ama tomar banho

 Conheça os gatinhos mais arrependidos 

Asfalto quente pode torrar as patinhas do seu cão

Pastor vira copiloto de cadeira de rodas da dona

Cãozinho vira guia de irmão cego. Os dois foram abandonados

 Já é meu amigo no Instagram?

 Veja muito mais no Facebook!

http://r7.com/tI2x