orca SeaWorld não vai mais reproduzir orcas em cativeiro

Tilikum, chamada "assassina" apresenta-se no SeaWorld Orlando em 2011, sua primeira aparição pública desde que matou um treinador
(Foto: Reprodução/Mashable)

É uma vitória nossa, dos protetores. O parque SeaWorld anunciou  que não vai mais reproduzir orcas em cativeiro nos parques. A atual geração de orcas escravas e presas em tanques agora é a última. O movimento vem depois de anos de pressão pública e queda de visita aos parques.

O ápice do movimento pelos direitos desses animais aconteceu em 2013, com o documentário Blackfish, que revellou que as orcas ficam loucas e sofrem em cativeiro

As orcas que estão lá, continuar a viver no SeaWorld , diz a empresa. E os shows serão eliminados gradualmente, como conta o CEO Joel Manby  ao jornal Los Angeles Times. De acordo com ele, os animais não sobreviveriam se soltos hoje na natureza.

— Seria muito perigoso para liberar as baleias no meio selvagem.

Agora, uma vez que a opinião pública mudou, o parque está mudando. É uma vitória também de ONGs como a PETA , que está nessa campanha há anos.

Curte histórias emocionantes? Vire nosso amigo no Facebook!

http://r7.com/1bwr