Posts com a tag: cão terapeuta

Pug cego abandonado vira terapeuta de crianças abusadas

pug cão cego 1 Pug cego abandonado vira terapeuta de crianças abusadas

Ainda filhotinho, o pug Xander tinha um ferimento na cabeça. Não se sabe como, o machucado evoluiu, e o cãozinho acabou com os dois olhos removidos.

Provavelmente, falta de cuidados. Esses mesmos donos, que viram o pug perder os olhos, pegaram o pequeno, ainda com 10 meses, e o abandonaram em um abrigo.

Xander entristeceu. Sozinho, sem luz e sem seus humanos, a vida parecia ter perdido o sentido.

 Saiba o que eu apronto por aí pelo Instagram

O pug foi acolhido num abrigo, nos EUA. Aos poucos acostumou-se com os amiguinhos e logo achou outra família.

Xander foi então treinado para ajudar crianças que sofreram algum tipo de abuso e violência.

Hoje, além de bem cuidado com humanos muito melhores,o pequeno é um dos cães terapeutas que devolve ânimo a crianças pequenas sofridas, que, como ele um dia, já tinham deixado de acreditar que a vida pode, sim, ser muito feliz.

Saiba mais sobre ele neste link

Fotos: Reprodução/Facebook

 

pug cão cego 7 Pug cego abandonado vira terapeuta de crianças abusadas

Veja também:

Porquinho mais limpo do mundo ama tomar banho

Cachorra amamenta veadinho abandonado

 Conheça os gatinhos mais arrependidos 

Asfalto quente pode torrar as patinhas do seu cão

Pastor vira copiloto de cadeira de rodas da dona

Cãozinho vira guia de irmão cego. Os dois foram abandonados

 Já é meu amigo no Instagram?

Veja muito mais no Facebook!

Twitter: Sigam-me os bons!

Pug abandonado sem olhos vira terapeuta de crianças violentadas sexualmente

xander pug cego Pug abandonado sem olhos vira terapeuta de crianças violentadas sexualmente

Foto: Reprodução H&N - Steven Silton

Xander não nasceu cego. Ele teve seus olhos retirados cirurgicamente. Não se sabe como nem por quê.

O cãozinho com menos de um ano foi para uma ONG de adoção, abandonado. Mas acabou escolhido pela família de Rodney e Marcie Beedy, nos EUA.

Veja as 10 desculpas mais imbecis de quem abandona um animal

Ele não é só mais um cão com necessidades especiais. Apesar das dificuldades, Xander demonstrou uma habilidade imensa no trabalho como terapeuta.

Hoje, o cão visita crianças que foram abusadas sexualmente e que estão fora da guarda dos pais, no Klamath-Lake Child Abuse Response & Evaluation Services, em Oregon, nos EUA.

São crianças que precisam retomar a alegria na vida, perder o medo das pessoas e conquistar novamente a habilidade de comunicação.

Sem olhos, mas com um coração gigante, Xander ajuda em tudo isso.

Fontes: Herald and news e NPR.org

 

Ama bichos incríveis? Então lá vão eles:

+ Cachorra resgatada à beira da morte vira terapeuta de menino autista

+ Pit bull resgatado com as pernas quebradas trabalha na ajuda a crianças

+ Cão salva a vida de humano diabético em coma

+ Cachorro com três pernas ajuda menino deficiente a retomar a vida

+  Curtiu o blog? Vire nosso amigo no Facebook!

+ Sigam-me os bons!

 

HN Steven Silton Pug abandonado sem olhos vira terapeuta de crianças violentadas sexualmente

 

 

Pit bull resgatado com pernas quebradas vira terapeuta de crianças

Meu amigão Jorge Pereira, treinador de cães, já teve um pit lindo que trabalhava como terapeuta de crianças.

Taz visitava pequenos em hospitais. E eles podiam fazer o que quisessem com o cão, que o bicho fofo aguentava tudo.

— Pit bull é um animal forte e doce. Se treinado, vira o melhor cão terapeuta que existe para crianças, pois elas podem puxar orelha, rabo, apertar, que ele leva tudo na brincadeira.

Pit bull assassinado não é vilão. É vítima!

Tio Jorge recupera pits tirados das ruas, tristes, que um dia foram abandonados, apanharam ou cruelmente foram colocados em rinhas.

Abaixo, veja um vídeo com outro pit terapeuta. Ele também saiu do sofrimento, teve duas pernas quebradas, e nem por isso desenvolveu essa "índole má" que muita gente ignorante acha que esse animal tem.

Assistam, e depois, comentem:

 

Pit bull trabalha como terapeuta de crianças doentes por trailers no Videolog.tv.

 

Veja também:

+ Cão ninja escapa de canil em fuga sensacional

+ Seu amigo vai ficar so-zi-nho durante as festas? Evite sofrimento!

+ E quando o bicho de pelúcia vira seu confidente?

+ Cão de Barack Obama causa em evento de Natal

+ Gostou do blog? Visite-nos no Facebook

+ Twitter - sigam-me os bons

Cão salva a vida de humano diabético em coma

cão salva vidas 2 Cão salva a vida de humano diabético em coma
A labradora Millie salvou a vida do dono Paul McKenzie depois que ele desmaiou inconsciente, em um coma provocado por diabetes.

Millie é um cão terapeuta e mora com ele no Reino Unido. Ao encontrá-lo no chão, sozinha, a cachorra apertou o botão de pânico da casa, e os médicos chegaram.

— Se não fosse por ela, eu não estaria aqui.

O comando funciona assim: se Paul McKenzie grita 'alarme', ela pressiona o botão. Mas, neste caso, ela só o viu desmaiado e pressionou. Sem ninguém pedir.

— Não consigo acreditar o quão inteligente ela é.

Fonte: Mail Online

cão salva vidas 1 Cão salva a vida de humano diabético em coma

cão salva vidas 3 Cão salva a vida de humano diabético em coma

Veja mais!

+ Gatinha jogada no lixo acha nova família, mama e brinca

+ Golden cego jogado em matagal acha nova família

+ Cão e golfinho nadam juntos como irmãos

+ Bulldog gordinho tira uma soneca

+ Curtiu o blog? Visite-nos no Facebook

+ Saiba tudo o que rola pelo Twitter da Maga

Labradora vira os braços de humana portadora de deficiência

1 cão terapeuta Labradora vira os braços de humana portadora de deficiência

A labradora Alucia sabe tudo. Ela ajuda a lavar roupas, a lavar louças, pega as cartas e até atende telefone.

Pam, sua humana, anda com a ajuda de cadeira de rodas, desde 2000 quando quebrou os ossos da coluna.

Tudo foi adaptado à labradora. Para abrir a máquina de lavar, foi colocado uma  bola em uma corda, que ela puxa.

E assim, além do amor gratuito que ela fornece, ela vai facilitando a vida de Pam, que não se cansa de agradecer.

— Ela é uma querida absoluto, eu não sei o que eu fiz antes dela.

Fonte: Mail Online

Acompanhe abaixo a rotina das duas:

Leia mais!

+ Cão esfaqueado gera revolta em Miracema (RJ)

+ Dogue alemão vira cão-guia de cachorra abandonada

+ Cão passeia em submarino amarelo de R$ 2 milhões

+ Quer um amigo? Patas ao alto te ajuda a achar!

+ Cães culpados sabe MUITO BEM o que fizeram

+ Gostou do blog? Acompanhe tudinho pelo Facebook!

+ Banho e tosa? Não! É uma cara nova mesmo! O R7 mudou, espie como ficou

 

Detentas de São Paulo terão canis e aulas de adestramento dentro dos presídios

1 Projeto segunda chance Jorge pereira Detentas de São Paulo terão canis e aulas de adestramento dentro dos presídios

O Núcleo Pet fechou uma parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo para ajudar cachorros abandonados a serem adestrados e ensinar a detentas profissões ligadas ao cuidado com pets.

O projeto, liderado pelo adestrador  Jorge Pereira e por Marcela Lorenzoni, é inspirado em modelo de sucesso que de presídios nos Estados Unidos que ele visitou.

— Pesquisas indicam que em dez anos de trabalho das presas com cães, não houve nenhuma reincidência com as reeducandas que tiveram contato com os bichos.

Pereira vai coordenar aulas de adestramento, banho e tosa, ajudante de veterinário e outras profissões ligadas ao mundo pet. As detentas também vão adestrar cães para se transformarem em bichos terapeutas, que auxiliam deficientes auditivos.

— Os animais treinados serão destinados para quem tem deficiência e precisa dele. São cães aptos a sinalizar para o dono de onde vem um determinado som, como campainha, celular e outros.

— Os demais, com adestramento comum, terão mais chances de serem aceitos por uma família. Durante o trabalho, as presas desenvolvem vínculos afetivos com o animal e responsabilidade por uma vida. Todos ganham.

Os cães vão morar nos presídios, que ganharam canis a serem construídos pelas próprias detentas.

Os bichos vêm do projeto Segunda Chance, que já ajuda animais de CCZs e abrigos a ficarem educados e atrativos para uma adoção.

+ Pit bull não é vilão, mas vítima

Os presídios femininos contemplados neste primeiro momento são Butantã, São Miguel Paulista e Tupi Paulista. Em São Miguel, o canil já está em construção.

Veja mais cães que um dia foram abandonados e hoje fazem parte do Segunda Chance:

Leia mais!

+ Cão perdido faz policial virar homem mais paquerado da Suécia

+ Fofo de olhos azuis busca uma família

+ Cachorro de três pernas ajuda menino deficiente a voltar a viver

+ Filhote rabugento vira estrela na web

+ As fotos mais lindas da bicharada estão a um clique

+ Gostou do blog? Visite-nos no Facebook

Cão de três pernas ajuda menino deficiente a encarar a vida

1 Cão Haatchi e o garoto Owen Howkins  Cão de três pernas ajuda menino deficiente a encarar a vida

2 Cão Haatchi e o garoto Owen Howkins  Cão de três pernas ajuda menino deficiente a encarar a vida

O cão Haatchi tem só três pernas. Aos dez meses, ele foi amarrado a uma linha de trem e atropelado.  Mas não morreu, como queria o ser podre que o prendeu lá.

O bicho foi encontrado dias depois encolhidinho, agonizando de dor. Ele foi operado, recuperado e encaminhado a um centro de adoção no Reino Unido.

Adotado pela família do garoto Owen Howkins, de sete anos, em Basingstoke, Hampshire, também no Reino Unido, hoje, o bicho é o responsável pela alegria do garoto.

O menino sofre de uma síndrome raríssima chamada Schwartz-Jampel, que interfere no desenvolvimento, e, entre outros problemas, faz com que seus músculos fiquem sempre tensos.

Com maior consciência do problema, Owen já não queria mais saber da escola, nem de amigos. Ele tinha medo de se aproximar das pessoas.

Mas o cão o ajudou a superar a ansiedade, as dificuldades e a encarar os estudos. Owen também precisa de tratamento hospitalar regular, e agora a alegria de ter Haatchi em sua volta faz com que o tratamento fique mais fácil.

O bicho, com 1 ano e meio, formou-se como um ‘cão de terapia’. Em breve, ele vai visitar soldados amputados, além de crianças doentes e terminais.

Sua força para sobreviver e o impacto positivo que ele teve na vida de Owen resultou em um prêmio do Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal. Ele será apresentado em evento para a Câmara dos Lordes na próxima semana.

Fonte: informações da reportagem de Claire Bates, do jornal Mail Online

Mais fotos do jornal mostram a amizade dois. Clique e se emocione:

Leia mais!

+ Pit bull assassinado não é vilão, mas vítima

+ Coleiras descoladas e privada para gatos são vedetes de feira

+ Cão é resgatado no meio do oceano

+ Elefantinho resgatado à beira da morte vira melhor amigo de cães

+ Cadê a Polenta?

+ Gostou do blog? Faça uma visitinha no Facebook!