Posts com a tag: resgate

York dado como morto recupera-se e ajuda outros bichos

 

 

chiquinho este York dado como morto recupera se e ajuda outros bichos

Antes e depois! Chiquinho foi resgatado quase morto e hoje ajuda outros bichos a se recuperar

Aos 6 meses, Chiquinho foi encontrado quase morto em uma avenida na zona leste de São Paulo. Parecia atropelado, não se sabe ao certo.

Mas um primo de Camila Teixeira parou ao ver o yorkshire. E Chiquinho levantou a cabeça, num pedido de socorro. A história inteira do pequeno está aqui

Agora, o fofinho está bem e ajuda na recuperação de mais bichos que precisam. Neste domingo (14) tem o encontro de Natal do Chiquinho, que lançarrá o calendáro do fofo.

Doces, guloseimas, espaço para recebermos doações, produtos da lojinha (caneca, camisetas, caderninhos, carteirinhas, pelúcias entre outros, da lojinha do chiquinho) deixarão esse dia ainda mais irresistível.

Twitter: Sigam-me os bons

Instagram: Já é meu amigo? @maguinhadog 

Veja muito mais no Facebook do Patas

Festa do Chiquinho!

Quando: Domingo (14) a partir das 15h

Onde: Praça Horacio Sabino, São Paulo

O evento no Facebook está aqui

 

Filhote de cão é resgatado de bolso de traficante

filhote traficante Filhote de cão é resgatado de bolso de traficante

Foto: Reprodução/BluePearl Veterinary

 

Um traficante preso em Massachusetts, nos EUA, deixou os policiais surpresos.

Na revista um filhotinho de cão estava no bolso do homem. Trata-se de um  pit bull terrier americano, com cerca de 3 semanas de idade. O cãozinho foi entregue a um centro de resgate local antes de ser tratado por veterinários.

Ele chegou muito debilitado. Era muito bebezinho para estar naquelas condições, enfiado em um bolso.

Mas vai se recuperar, garantiram os veterinários.

Já é meu amigo no Instagram? @maguinhadog 

Bebês tomam leite de forma organizada!

Só falta falar?  Mude sua opinião com esse vídeo revelador

Dog vê o bebezinho da casa pela primeira vez! O que ele fez?

Pit bull ama música feita para ele

Veja muito mais no Facebook!

Cachorrinha ameaçada de morte busca um lar

 

fofura pede um lar Cachorrinha ameaçada de morte busca um lar
Não basta ser jogada na rua. Fofura recebia ameaças de morte por envenenamento, depois que foi abandonada na Marginal Tietê, em São Paulo.

Resgatada, a cachorra de pequeno porte tem apenas dois anos e ama crianças.

Ela está em um lar temporário, mas vai  parar em um abrigo, caso não ache um lar definitivo. Uma judiação, pois em abrigo, certamente ficará sem amor em uma gaiola.

Fofura está vacinada e foi castrada, prontinha para encher um lar de vida!

Quem quiser adotar a pequena pode falar com Ivy Farias, no telefone (11) 98597-2387.

Buldogue brinca de esconde-esconde com o dono

Menino conforta cão com tristeza

Conheça o cão que mais ama tomar banho no mundo

Cadela boazinha e ferida consegue ajuda e busca um lar

Já é meu amigo no Instagram? Espie só 

Veja muito mais no Facebook!

Yorkshire Chiquinho escapa da morte em resgate emocionante

cantinho do chiquinho Yorkshire Chiquinho escapa da morte em resgate emocionante

Chiquinho antes e depois: Como foi encontrado há oito meses e hoje

Aos 6 meses, Chiquinho foi encontrado quase morto em uma avenida na zona leste de São Paulo. Parecia atropelado, não se sabe ao certo.

Na verdade, muita gente passou por aquele corpinho na rua sem ligar. Ignoraram o pequeno.

Mas um primo de Camila Teixeira parou ao ver o yorkshire. E Chiquinho levantou a cabeça, num pedido de socorro.

Ele estava inteiro fraturado, teve contusão pulmonar, e o pulmão estava tomado por sangue, estava com úlcera, feridas e vários médicos disseram que não viveria. Mas viveu.

Chiquinho tem sarna negra. Talvez por isso foi colocado para fora de casa. Humanos ainda têm preconceito com a doença que vem do nascimento. Sarna negra não passa pra ninguém, gente.

Mas o bicho precisa de cuidado e manter a imunidade alta, para não desenvolver. Aí, continua lindo! Muita gente joga fora um cão só porque teve o azar de nascer com a doença =(

 Saiba o que a gente apronta no Instagram

Já é meu amigo no Facebook?

O tratamento de Chiquinho já custou cerca de R$ 18 mil. Foram seis cirurgias, inúmeras internações, remédios caríssimos. Mas tudo valeu a pena.

Hoje, a jornalista Camila cuida dele, além de outros bichos que recolhe da rua, frutos da irresponsabilidade de outros.

Ela criou a página Cantinho do Chiquinho. Lá tem também a lojinha do Chiquinho, onde você pode ajudar comprando itens superlindos e do bem.

Que tal curtirmos a página e, quem sabe, até comprar algo fofo para ajudarmos?

chiquinho 4 Yorkshire Chiquinho escapa da morte em resgate emocionante

Veja também:

Cãozinho sarnento e desnutrido é recuperado e agora busca um lar

Atleta salva filhotes que seriam exterminados em Sochi

Cadela surfista realiza último desejo de menino com câncer

Raposinha feliz pensa que é um cão

Asfalto quente pode torrar as patinhas do seu cão

 Já é meu amigo no Instagram?

Veja muito mais no Facebook!

Filhotinho fica preso nove dias em bueiro

caozinho resgatado daily mail Filhotinho fica preso nove dias em bueiro

Vira-fofo que caiu em bueiro está para adoção nos EUA (FOTO: DAILY MAIL)

Ele nasceu em uma ninhada de rua, perdeu-se dos pais e ficou preso no bueiro.

O cãozinho ficou nove dias até ser resgatado. Sabe-se lá como viveu. Os moradores próximos ao local ouviam os gritos de medo do filhote diariamente, mas o resgate só veio depois. E foi difícil tirá-lo de lá.

Aflita, a mãe do bebezão foi vista por dias rondando o buraco na tentativa de resgatar o pequeno. Nem ela conseguia.

Foram algumas tentativas dos bombeiros, câmeras foram colocadas no local. Os profissionais não conseguiam localizar o bicho.

Então,  já cansados, tentaram uma gaiolinha com atrativo e deu certo. Ele entrou e foi resgatado.

Agora, o viralatinha lindo está para adoção, em Dallas. Nos EUA.

Fonte: Daily Mail - dica linda da crítica de literatura Ligia Braslauskas

Veja também:

Cãozinho vira guia de irmão cego. Os dois foram abandonados

Cão resgatado é o primeiro a escalar o Everest 

Conheça o cão que custa R$ 1,5 milhão

Salsichinhas amam a hora do banho!

 Quer  xeretar o que rola na minha vida?

Curtiu o blog? Vire meu amigo no Facebook!

Espero você no Twitter!

Cão resgatado à beira da morte vira atleta de parkour

dog parkour patas ao alto 1 Cão resgatado à beira da morte vira atleta de parkour

Não há desafio que Lexi não aceite! (Foto: Reprodução)

Retirada da rua faminta, sem pelos e agressiva, Lexi é uma cachorra extremamente talentosa.

Ela curou-se e ficou dócil, depois de muito amor, e ainda desenvolveu truques de se equilibrar em qualquer lugar. A cachorra simplesmente ama pendurar-se com emoção.

Lexi é uma mistura de labrador com border collie. Ou seja, uma vira-linda de primeira!

Ao notar as habilidades, os donos resolveram apurar o talento com treinamento. Não deu outra, Lexi virou uma atleta de parkour.

Já viu nossa página no Facebook?

Trata-se daquele esporte no qual humanos viram super-heróis ao escalar paredes sem equipamento, pular de muro em muro como gatos e equilibrar-se incrivelmente em qualquer lugar. Veja aqui alguns gifs legais.

Lexi me lembra Tchaykas, cão também resgatado do abandono que hoje mora com Ligia Braslaukas, chefe aqui no R7 e crítica de literatura.

Foi Ligia que deu a dica fofa de Lexi.  Tchaykas, por sua vez, também sabe truques! Ele aprendeu recentemente as incríveis habilidades de fazer xixi no lugar certo e dormir sozinho na sala sem reclamar icon smile Cão resgatado à beira da morte vira atleta de parkour

Nós cães fazemos coisas que você nem acredita. Lembra deste beagle que se vira nos 30 para conseguir roubar comida?

Fonte: Mail Online

Assista à performance de Lexi no vídeo:

dog parkour patas ao alto 2 Cão resgatado à beira da morte vira atleta de parkour

Divirta-se também com estes fofos:

 Gatinho filhote atormenta vida de cão muito paciente

Cão resgatado é o primeiro a escalar o Everest 

Conheça o cão que custa R$ 1,5 milhão

Salsichinhas amam a hora do banho!

 Quer  xeretar o que rola na minha vida?

Curtiu o blog? Vire meu amigo no Facebook!

Espero você no Twitter!

dog parkour patas ao alto 3 Cão resgatado à beira da morte vira atleta de parkour

Cães resgatados à beira da morte em SP ganham famílias lindas

 

1 dexter montagem Cães resgatados à beira da morte em SP ganham famílias lindas

Dexter foi encontrado desnutrido em julho. Agora, já está com sua família (fotos: Cão Leal e Facebook

2 dexter e amarelo antes Cães resgatados à beira da morte em SP ganham famílias lindas

Dexter e Amarelo foram encontrados assim em uma favela de São Paulo (foto: Cão Leal)

 

O humano que (não) cuidava de Dexter e do cãozinho Amarelo não queria entregar os cães ao resgate. Eles foram encontrados assim, como na foto, raquíticos, muito sofridos.

Estavam na periferia em São Paulo, em julho, e foram pegos por Rafael Leal, da ONG Cão Leal. Se ficassem lá, morreriam pela magreza e doença do carrapato.

Eles tinham anemia profunda, muitos parasitas, desnutrição, além da doença. Após os cuidados, Amarelo foi adotado pelo próprio veterinário. Dexter, o pretinho, foi parar na casa do Paulão e da jornalista Jacqueline Lattari, dois corações de ouro.

Já viu a página do Patas no Facebook? Espero você lá!

Paulo Cesar Martin é um jornalista amado. Dessas almas boas, sabem? Ele já cuida do Chulé e do Tutu. Paulão conta aqui como foi a adaptação do pequeno. Nosso coração se derreteu no Patas. Inspirem-se:

 

 “Dexter é um cão tímido ainda, até pelas dificuldades que deve ter passado nesses três anos, sua idade aproximada. Mas é um cão doce, companheiro e que, acima de tudo, te observa. É nítido que ele se esforça para aprender e conhecer a nova família o mais rápido possível.

Ele ainda não entende muito bem os passeios. Não marca território, raramente levanta a perna para fazer xixi e faz tudo de uma vez. Ainda se inibe com a aproximação de outros cães, mas é bem receptivo às amizades (humanas e caninas). Sua evolução é muito boa. Em uma semana até perdeu o medo de elevador!

Percebe-se que é uma questão de tempo para ele entender que a fase de sofrimento acabou, conhecer nossos hábitos e nós também entendermos os dele.

O próximo passo é a adaptação ao Chulé e ao Tutu, já acostumados a essa vida e mais ativos que o Dexter ainda.

E vida longa a todos eles”

 

Espie só em que família linda ele foi parar:

Veja também

+ Gatinho sobrevive a ataque e vira o pirata mais lindo da web

+ Cão militar aposentado se apaixona por gatinha

+ Cão salva bebê de babá criminosa

+ Poodle idoso vira monstro por crueldade do ex-humano

+ Loira demora a aprender como pegar petiscos

+ Salsichinhas amam a hora do banho!

 + Quer  xeretar o que rola na minha vida?

+ Curtiu o blog? Vire meu amigo no Facebook!

+ Espero você no Twitter

5 dexter depois Cães resgatados à beira da morte em SP ganham famílias lindas

Bombeiro salva cão da morte com respiração boca a boca

Um incêndio matou uma mulher de 82 anos, na cidade de Estacion Central, no Chile.

Ela vivia com seus cães, que conseguiram se salvar graças aos bombeiros. Ao se deparar com um cão quase morto, o salva-vidas chegou a fazer respiração boca a boca para reanimar o animal.

Deu certo! O cãozinho reviveu. Assista ao vídeo emocionante enviado pelo Barba e pelo amadíssimo jornalista Paulo Cesar Martin.

 

Mais?

+ Cãozinho não sai mais da rua onde o dono foi assassinado icon sad Bombeiro salva cão da morte com respiração boca a boca

+ Cães de grande porte são morto a pontapés na frente dos donos

+ Filhotes jogados no esgoto sobrevivem por milagre

+ Cão reencontra o dono 6 meses depois. Emocione-se com ele

+ Cachorra adota crianças abandonadas por mãe alcoólatra

+ Pit bebê resgatado quase morto tem recuperação impressionante

+ Cão ladrão foge e ajuda os amigos a fugir para roubar comida

+ Protesto! Tratar e prevenir leishmaniose é obrigação do governo

 + Quer  xeretar o que rola na minha vida?

+ Curtiu o blog? Vire meu amigo no Facebook!

Filhotes de cão sobrevivem após serem atirados em canal

article 0 1AE32FC7000005DC 329 634x347  Filhotes de cão sobrevivem após serem atirados em canal
Com menos de quatro meses, os dez filhotinhos foram encontrados sendo levados pelas águas do Grande Canal de Dublin, na Irlanda.

Um rapaz que passava pelo local pulou no canal para resgatá-los.

Puxa vida, mas como alguém consegue atirar dez bebês na água para que morram afogados?

+ Quer  xeretar o que rola na minha vida?

+ Vire meu amigo no Facebook!

Um morreu, outro o homem que resgatou o adotou. Os demais foram para adoção na associação de proteção de Dublin.

Lá, eles ganharam um cachorrão de pelúcia para simular a mãe e ajudá-los a dormir. icon smile  Filhotes de cão sobrevivem após serem atirados em canal

article 0 1AE333EE000005DC 726 634x346  Filhotes de cão sobrevivem após serem atirados em canal

Mais?

+ Cachorra adota crianças abandonadas por mãe alcoólatra

+ Cão Gênio faz truques que você nem se arriscaria. Duvida?

+ Pit bebê resgatado quase morto tem recuperação impressionante

+ Cão ladrão foge e ajuda os amigos a fugir para roubar comida

+ Protesto! Tratar e prevenir leishmaniose é obrigação do governo

+ Conheça o cão mais paciente do mundo

+ Sigam-me os bons! (SÓ os bons)

Filhote resgatado em posto busca humano para chamar de seu

amelie patas ao alto 6 Filhote resgatado em posto busca humano para chamar de seu

Amelie sofreu muito. Ela foi resgatada machucada e pulguenta em um posto de gasolina.

Com uns 8 meses, a filhotona AMA outros bichos, crianças e não late. Um doce. Pesa 6 quilos, toda pequenina! Seus pelos parecem algodão, de tão fofinhos.

Foi vacinada, vermifugada, vai ser castrada e estará pronta para adoção. Ótima para quem mora em apartamento e quer um cão quietinho!

Só podemos doar a quem for de São Paulo e tope ir buscá-la na zona Oeste da capital.

Quem quiser, pode escrever no mail: patasaoalto@gmail.com e no assunto coloque: UM AMOR PARA AMELIE

Leia o depoimento e conheça sua história abaixo. Clique em cada foto e veja um pouco mais sobre ela também!

 

Por Amelie

Nunca tive um lar. Mas quando pequenina, ganhava restos de comida de humanos na rua.

Depois que cresci, nem comida no restaurante do posto me davam mais. Até levei chutes. Cresci pedindo em um posto de gasolina na beira da Castelo Branco, rodovia que liga a capital paulista ao interior.

Naquela noite de domingo, deitei no meio do estacionamento do lugar. Não tinha fome, mas sim frio e coceira. Muita.

Vi uma moça com uma cadela desvairadas em minha direção. Corri. Mas elas me procuraram, não desistiram nem mesmo 40 minutos depois. Quando me acharam em um cantinho, não tive como fugir.

Fui pega. Dormi em um cesto bem quentinho, mas não aceitei nenhuma comida daquela humana. Sequer olhei na cara dela. Tinha medo.

Só dois dias depois, abanei o rabo e vi que ela e aquela cachorrada não queriam me bater.

Passei na médica, tomei banho, curaram minhas feridas, tiraram os quilos de pulgas que me comiam viva. A doutora  disse que tenho de 7 meses a um ano. Nem eu sei mais quanto tenho. Minha vida não foi das melhores.

Mas agora voltei a acreditar em humanos capazes de amar. Procuro um desses. Você conhece alguém assim?

Veja mais!

+ Cão de 3 perninhas mora na rua e mesmo assim leva e traz meninos da escola

+ Cães cegos e deficientes são descartados com as desapropriações para Copa

+ Veja uma sequência de ataques de um cão

+ Irã proíbe cães de passear e os ameaça de morte

+ Criança explica o porquê não quer comer polvo icon biggrin Filhote resgatado em posto busca humano para chamar de seu

+ Cão sem um olho demonstra gratidão pela humana que salvou sua vida

+ Curtiu o blog? Vire nosso amigo no Facebook!

+ Sigam-me os bons!

Página 1 de 41234