O Ministro-Chefe da Casa Cilvil, Eliseu Padilha, bem que tentou editar o texto para mudar um erro de Português, cometido na última noite, quando publicou a seguinte postagem:

eliseu padilha1 QUEM “MECHEU” NO MEU TWITTER? MINISTRO ELISEU PADILHA ERRA E INTERNAUTAS NÃO PERDOAM

Porém, o erro na grafia da palavra MEXER, escrita equivocadamente com “ch”, rendeu milhares de comentários negativos. Alguns disseram que a filha de Padilha é mais inteligente do que o Ministro; outros mandaram Padilha estudar e usaram xingamentos (com X) para ofender o vice-presidente do PMDB.

A realidade atual é: erros ortográficos publicados em redes sociais podem ser desastrosos para a carreira de pessoas públicas, principalmente de um Ministro como o senhor Eliseu Padilha.

No momento delicado pelo qual passa a política brasileira, o Ministro-Chefe da Casa Civil deveria tomar mais cuidado, antes de publicar alguma coisa na internet. Entendo que os respectivos assessores (com “ss” e “ss”) deveriam auxiliá-lo em casos como esse.

Não sou o tipo de professor que condena alunos, colegas, familiares, amigos e pessoas públicas por conta de erros ortográficos, por mais absurdos e graves que possam parecer. Entendo que apontar o dedo, esbravejar e xingar não são as formas corretas de ação. O mais interessante, sempre, é mostrar o correto para a pessoa não errar mais.

Senhor Ministro, o verbo MEXER é escrito com “X” e não com “CH”. Por favor, verifique um dicionário oficial da Língua Portuguesa. Esse comentário já seria o suficiente.

Porém, como recebi centenas de mensagens desde o momento em que o Ministro publicou o texto, senti-me no dever de mencionar o fato aqui no blog.

Ao senhor Eliseu Padilha, afirmo: faça sempre uma revisão, antes de publicar um texto. A situação ficou constrangedora, principalmente pelo senhor ter feito uma edição da postagem, sem assumir o erro. Todos temos o direito de errar. Contudo, é mais elegante assumir o erro; e não escondê-lo.

http://r7.com/JP03