Rosana Hermann

Meu filho e a namorada foram viajar de navio. Uma semana. O cruzeiro saiu de Santos e foi para Montevideo, Buenos Aires e Punta del Este, se não me engano. Era só isso que eu sabia, além da data de partida, 25 de janeiro.

Filhos adultos não gostam de dar muitas explicações para a mãe, o que acho justíssimo. Mesmo quando a mãe sou eu.

Exceto pelo fato que, em sendo eu a mãe, eu conto com a Internet pra me ajudar nas minhas noias. Nóia number ONE de mãe é, isso mesmo: querer saber se os filhos estão bem e em segurança.

Comecei pelo meu aliado antigo, o Google.

-Google, meu querido, qual o nome do navio que partiu de Santos para Montevideo, num cruzeiro de uma semana, neste domingo?

E o Google:

- Splendour of the Seas.

- Ah, obrigada.

E do Google principal fui para seu afluente,  Google Images, pra ver o navio.

JbSFkAE >     >  Ninguém quer brincar de Internet comigo; então eu brinco sozinha mesmo

 

Também dei um rolê pelo Twitter, encontrei outras pessoas que partiram no mesmo cruzeiro. Encontrei vários tweets e fotos.

E ai eu me pergunteiL

- Será que não tem um tracker que mostra a posição do navio? Na linha do Flight Tracker, que rastreia os aviões?

E tinha! O SeaScanner!

Screen Shot 2015 01 27 at 18.14.39 640x482 >     >  Ninguém quer brincar de Internet comigo; então eu brinco sozinha mesmo

Fiquei 48 horas acompanhando o navio pelo mapa. Os dois primeiros dias, de domingo até terça, eram de navegação. Sem comunicação. O Wifi no navio é absurdamente caro. Os planos de roaming, idem. Combinei que ele só entraria em contato comigo na 3a, hoje, pra dizer que chegou em bem terra.

Eis que hoje, dia de ancorar, eu me perguntei:

- Será que não tem uma webcam ao vivo no porto de Montevideo!E tinha! Tive que olhar o mapa, o lado da chegada, escolher uma das seis câmeras no alto de um prédio em Montevideo e, finalmente, optar pela câmera certa mirando um determinado ponto do porto.

Screen Shot 2015 01 27 at 15.01.47 640x415 >     >  Ninguém quer brincar de Internet comigo; então eu brinco sozinha mesmo

Eis que, faltando uns 10 minutos, eu fiquei vendo a câmera ao vivo em tela cheia e.. navio a vista!

NAVIOCHEGANDO 640x474 >     >  Ninguém quer brincar de Internet comigo; então eu brinco sozinha mesmo

Fiquei vendo o navio chegar no porto. Pelo SeaScanner e pala webcam.

naviochegando2 640x474 >     >  Ninguém quer brincar de Internet comigo; então eu brinco sozinha mesmo

Não tinha erro. Eu olhei no mapa e olhei na câmera e era o navio!

Screen Shot 2015 01 27 at 15.02.00 640x473 >     >  Ninguém quer brincar de Internet comigo; então eu brinco sozinha mesmo

Screen Shot 2015 01 27 at 15.01.38 640x490 >     >  Ninguém quer brincar de Internet comigo; então eu brinco sozinha mesmo

Achei maravilhoso!

tentei compartilhar, ninguém quis saber.

ninguém.

Então resolvi brincar sozinha.

Aqui estou eu, a ver navios. online.

Acompanhando a chegada do navio pela webcam from rosana on Vimeo.

 

Pela tela o Mac, vi o navio chegando from rosana on Vimeo.

 

Se você quiser brincar também, dá pra ver o navio zarpando. Sai daqui a 3 horas e meia, 22:30.

Acho que vai estar escuro pra ver. Mas o link é esse. http://camaras.adinet.com.uy/inicio/index/14

Posts Relacionados

É janeiro no Brasil, é verão, o dia está lindo.
Quem vai querer lembrar do Holocausto, do extermínio de mais de 1 milhão de judeus só em Auschwitz, dos horrores e abusos do Dr.Mengele, das câmaras de gás?
Poucos.
Porque o ano novo mal começou, porque mesmo conectados pela Internet ainda olhamos os fatos como se não fossem com a gente.
Só que tudo tem a ver com a gente.
E com agora.

Sim, porque hoje, dia 27, quando o  mundo lembra a libertação dos prisioneiros do campo de Auschwitz na Polônia, pelo exército soviético basta ler algumas manchetes para ver que a intolerância está em todo lugar. A violência, os abusos, continuam vivos. No antissemitismo, na islamofobia, no preconceito, no ódio. Na crueldade do Estado Islâmico, nas crueldades do Boko Haram.

Nesse momento, há crianças e adultos vivendo na miséria, em condições análogas à escravidão, há mulheres sendo abusadas.

E como isso pode acontecer?

Como é possível que o Holocausto tenha ocorrido? Como foi que tantos foram coniventes com aqueles horrores?

Como disse um sobrevivente de Auschwitz, primeiro surgem os loucos como Hitler. Depois os seguidores dos loucos. A propaganda mentirosa que faz ainda mais loucos seguirem essa ideias. E ai vêm os coniventes. Os que apoiam secretamente em seu ódio. E finalmente,  o silêncio dos que têm medo e a indiferença do que pensam 'isso não é comigo'.

Mas é comigo.
É com você.

E por isso que tantos dizem "Somos todos Charlie". Ou Somos todos "Nisman".

Porque somos todos.

Somos todos judeus, árabes, cristãos, índios, ateus, somos todos brancos, negros, amarelos, vermelhos e azuis. Somos todos crianças e velhos. Somos todos a raça humana e somos todos seres vivos nesse Planeta.

E é por termos uma vida que precisamos do direito de vivê-la com liberdade, sem sermos subjugados ou punidos por nossas diferenças.

E é por termos direito a viver que ninguém pode nos julgar por sermos como somos ou sermos filhos de nossos pais, ou gordos, ou carecas, tatuados, gays, ateus, trans, altos, baixos, mudos, cegos, tetraplégicos, carecas ou por qualquer coisa que nos defina, física, mental ou espiritualmente, do lado de dentro ou de fora. Ou pelas nossas escolhas. Contanto que a gente não faça mal a ninguém, não cometa crimes, não provoque sofrimento no outro, a nossa vida tem que seguir de forma livre SEMPRE.

E para que você, seus filhos, pais, amigos, todos, possam ser livres, é preciso abrir mão do ódio ao diferente. O ódio ao desconhecido. Do ódio.

De todas as formas.

Online. Anônima.
É preciso abrir mão até mesmo do ódio passageiro.
Das brigas do Facebook. Dos comentários ofensivos.
Todos os dias a Internet nos dá ao menos um tapa na cara e mostra o quando a tecnologia evoluiu e o ser humano não.
A saída é uma só: quando um sentimento de ódio ao outro chegar, mande-o embora. Não alimente o SEU troll, aquele que habita em você.

É preciso tomar cuidado também com a inveja, o recalque, a cara torta, o preconceito, porque todos eles podem levar ao ódio que acaba desembocando na violência e nos horrores de que somos todos capazes.

Porque somos todos capazes de coisas horríveis.

Há 70 anos, no dia 27 de janeiro de 1945, o exército soviético libertou os prisioneiros do maior campo nazista em Auschwitz, sobreviventes dos mais impensáveis abusos que um ser humano pode suportar. E, apesar da felicidade dessa libertação dos nazistas, muitas mulheres judias foram estupradas  pelos soldados soviéticos que as libertaram. Muitas foram estupradas e em seguida, estranguladas.

É muito triste falar disso hoje. Num dia de sol no Brasil, em pleno verão.
A gente quer viver, ser feliz, e ficam falando disso.

Mas se a gente não lembrar, se fingir que não aconteceu, seremos nós os loucos. Ou seguidores de loucos. Ou apoiadores silenciosos. Ou os indiferentes que acham que, afinal, nada disso é com a gente.

 

 

 

 

 

 

 

26 de janeiro de 2015 às 14h48

>—-> Daniel Alves choca o mundo ->

mH2w3xG >    > Daniel Alves choca o mundo  >

-> com tênis de ursinhos; veja - ESPN.com.br

Daniel Alves choca o mundo com tênis de ursinhos; veja - ESPN.com.br.

São ursinhos DOURADOS!

Cachinhos dourados!

nG8dNMu >    > Daniel Alves choca o mundo  >
Veja mais no Daily Mail

http://www.dailymail.co.uk/sport/football/article-2926623/Barcelona-star-Lionel-Messi-shows-new-pair-teddy-bear-shaped-trainers.html

Um adolescente de Bushwick, Brooklyn, foi preso por postar uma mensagem no Facebook com emojis de um policial e três armas apontando pra cabeça dele.

O garoto de 17 anos, Aristy, teria feito uma ameaça.

Os policiais foram até a casa dele e encontraram maconha e uma arma, o que contribuiu para sua prisão.

A mensagem dada é 'você não pode postar o que quiser no Facebook ou nas redes sociais'. Na verdade, você postar, mas tem que aguentar as consequência.

Emoji Threat To Cops On Facebook Leads To Arrest Of Brooklyn Teen « CBS New York.

Pode ser um homem, uma mulher, um bicho, plantinha, amigo, vizinho, parente, anônimo da Internet. Só abra se você amar, porque em não amando nada nem ninguém, impossível será de compreender.

 

viaSorvete de banana congelada com cacau e mel - YouTube.

22 de janeiro de 2015 às 09h14

Melhor comentário de notícia

A notícia:

Screen Shot 2015 01 22 at 8.56.04 AM1 Melhor comentário de notícia

 

O comentário:

Screen Shot 2015 01 22 at 9.00.51 AM1 Melhor comentário de notícia

AHAHHA Amor a Juliana

22 de janeiro de 2015 às 09h12

Febre de drones e novos brinquedos eletrônicos

Logo logo precisaremos de controladores de voos de drones.

Esse é o Matheus.  Ele tem 19 anos,  é designer e mora em Santos. Li na Folha de SP há algum tempo vem tentando 'emplacar' alguma coisa na Internet. Todo mundo quer fazer sucesso em algum momento.

EncontroMatheus 640x303 ===========[  ]  >>>> Sabe o que aconteceu no 1o. Encontro de Pau de Selfie? Leia e descubra >

Depois de várias tentativas que não rolaram, Matheus teve a ideia de aproveitar a onda do pau-de-selfie para marcar o evento no Facebook "1º Encontro Nacional de Pau de Selfie", embora ele mesmo não tivesse um pau-de-selfie até então.

EncontroTentandoSucesso1 ===========[  ]  >>>> Sabe o que aconteceu no 1o. Encontro de Pau de Selfie? Leia e descubra >

As promessas para o encontro eram múltiplas, incluindo o maior pau de selfie do mundo. Havia um pedido explícito no evento para não ter briga. Mesmo assim, pelo que o Matheus postou, 4 pessoas foram detidas.
EncontroDePDS sucesso 4detidos ===========[  ]  >>>> Sabe o que aconteceu no 1o. Encontro de Pau de Selfie? Leia e descubra >

Procurei (mas não muito) e não vi fotos, tweets, nada sobre o evento. Nem na página do evento no FB tem fotos. Enfim, se você foi ou souber alguma coisa, poste nos comentários, por favor.

Pelo menos o Matheus ficou feliz com seu sucesso, apesar dos 4 detidos que fizeram guerra de pau de selfie.

Outros encontros já foram agendados pelo Brasil.

Vai vendo!

 

 

 

 

 

 

 

Links.

 

1. Folha SP - http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/01/1576760-ibirapuera-ira-abrigar-encontro-de-adeptos-do-pau-de-selfie.shtml

16 de janeiro de 2015 às 15h32

Uma germânica de férias

Volto hoje para minha casa. Fim das férias. Férias, do meu jeito. Porque trabalho infinitamente mais em casa durante as férias do que no resto do ano. E olha que trabalho é meu sobrenome. Mas, sim, é diferente. Vou explicar.

IMG 4870 Uma germânica de férias

Acordo cedo para treinar, todos os dias. Tá, exceto os dias em que chove, dá uma preguiça infinita, perco a hora ou o excesso de fofurice da minha cachorrinha impede que eu saia da cama. O normal é levantar bem cedinho, antes que o sol comece a torrar os miolos. O verão tá muito quente, como você já deve ter reparado.

Antes das 7 da manhã já estou correndo na Rio Santos. Ora treinando velocidade, ora resistência, mas sempre no treino. Quando o dia está mais agradável e fresquinho, volto pra casa depois da corrida e pego a bike pra dar um rolê até a praia, que ainda está vazia.

IMG 4904 640x480 Uma germânica de férias

Entro em casa e já vou direto pra cozinha fazer o café da manhã. Café, omelete, ou ovo frito, mingau, eventualmente panquecas, mamão papaya, 'ssas coisas. Ponho a mesa, tomamos café. Tiro a mesa, lavo a louça, arrumo a cozinha, sirvo comida pros cachorros. Arrumo a casa e me troco para ir para a praia. Em seguida vem a arrumação da sacola e de tudo que tenho que levar. Coloco água gelada no cantil, pego as toalhas, livros, óculos, bronzeadores, celular, pés de pato, blusa, óculos e touca de natação. Só falta 'encaminhar o almoço'.

IMG 4962 640x640 Uma germânica de férias

Penso no cardápio, tempero o frango, lavo o arroz, estudo o que tem e o que falta pra fazer o que quero.

Mergulho no mar, nado, mergulho no rio, nado, caminho e volto para ler. Não paro quieta. Em dez páginas de leitura já estou inventando tarefas para mim, respondendo emails pelo telefone, fazendo pesquisas e anotando ideias.

Na volta pra casa, passo no armazém e compro o que está faltando pro almoço. Ducha e cozinha seguem no roteiro.

Aciono forno, fogão e preparo o almoço. Ponho a mesa, dou comida pros cachorros, sirvo, almoço tiro tudo e volto pra fazer sorvete de banana. Você já sabe o que vem em seguida. E aí faço um café pra encerrar o trabalho na cozinha.

Entra em cena então a Rosana Ferramenteira, Carpinteira, Solucionadora de problemas em geral. Arrumei todos os espelhos de luz que estavam soltos, fui até a loja de ferragens comprar corda, mosquetão e instalei uma rede que comprei na Ali Express.

 

IMG 5525 e1421429428853 480x640 Uma germânica de férias

Comprei corda e inventei um jeito de colocar alças nas cadeiras de praia que não cabiam no carrinho. Deu tudo certo. Próxima tarefa: jardim.

vasinho 640x640 Uma germânica de férias

Peguei garrafas PET, cortei, fiz vasinhos. Botei tudo na bicicleta e fui catar mudas de plantas na estrada. Voltei, plantei tudo, reguei o jardim, lavei os implementos.

Levei os cachorros para dar uma volta.

Fui ao mercado fazer as compras. A pé. Voltei carregando toneladas nas sacolas. Guardei as compras.

Hora da costura. Cerzi duas barracas de praia, uma nova que veio com uma parte descosturada e uma bem velha que tive que fazer uma super costura num rasgo em T.

Depois eu trabalho um pouco no laptop, pago umas contas e vou fazer o lanche/jantar. Same ol' same ol'.

Quando finalmente fecho o restaurante, sento para fazer tricô e ver um filme no Chromecast, ou o Tudo pela audiência na TV.

 

tricozinho e1421429501945 640x640 Uma germânica de férias

 

Acompanha banho, sono e um novo dia para correr.

Férias. Só que germânicas. Porque trabalhar sempre está no DNA da gente.

 

PS - fiquei muito feliz de ter tido a ideia de fazer um repolho com espetinhos no palito pro lanche! ficou show!

espetinho e1421429360661 480x640 Uma germânica de férias

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com