Rosana Hermann

Comentários

Feed RSS para comentários sobre este post.

O URL de TrackBack deste post é: http://noticias.r7.com/blogs/querido-leitor/e-depois-de-uma-hora-o-que-aconteceu/2013/01/22/trackback/

  1. Bom dia Rosana! Gerenciar o tempo e tudo certo, ou quase tudo certo, quando o planejamento vai de acordo com o esperado, rsrs...
    Se ontem passei um tempo sem conseguir fazer o que gostaria... Ou logo, aproveitei de retomar minhas atividades, pensei a princípio o que estava acontecendo o porque disso ou daquilo, e a coragem me veio como um apoio firme, que sustentou, dando a condição de fazer um pouquinho a mais daquele limite esperado.
    Hoje bem mais disposta, fiz valer apenas acordar cedo quando o que eu esperava fazer dei conta. Fiz um pouquinho aqui e ali, depois mais um pouquinho. E tudo que gosto aos poucos vai se moldando ao que espero, e dar conta no dia de hoje.
    E o dia vai passando e temos mais o que fazer, não paramos a não ser para uns possíveis encontros, o social, que faz parte de nossa programação, principalmente porque faz parte de uma necessidade, de estarmos, mesmo que por pequenos minutos ou até mesmo umas horas conectados, e dependendo do caso, pode ser proveitoso, quando sabemos o porque de estarmos ali.
    E verdade que: quando começamos as atividades vamos encontrando alguns inesperados programas que aparecem (atividades) e vamos acrescentando na agenda. Modificando, o que estava esperado para dar conta, o que realmente é necessário? Aquelas tais prioridades, ou as que se tornam? Ou seja, as prioridades vão de acordo com as necessidades.

    Comentário por Fátima Soares — 22/01/2013 em 10:18 AM

  2. E depois da função "tempo" sentir-se bem melhor, por estar ou fazer o que seria necessário. Nesse meio tempo, outros compromissos vem nos mostrar que no tempo sempre encontramos mais algo a ser feito, ou por lembranças, ou pessoas que estão aqui nos pedindo auxílio para algo ser feito, uma dependência, que merece atenção. E depende de nós.

    Comentário por Fátima Soares — 22/01/2013 em 10:27 AM

  3. Pretendo gastar a próxima hora lendo e pesquisando. ;)

    Comentário por Guilherme Xavier — 22/01/2013 em 11:13 AM

  4. bom dia!
    não havia comentado ainda, mas aquela foto com o Otto sobre os quadrados coloridos ficou linda.
    dividi a leitura do post com várias idas e vindas do olhar sobre ela. fica mais bacana ainda a cada nova visita.
    vai virar um quadro?
    é linda.
    e o que fica depois da leitura?
    um estímulo anti-vício. :)
    beijos.

    Comentário por Cláudio Rúbio — 22/01/2013 em 12:56 PM

  5. Tudo que ando pensando e não consigo verbalizar.
    Você foi direto ao ponto.

    Comentário por Lúcia Soares — 22/01/2013 em 10:18 PM

  6. Brilhante, Rosana!

    Brilhante Rosana (não repeti por engano), obrigada pela espada afiada emprestada de sua consciência que corta toda a ignorância. O mundo é certamente mais feliz, lúcido e saudável com a sua contribuição. Vou favoritar este texto, vou emoldurá-lo para me guiar todos os dias nas minhas escolhas. Gratidão! beijos.

    Comentário por Regiane — 23/01/2013 em 12:30 AM

Deixe um comentário

Quebras de linhas e parágrafos são automáticos, os endereços de email nunca são exibidos, HTML permitido: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Fechar esta janela.

0,349 Powered by WordPress