Rosana Hermann

Comentários

Feed RSS para comentários sobre este post.

O URL de TrackBack deste post é: http://noticias.r7.com/blogs/querido-leitor/a-importancia-de-entender-o-que-estao-cantando-em-ingles/2013/02/04/trackback/

  1. menina, sinceramente, tenho saudades dos tempos em que isso só acontecia com canções em outro idioma.

    o que me assusta de verdade é o que acontece de umas décadas para cá, quando muita gente canta, recita letras de funks, raps, axés e outras coisas como se não ligassem as palavras aos significados que têm.

    e não estou nem falando de fenômenos como crianças dançando sexualmente "na boquinha da garrafa" sob os aplausos e sorrisos enlouquecidos de seus pais e avós, mas de gente adulta mesmo que sai pelo mundo cantando coisas que vão do incentivo da agressão à apologia explícita ao consumo de drogas e assassinato de policiais, do louvor ao conflito social ao incentivo ao incesto ou à surra na própria mãe.

    e nada disso é exagero, basta ouvir o que "a galera curte" cantar.

    é assustador e enojante.

    Comentário por Cláudio Rúbio — 04/02/2013 em 9:29 AM

  2. Cabe também algum processo por plágio, as duas músicas são muito parecidas.

    Comentário por Walter — 04/02/2013 em 9:44 AM

  3. Bizarro é usar no vídeo do casamento essa música: http://youtu.be/9ayUHLRp7uM.

    Comentário por Márcio — 04/02/2013 em 10:53 AM

  4. O que dizer, então, DESSE MOMENTO: http://youtu.be/_qX0_gvYMPg

    Comentário por Daniel Peres — 04/02/2013 em 11:18 AM

  5. Você achou a ponta do iceberg. Tem mais, muuuuuito mais por aí! É só procurar.
    Vamo lá, povão. Estudar um pouco pra não pagar tanto mico.

    Comentário por Paulo Bent — 04/02/2013 em 11:50 AM

  6. HAHAHAHAHHAHA lembrei de uma cliente que trouxe o vídeo do aniversário de 5 anos do filho pra editar e queria que eu fizesse um clipe do menino com uma música do Akon, que dizia assim: I wanna fuck you, you already know, girl

    Comentário por Valéria Gimenez — 04/02/2013 em 12:20 PM

  7. ou o clichê mais equivocado da música erudita: usar "Carmina Burana", musicado por Carl Orff, como trilha-sonora de algo pretensamente religioso, quando a peça celebra lúbricas 'canções de taverna' ('canções de buteco' medievais); comer, beber, jogar e amar
    ;)
    eis as letras e a tradução:
    http://www.das.ufsc.br/~sumar/perfumaria/Carmina_Burana/carmina_burana.htm

    Comentário por Tom Taborda — 04/02/2013 em 5:11 PM

  8. para ser sincera, eu me divirto em festa de casamento com playlist de corno. You've lost that love feeling, always on my mind e etc.

    Comentário por nahila — 04/02/2013 em 6:05 PM

  9. Rosana... o comercial da familia, se refere a Holanda, Nederlands, pq na cena final vê-se no carro o selo NL. Se fosse sueco, seria um S...

    bjos

    Comentário por Ines de Carvalho — 05/02/2013 em 6:16 AM

  10. A mais pura true mesmo! Rs...
    Amei a frase: "As coisas so se materializam qdo vc interage.", vou compartilhar :-)

    A bear hug, see you next class, hehehe...
    Marianna

    Comentário por Marianna — 05/02/2013 em 9:15 PM

  11. Oi. Lembrei do casamento de um amigo do meu irmão. A noiva entrou na igreja ao som da müsica Mr. Crowley, que foi um famoso ocultista.

    Comentário por Roberta — 07/02/2013 em 2:54 PM

  12. O fim da picada é o Sambô tocando Sunday Bloody Sunday em ritmo de pagode. O que é essa alegria que explode aos 0:42 ?

    http://youtu.be/NK1YY9l8vDQ

    Comentário por Eduardo Mangeli — 13/02/2013 em 8:02 PM

Deixe um comentário

Quebras de linhas e parágrafos são automáticos, os endereços de email nunca são exibidos, HTML permitido: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Fechar esta janela.

0,381 Powered by WordPress