Rosana Hermann

No sábado agora, antes de ontem, fiz uma apresentação no Cubo de Conteúdo da Campus Party, com curadoria da querida Bia Granja. A ideia era selecionar um playlist de vídeos para serem exibidos e comentados em público. Fiz uma seleção com vários temas. Um deles incluia aulas de inglês, mencionando aquelas aulas loucas da China com centenas de milhares de pessoas repetindo frases. Em seguida, ilustrei a importância de entender a letra das músicas em inglês, usada num comercial europeu (Da Young & Rubicam) de forma hilária. Uma família bem tradicional, caretíssima, entra no carro, liga o rádio e se alegra com uma canção que apenas se chama 'I wanna fuck you in the ass'.

E, na vida, você sabe, as coisas só se materializam quando você interage. Da mesma forma que uma semente no saquinho não é nada e pode virar uma sequóia quando plantada na terra, uma opinião, palestra, ppt, vídeo, poema, canção ou qualquer obra de arte só ganha vida quando você a apresenta para as pessoas e elas respondem.

Pois bem, o Gustavo Kondo mandou dois tweets dizendo que ao ver aquela apresentação e o vídeo que mostrei ele lembrou de um momento IDENTICO que aconteceu num programa da Xuxa em 1995. Uma banda chamada Gilette cantou a singela canção 'Don't want no short dick man' para crianças. Veja o vídeo com legendas e tudo.

Eu não tinha visto, mas aqui está ele no YouTUbe. É assim que acontece, gente. Uma enorme cadeia de pessoas passa pelos absurdos e ninguém vê o erro e ele, finalmente, cai no mundo e atinge as pessoas. Perigo isso, viu. O pior é que na cadeia de desatentos, quando UM aponta o erro os outros dizem que ele é 'chato'.

Have a nice day!

_______________________________________________

E mais: colaborações sensacionais de queridos leitores

1. Do Daniel Peres - Apresentação da banda gaúcha Cascavelletes no programa Clube da Criança. Repare na cara das crianças pequenas ouvindo 'eu quis comer você'.

2. Da Valéria Gimenez - "HAHAHAHAHHAHA lembrei de uma cliente que trouxe o vídeo do aniversário de 5 anos do filho pra editar e queria que eu fizesse um clipe do menino com uma música do Akon, que dizia assim: I wanna fuck you, you already know, girl"

3. Do Márcio - Bizarro é usar no vídeo do casamento essa música: http://youtu.be/9ayUHLRp7uM - ( Fuck what I said , you burned bitch! ahahahaha - don't want you back, do Eamon)

comentarios-icon12 Comentários
Um beijo, um browse, um aperto de mouse da @rosana
  • Twitter
  • RSS
  • Facebook
12 Comentários

"A importância de entender o que estão cantando em inglês!"

4 de February de 2013 às 08:54 - Postado por rosana

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Eduardo Mangeli
    - 13 13UTC fevereiro 13UTC 2013 - 8:02 PM

    O fim da picada é o Sambô tocando Sunday Bloody Sunday em ritmo de pagode. O que é essa alegria que explode aos 0:42 ? http://youtu.be/NK1YY9l8vDQ

    Responder
  • Roberta
    - 7 07UTC fevereiro 07UTC 2013 - 2:54 PM

    Oi. Lembrei do casamento de um amigo do meu irmão. A noiva entrou na igreja ao som da müsica Mr. Crowley, que foi um famoso ocultista.

    Responder
1 2 3 4 5
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com